O caso de ofensa racista relatada no jogo entre Farrapos e Jacareí em Bento Gonçalves pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro foi julgado pelo TJD do rugby.

Por conta do comportamento de alguns torcedores, o Farrapos foi punido com multa e perda de dois mandos de jogo, a serem cumpridos no ano que vem.

Diz a decisão do TJD: “Comissão Disciplinar STJD Resultado do julgamento – Sessão do dia 25/11/2019 PROCESSO STJDRu 001-2019 DENUNCIADO: FARRAPOS RUGBYEMENTA – RELATO DE ATO DISCRIMINATÓRIO, DESDENHOSO E ULTRAJANTE RELACIONADO A PRECONCEITO EM RAZÃO DE RAÇA E COR PRATICADO EM PRAÇA DO DESPORTO NÃO NEGADA PELA DEFESA – CONFISSÃO – SITUAÇÃO INADMISSÍVEL EM PLENO SÉCULO 21 E AINDA MAIS GRAVE CONSIDERADOS OS PRINCÍPIOS DO RUGBY – CONDENAÇÃO – MULTA E PERDA DE MANDO DE JOGOS – Por unanimidade dos auditores presentes ficou decidido pela absolvição da equipe do Farrapos no que se referem às acusações do artigo 211 do CBJD. Decidiu-se pela condenação da equipe com fulcro nos artigos 243 g), parágrafo 2o e 3o, e 213, todos do CBJD, aplicando-se a pena de multa de 50% (cinquenta por cento) do valor da inscrição da equipe no Campeonato Brasileiro de 2020, devendo ser paga juntamente com a inscrição principal, bem como a pena de perda do mando de campo nos dois primeiros jogos do campeonato brasileiro de 2020”.

Clique aqui para baixar o documento oficial.

- Continua depois da publicidade -