Em meio a tantos assuntos no mês, passou em branco por muita gente o anúncio da série de amistosos envolvendo equipes da futura liga profissional de Ásia e Oceania, a Global Rapid Rugby (GRR), criado pelos australianos do Western Force, após a equipe ter sido excluída do Super Rugby. Entre suas peculiaridades, a GRR promete mudar o jogo de rugby, com um formato dinâmico que inclui partidas de 70 minutos e tries de 9 pontos (clique aqui para relembrar a proposta).

A nova liga estava marcada para começar em 2019, mas teve seu início postergado para 2020. Mas, para este ano, a Global Rapid Rugby Showcase Series, a série de amistosos, vai agitar as 5 franquias que já estão em operação: Western Force (Austrália), Asia Pacific Dragons (Singapura), South China Tigers (Hong Kong), Fijian Latui (Fiji) e Kagifa Samoa (Samoa).

O calendário da Showcase Series terá Force, Dragons e Tigers medindo forças de um lado, em jogos de ida e volta entre si, começando em 29 de março e terminando em 12 de maio, ao passo que Latui, Kagifa e também o Force se enfrentarão no mesmo formato de 18 de maio a 21 de junho. Além desses jogos haverá ainda o Force enfrentando o Word XV (seleção do mundo) no dia 22 de março e um oponente a ser definido no dia 9 e agosto, compondo um total de 10 partidas para o time australiano e 4 para as demais.

Visualizar esta foto no Instagram.

2019 Rapid Rugby Showcase is coming to a stadium near you!

Uma publicação compartilhada por Global Rapid Rugby (@rapidrugby) em

- Continua depois da publicidade -

Tigers revelam marca e contratam estrelas

O time de Hong Kong lançou sua marca. O South China Tigers apresentou sua logomarca na semana passada, juntamente com dois reforços: o inglês Tom Varndell (ponta de 33 anos, com 4 jogos pela seleção da Inglaterra e longa carreira com Wasps e Bristol) e o fijiano Samisoni Viriviri (campeão olímpico em 2016, que decidiu deixar o sevens e retornar ao XV, tendo no currículo já uma temporada com o Montpellier, da França, em 2014-15).

 

Dragons com novidades

O time de Singapura, o Asia Pacific Dragons, já existe desde 2011, tendo pleiteado entrada no Super Rugby. Agora finalmente com um torneio para jogar, a equipe se reforçou com atletas do Pacífico, que incluíram já o asa fijiano Naulia Dawai (em Connacht, da Irlanda, e Otago, da Nova Zelândia, com 8 jogos pela seleção) e o abertura Latiume Fosita, que defendeu Tonga na Copa do Mundo de 2015 (e estava na Nova Zelândia atuando pelo Counties Manukau). Além deles também desembarcaram em Singapura o 3/4s neozelandês Stacey Ili (que estava no Connacht, da Irlanda) e o neozelandês naturalizado australiano Junior Laloifi (ponta que defendeu a seleção da Austrália de sevens e o Reds, do Super Rugby, tendo disputado em 2018 o Campeonato Neozelandês pelo Manawatu).

 

World Rugby Pacific Challenge começa nessa sexta

Ainda no Pacífico, nessa sexta, dia 8, em Suva, capital de Fiji, terá inicial o quadrangular do World Rugby Pacific Challenge, competição que envolve as seleções de desenvolvimento de Fiji, Samoa, Tonga e Japão. O torneio vem sendo dominado pelo Fiji Warriors, que venceu 8 vezes o torneio, incluindo os 3 últimos.

 

08/03 – Junior Japan x Samoa A

08/03 – Fiji Warriors x Tonga A

12/03 – Tonga A x Samoa A

12/03 – Fiji Warriors x Junior Japan

16/03 – Tonga A x Junior Japan

16/03 – Fiji Warriors x Samoa A

1 COMENTÁRIO