A disputa entre França e Irlanda promete ser acirrada para sediarem a Copa do Muno de Rugby de 2023. Os dois países já haviam revelado as cidades de suas candidaturas e hoje os franceses limaram a lista e anunciaram as 12 cidades finais que receberão os jogo caso a França seja eleita no final deste ano como a sede de 2023. A África do Sul também está no páreo, mas até agora não fez nenhum anúncio oficial sobre suas sedes propostas.

 

As sedes são as mesmas cidades francesas que receberam a Copa do Mundo de 2007, com as adições de Nice e Lille. Os estádios de Bordeaux e Lyon também são diferentes dos que receberam o Mundial em 2007, tendo sido erguidos novos estádios nessas cidades para a Euro 2016 de futebol. A única indefinição é sobre o estádio de Paris que fará companhia ao Stade de France, se será o Parc de Princes, do PSG, que recebeu o torneio em 2007, ou o menor Jean Bouin, do Stade Français. A Arena 92, novo estádio do Racing que será inaugurado em outubro deste ano, foi descartado pela determinação do World Rugby de que os jogos da Copa do Mundo devem ser em gramados naturais ou mistos, vetando gramados 100% artificiais, como é o caso do gramado proposto para a Arena 92, que será uma arena coberta.

 

- Continua depois da publicidade -

Saint-Denis (Paris) –Stade de France (80 000 lugares)

Marselha – Orange Vélodrome (67 000 lugares)

Lyon – Parc OL (59 000 lugares)

Lille – Stade Pierre-Mauroy (50 000 lugares)

Paris – Parc des Princes (48 500 lugares) ou Stade Jean Bouin (20 000 lugares)

Bordeaux – Matmut Atlantique (42 000lugares)

Saint-Etienne – Stade Geoffroy-Guichard (42 000 lugares)

Lens – Stade Bollaert-Delelis (38 000 lugares)

Nantes – Stade de la Beaujoire (37 500 lugares)

Nice – Allianz Riviera (35 000 lugares)

Toulouse – Stadium de Toulouse (33 000 lugares)

Montpellier – Stade de la Mosson (32 000 lugares)