Técnico da Seleção Brasileira faz suas apostas para a Copa do Mundo de Rugby

O treinador da Seleção Brasileira de Rugby Sevens, Andrés Romagnoli, aposta em um título da Argentina na Copa do Mundo de Rugby, que inicia nessa sexta-feira, 18, no Reino Unido. O comandante dos Tupis, que é nascido no país vizinho, acredita que seus conterrâneos possam surpreender as equipes favoritas, como Nova Zelândia, Austrália e os donos da casa, a Inglaterra.

 

“A Argentina é minha seleção favorita para essa Copa do Mundo de Rugby. Acredito e desejo que os argentinos façam uma ótima competição, superando a última campanha (3º lugar), talvez chegando a final na briga pelo título”, afirma Andrés.

 

O técnico destaca ainda o encontro entre Argentina e Nova Zelândia, que acontece no domingo, 20, entre um dos jogos “imperdíveis” da primeira fase da competição. As outras partidas apontadas por Andrés como destaque da fase de grupos são os jogos da Inglaterra contra País de Gales e Austrália, e o embate europeu entre França e Irlanda.

 

Sobre o torneio em si, Andrés disse ainda que espera mais trys e jogadas coletivas em todas as partidas. “Além disso, acredito que o scrum será mais relevante e decisivo do que no último mundial”.

 

Questionado quando o Brasil poderá participar de uma Copa do Mundo de Rugby, Andrés foi enfático: “todos estão trabalhando para que seja o mais breve o possível, mas nossa meta está traçada para chegar lá até 2023”.

 

A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem como objetivo alcançar a classificação para a Copa de 2023, e, para tanto, está trabalhando pesado em diversas áreas, como o alto rendimento, com a centralização das Seleções e as Academias Top 100, o rugby adulto, com a criação e o desenvolvimento de competições de alto nível, rugby juvenil e infantil, apoiando diversos projetos sociais por todo o país.

 

Fonte: CBRu

Comentários