Foto: Mike Lee - KLC fotos for World Rugby

ARTIGO COM VÍDEO – A etapa masculina da Nova Zelândia do Circuito Mundial de Sevens começou já com uma favorita caindo: a África do Sul, líder da temporada.

Com novo formato de disputas, o torneio não conta mais com quartas de final. Com isso, apenas o campeão de cada grupo avançará às semifinais, o que já causou o primeiro resultado impactante. Em jogo de tirar o fôlego, a Inglaterra saiu atrás no placar, mas virou para cima da África do Sul e triunfou por 21 x 19, com Phil Burgess marcando o try decisivo. No lance final, Geduld marcou o try que daria o empate aos Boks, mas a conversão foi perdida. Como os dois times já haviam vencido na primeira rodada, a Inglaterra assegurou o primeiro lugar do Grupo B, pois, mesmo que perca na rodada final, terá a vantagem no confronto direto, que é o primeiro critério de desempate.

O Grupo C terá o fim mais empolgante, após França e Canadá empatarem em 12 x  12 neste sábado. Os também têm uma vitória e a vaga será decidida na base do saldo de pontos caso ambos vençam Irlanda e Japão, respectivamente, na última rodada.

No Grupo A, os anfitriões da Nova Zelândia conquistaram grande vitória sobre os Estados Unidos, que seguem sem engrenar na temporada. Com isso, os All Blacks só precisam vencer a Escócia para avançarem.

- Continua depois da publicidade -

Por fim, Fiji conseguiu duas vitórias apertadas – mas dando show de malabarismo – contra Samoa e Austrália e decidirá sua classificação diante da Argentina na rodada final. Os Pumas começaram mal com derrota contra a Austrália, mas reagiram com boa vitória de 40 x 00 sobre Samoa e estão no páreo.

Destaque no dia para o fijiano Jerry Tuwai, que se tornou o maior artilheiro de tries da história de Fiji ao marcar contra Samoa.

Todos os jogos têm transmissão ao vivo do Watch ESPN.

World Rugby Sevens Series – Circuito Mundial de Sevens – 3ª etapa Masculina – em Hamilton, na Nova Zelândia

Grupo A: Nova Zelândia, Escócia, Estados Unidos e Gales

Grupo B: África do Sul, Quênia, Inglaterra e Japão

Grupo C: França, Irlanda, Canadá e Espanha

Grupo D: Fiji, Argentina, Austrália e Samoa

 

*Horários de Brasília

Sexta-feira, dia 24 de janeiro / Sábado, dia 25 de janeiro

19h57 – Irlanda 21 x 26 Canadá

20h19 – França 21 x 17 Espanha

20h41 – Quênia 19 x 24 Inglaterra

21h03 – África do Sul 31 x 05 Japão

21h25 – Argentina 07 x 38 Austrália

21h47 – Fiji 19 x 12 Samoa

22h09 – Escócia 07 x 24 Estados Unidos

22h31 – Nova Zelândia 47 x 00 Gales

 

01h24 – Irlanda 28 x 17 Espanha

01h46 – França 12 x 12 Canadá

02h08 – Quênia 12 x 12 Japão

02h30 – África do Sul 19 x 21 Inglaterra

03h05 – Argentina 40 x 00 Samoa

03h35 – Fiji 19 x 12 Austrália

04h05 – Escócia 24 x 19 Gales

04h33 – Nova Zelândia 26 x 05 Estados Unidos

 

Sábado, dia 25 de janeiro / Domingo, dia 26 de janeiro

19h07 – Canadá x Espanha

19h29 – França x Irlanda

19h51 – Inglaterra x Japão

20h13 – África do Sul x Quênia

20h35 – Austrália x Samoa

20h57 – Fiji x Argentina

21h19 – Estados Unidos x Gales

21h41 – Nova Zelândia x Escócia

 

00h20 – Semifinal – 1o Grupo B x 1o Grupo C

00h42 – Semifinal – 1o Grupo A x 1o Grupo D

01h10 – Disputa de 15o lugar

01h32 – Disputa de 13o lugar

01h54 – Disputa de 11o lugar

02h16 – Disputa de 9o lugar

02h38 – Disputa de 7o lugar

03h00 – Disputa de 5o lugar

03h59 – Disputa de 3o lugar

04h56 – FINAL