A Grã Bretanha enfrentou o Brasil no Rio 2016. Foto: Rio 2016

No ano que vem, as seleções britânicas masculina e feminina de sevens voltarão a ser formadas por conta dos Jogos Olímpicos, caso a Inglaterra classifique a Grã Bretanha para o torneio de Tóquio 2020.

Entretanto, as seleções britânicas poderão ser permanentes. A RFU (a federação inglesa) está empreendendo uma política de corte de gastos que poderá resultar no fim das seleções inglesas de sevens, masculina e feminina. A entidade negocia com as federações de Gales e Escócia (que também indicam de forma positiva a possibilidade de cortarem gastos no setor) a formação permanente da Grã Bretanha para disputar também a Série Mundial de Sevens (masculina e feminina) anualmente.

Mas, caso isso se confirme, qual seria o efeito na prática?

  • Hoje, Inglaterra, Gales e Escócia disputam a Série Mundial de Sevens Masculina. Caso as 3 equipes deem lugar à seleção da Grã Bretanha, haverá 2 vagas para serem preenchidas no circuito, abrindo espaços para novas seleções;
    • Uma Seleção Britânica teria potencial maior de sucesso, pois as 3 seleções têm atletas que poderiam jogar na equipe;
  • Na Série Mundial Feminina não mudaria nada no momento, pois apenas a Inglaterra está hoje na primeira divisão e seria substituída pela Grã Bretanha, que seria basicamente a seleção inglesa com eventualmente algum nome a mais;
    • No Rio 2016, Jasmine Joyce, de Gales, foi a única atleta não inglesa no elenco;

 

- Continua depois da publicidade -

Grã Bretanha nos Jogos Olímpicos? Lions do Sevens?

As seleções da Grã Bretanha de sevens são diferentes dos British and Irish Lions. Entenda:

  • No rugby (assim como no futebol), Inglaterra, Gales e Escócia têm suas próprias seleções (já que são as seleções mais antigas do mundo), mas nos Jogos Olímpicos não. O Comitê Olímpico Internacional reconhece somente um país: a Grã Bretanha;
  • A Grã Bretanha é a junção de Inglaterra, Gales e Escócia. Grã Bretanha é diferente de Reino Unido (United Kingdom), pois o Reino Unido engloba a Grã Bretanha e a Irlanda do Norte. Isto é, Inglaterra, Gales, Escócia e Irlanda do Norte formam o Reino Unido, que é a entidade política reconhecida pela comunidade internacional;
  • Nos Jogos Olímpicos, por conta das disputas entre britânicos e irlandeses, atletas nascidos na Irlanda do Norte podem escolher entre defenderem a Grã Bretanha e a República da Irlanda. Por tal razão, as seleções britânicas jogam com o nome Grã Bretanha e não Reino Unido;
  • No rugby de 15 jogadores, a seleção combinada dos British and Irish Lions representa Inglaterra, Gales, Escócia e Irlanda, isto é, engloba o Reino Unido e a República da Irlanda;
  • Já no sevens a seleção é a Grã Bretanha, sendo que a Irlanda seguirá tendo seleção própria.

Ficou mais claro?