ARTIGO COM VÍDEO – A volta do Six Nations não foi de grandes surpresas nos placares. Nesta rodada, ao contrário da anterior que havia sido mais modesta, França e Inglaterra conquistaram ponto extra por quantidade de tries – ponto que faz bastante falta para a Irlanda, que perdeu a primeira colocação para a Inglaterra.

 

Inglaterra atropela Escócia com 12 tries de diferença

Nada menos que 12 tries separaram o placar de Inglaterra e Escócia. O dever de segurar Wilson ficará nas mãos da linha irlandesa quando houver a decisão do Grand Slam que, possivelmente, ainda contará com a presença adicional de Wilson-Hardy que foi poupada neste último jogo.

- Continua depois da publicidade -

 

Contra as escocesas, o jogo inglês liderou desde os 2′ com a grande pontuadora da partida, a ponta 11, Wilson. O primeiro tempo acabou em 40 x 00 para as Red Roses com direito a 8 tries – o placar poderia ter sido mais elástico se Scarratt não tivesse perdido as conversões que poderia realizar, delineando, portanto, um dos pontos que precisam ser aprimorados para a próxima partida contra a Irlanda que conta com uma excelente chutadora, Stapleton.

 

A situação ficou mais difícil para a Escócia que perdeu a oitava, Jemma Forsyth depois de um cartão amarelo ainda no primeiro tempo. Aos 20′, depois de uma boa espera pela revisão do try no TMO, mais 5 pontos foram marcados para a Inglaterra, por Cokayne que já chegava ao ponto extra para liderar a tabela – e a mesma ainda atravessou o in-goal outras duas vezes. No segundo tempo, a sequência de tries deu um pouco mais de descanso para a Escócia e o último try, aos 79′, foi também de Wilson e Scarratt marcou a segunda conversão do dia.

 

 64  versus copiar 00  escocia logo

Inglaterra 64 x 00 Escócia

 

Inglaterra

Tries: Wilson (7), Cokayne (3), Watermann e Scarratt

Conversões: Scarratt (2)

15 Danielle Waterman, 14 Lydia Thompson, 13 Emily Scarratt, 12 Amber Reed, 11 Kay Wilson, 10 Emily Scott, 9 La Toya Mason, 1 Rochelle Clark (Worcester Valkyries, 120 caps), 2 Amy Cokayne, 3 Justine Lucas, 4 Harriet Millar-Mills , 5 Tamara Taylor, 6 Alex Matthews, 7 Marlie Packer, 8 Sarah Hunter.

Suplentes: 16 Vicky Fleetwood, 17 Vickii Cornborough, 18 Sarah Bern, 19 Poppy Cleall, 20 Izzy Noel-Smith, 21 Bianca Blackburn, 22 Rachael Burford, 23 Sarah McKenna

 

Escócia

15 Chloe Rollie, 14 Megan Gaffney, 13 Lisa Thomson, 12 Lisa Martin (c), 11 Rhona Lloyd, 10 Helen Nelson, 9 Sarah Law, 1 Tracy Balmer, 2 Lana Skeldon, 3 Lindsey Smith, 4 Emma Wassell, 5 Deborah McCormack, 6 Sarah Bonar, 7 Louise McMillan, 8 Jemma Forsyth

Suplentes: 16 Lucy Park, 17 Heather Lockhart, 18 Katie Dougan, 19 Rachael Cook, 20 Lyndsay O’Donnell, 21 Jenny Maxwell (Lichfield), 22 Eilidh Sinclair, 23 Abi Evans

 

 

Irlanda vence Gales em placar apertado

Numa vitória comedida, a Irlanda passa por Gales e decidirá o Grand Slam contra a Inglaterra. As galesas, depois de caírem contra Itália e Escócia, embarcaram à Dublin mais centradas e impositivas.

 

A grande defesa do jogo é indiscutível, somente aos 38′ as irlandesas conseguiram marcar o primeiro try pelas mãos da primeira pilar, Peat, depois de um maul nas 5 adversária. Convertido por Stapleton, a Irlanda finalizava o primeiro tempo com boa posse de bola porém com avanços segurados por Gales, 07 x 00.

 

No retorno, Peat recebeu um cartão amarelo por manusear a bola no ruck aos 41′, e as galesas, enxergando bem a oportunidade, marcaram um try em seguida, por Powell-Hughes e Wilkins convertendo. A decisão da partida só chegaria aos 62′, com um try de Tyrrell combinado a boa persistência das verdes em segurarem o avanço adversário. O resultado ficou em 12 x 07 e Gales ganhou um ponto extra pela diferença de tries na derrota.

 

gales 07 versus copiar 12 irlanda logo novo(1)

Gales 07 x 12 Irlanda

 

Irlanda

Tries: Peat, Tyrrell

Conversão: Stapleton 

15. Kim Flood, 14. Hannah Tyrrell, 13. Jenny Murphy, 12. Sene Naoupu, 11. Alison Miller, 10. Nora Stapleton, 9. Mary Healy,  1. Lindsay Peat, 2. Leah Lyons, 3. Ailis Egan, 4. Sophie Spence, 5. Marie-Louise Reilly, 6. Ciara Griffin, 7. Claire Molloy, 8. Paula Fitzpatrick (c)

Suplentes: 16. Ciara O Connor, 17. Ilse Van Staden, 18. Ruth O’Reilly, 19. Ciara Cooney, 20. Nichola Fryday, 21. Larissa Muldoon, 22. Nikki, 23. Mairead Coyne

 

Gales

Try: Powell-Hughes

Conversão: Wilkins

15 Dyddgu Hywel, 14 Elen Evans, 13 Kerin Lake, 12 Rebecca de Filippo, 11 Adi Taviner, 10 Robyn Wilkins, 9 Keira Bevan, 1 Caryl Thomas, 2 Carys Phillips (c), 3 Amy Evans, 4 Rebecca Rowe, 5 Mel Clay, 6 Sioned Harries, 7 Rachel Taylor, 8 Shona Powell-Hughes

Suplentes: 16 Lowri Harries, 17 Cerys Hale, 18 Gwenllian Pyrs, 19 Siwan Lillicrap, 20 Alisha Butchers, 21 Rhiannon Parker, 22 Elinor Snowsill, 23 Gemma Rowland

 

França volta de Parma com vitória

Um jogo, sem dúvida alguma, de posse francesa e, sobretudo, de boa visão de jogo que pudesse encontrar os espaços na defesa italiana. A Itália vem numa sequência de derrotas no placar porém com grandes evoluções em sua tática de jogo, inclusive abrindo o placar na última partida, contra a Inglaterra.

 

Aos 6′, a Itália ainda tentou alguns avanços, principalmente feitos por Sofia Stefan. Ao chutar a bola, a posse se tornou francesa e o try viria aos 8′, no bom trabalho de mãos que fez a bola chegar em Ladagnous depois de poucas fases já dentro das 22. Aos 18′, a situação se repetiu e Menager encostou na linha do in-goal marcando mais 5 pontos. Ladagnous e Poublan ainda cruzaram o território das Azzurre, Abadie marcou o penal, terminando o primeiro tempo em 25 x 00.

 

Um segundo tempo singelo na pontuação, aos 50′, Abadie acertou mais um penal e finalizou o placar das Bleues enquanto Michela Este que foi substituída nos 68′ e aos 70′ marcou os 5 pontos das Azzurre, 28 x 05.

 

França vermelho28 versus copiar05 italia copy copy

França 28 x 05 Itália

 

França

Tries: Ladagnous (2), Poublan, Menager

Conversões: Abadie

Penais: Abadie (2)

15 Shanon Izar, 14 Camille Grassineau, 13 Caroline Ladagnous, 12 Elodie Poublan, 11 Caroline Boujard, 10 Audrey Abadie, 9 Yanna Rivoalen, 1 Lise Arricastre, 2 Gaelle Mignot, 3 Julie Duval, 4 Celine Ferer, 5 Audrey Forlani, 6 Marjorie Mayans, 7 Romane Menager, 8 Safi N’Diaye

Suplentes: 16 Caroline Thomas, 17 Arkya Ait Labib, 18 Lenaig Corson, 19 Gaelle Hermet, 20 Jade Le Pesq, 21 Caroline Drouin, 22 Jessy Tremouliere, 23 Patricia Carricaburu

 

Itália 

Try: Michela Este

15 Manuela Furlan, 14 Michela Sillari, 13 Maria Grazia Cioffi, 12 Sofia Stefan, 11 Maria Magatti, 10 Beatrice Rigon, 9 Sara Barattin, 8 Elisa Giordano, 7 Isabella Locatelli, 6 Lucia Cammarano, 5 Alice Trevisan, 4 Elisa Pillotti, 3 Marta Ferrari, 2 Melissa Bettoni, 1 Elisa Cucchiella

Suplentes: 16 Lucia Gai, 17 Gaia Giacomoli, 18 Michela Este, 19 Ilaria Arrighetti, 20 Valeria Fedrighi, 21 Veronica Madia, 22 Elisa Bonaldo, 23 Paola Zangirolami

 

Foto retirada de: RBS 6 Nations