A surpresa vira realidade: Connacht bate Leinster e não larga a ponta do PRO12

ARTIGO COM VÍDEOS – O PRO12, a Liga Ítalo-Celta, está em sua reta final e a 18ª rodada confirmou o que muitos duvidavam: o Connacht não é nenhum “cavalo paraguaio”. O time do oeste da Irlanda recebeu e derrotou o vice líder e gigante irlandês Leinster nesse sábado e se firmou como o grande líder da competição, seguindo firme na busca de um título inédito. A jornada também destacou a vitória fora de casa do Scarlets sobre o Ospreys, no clássico galês da vez, e o triunfo precioso do Glasgow sobre o Ulster, que manteve os escoceses bem na briga pelas semifinais, e ainda com um jogo a mais a fazer que seus concorrentes (no dia 8 do mês que vem, fora de casa, contra o Zebre).

 

Connacht: o novo rei da Irlanda

O Connacht atingiu de vez sua maioridade nesta temporada. E a prova disso foi sua vitória sobre o Leinster nesse sábado, em partida que valia a liderança do PRO12 para os dois lados – e com o Leinster com todos os seus principais jogadores à disposição. E quem mexeu primeiro no placar foi o Connacht, em jogada de velocidade, com o ponta nigeriano Niyi Adeolokun investindo e chutando para o in-goal para o scrum-half Kieran Marmion apoar a bola e fazer o festejado try verde. O Leinster só movimentou o marcador com dois penais de Madigan no segundo tempo e, no fim, a defesa do Connacht prevaleceu, aguentou a pressão azul e fez o estádio em Galway explodir de alegria com a vitória por 7 x 3.

 

Festa também em Limerick, com o Munster se mantendo na zona de classificação ao mata-mata com uma vitória incontestável de 43 x 0 (7 tries) sobre o Zebre. Simon Zebo cruzou o in-goal duas vezes.


Escoceses firmes no bom caminho

Na Escócia, o outro irlandês da competição, o Ulster, foi derrotado pelo Glasgow Warriors, atual campeão, e seguiu de fora da zona de classificação. A vitória era compulsória para o Glasgow se manter na briga pelas semifinais. O jogo foi bom, com o Ulster largando na frente em 10 x 9 antes do intervalo, graças a try de Iain Henderson. Porém, os Warriors reagiram no segundo tempo com grandes atuações de Finn Russell e Stuart Hogg. Stuart McCloskey ampliaria a frente para os irlandeses, mas Hogg e Seymour fizeram os dois tries da virada escocesa em belas arrancadas. 27 x 17 para os escoceses.

 

Já o Edinburgh defendeu sua posição dentro da zona de classificação à Champions Cup europeia vencendo fora de casa o Dragons. 16 x 15 em Gales, graças à última conversão – após try de Amos – perdida pelos galeses.


Scarlets no topo de Gales

Em Swansea, o sábado foi de clássico galês, com os rivais do Sudoeste de Gales, Ospreys (Swansea) e Scarlets (Llanelli) medindo forças. A vitória era crucial para o Ospreys, que começou melhor, com try de Josh Matavesi aos 15′. Contudo, os vermelhos, que ocupam o ótimo terceiro lugar na liga, estavam com tudo, liderados pelo camisa 9 Gareth Davies. E foi ele que puxou, aos 29′, a resposta do Scarlets, com Morgan Allen deixando para o canadense DTH Van Der Merwe cair para o try escarlate. O jogo foi ao intervalo em 13 x 13 e a segunda etapa foi de muitos erros do lado do Ospreys, de Rhys Webb e Sam Davies, incapaz de penetrar na defesa vermelha. O Scarlets puniu a ansiedade do rival e Aled Thomas arrematou nada menos que 4 penais certeiros, que deram números finais a favor dos visitantes, 25 x 16.

 

Com a derrota, o Ospreys se vê agora em situação delicada, seriamente ameaçada de não se classificar à Champions Cup. Melhor para o Cardiff Blues, que fez sua parte, aplicou 56 x 8 no Treviso, com direito a 8 tries de 8 jogadores diferentes, e ocupa agora o oitavo lugar, acima dos Ospreys e ainda vivo na luta por uma lugar na principal copa europeia.


Calvisano sozinho na liderança na Itália – por Giorgio Vuerich

Graças a vitória com o bônus sobre a Lazio por 40×7, o Calvisano é agora o líder isolado do Eccellenza Italiano. O Rovigo venceu também, mas sem bônus no clássico vêneto contra Mogliano, 40×7. Agora, Calvisano tem um ponto a mais pela luta ao primeiro lugar, que garante a possibilidade de jogar a final em casa.

 

No estadio Battaglini, em Rovigo, os anfitriões fadigaram demais contra um bom Mogliano. A primeira etapa acabou com Mogliano na frente, 16×9, com o único try marcado para o ponta Pavan. Na segunda etapa, os Bersaglieri viraram o jogo com quatro penais de Basson, fechando o marcador 21×16.

 

No outro clássico vêneto, o Petrarca Padova caiu em San Donà contra os anfitriões, 19×10. Pelo San Donà, tries de Falsaperla , Mortali e Preston contra o único try de Francescato.

 

Já os policias do Fiamme Oro atropelam a lanterna L’Aquila 43×7, enquanto o Viadana teve trabalho para ganhar em Piacenza, 11×6.

 

guinness pro12

Guinness PRO12 2015-16 – Liga Ítalo Celta (Escócia, Gales, Irlanda e Itália)

Munster 47 x 0 Zebre

Cardiff Blues 56 x 8 Treviso

Glasgow Warriors 27 x 17 Ulster

Ospreys 16 x 25 Scarlets

Connacht 7 x 6 Leinster

Dragons 15 x 16 Edinburgh

 

Clube País Cidade Jogos Pontos
Leinster Irlanda Dublin 22 73
Connacht Irlanda Galway 22 73
Glasgow Warriors Escócia Glasgow 22 72
Ulster Irlanda Belfast 22 69
Scarlets Gales Llanelli 22 63
Munster Irlanda Limerick/Cork 22 63
Cardiff Blues Gales Cardiff 22 56
Ospreys Gales Swansea 22 55
Edinburgh Escócia Edimburgo 22 54
Dragons Gales Newport 22 26
Zebre Itália Parma 22 24
Benetton Treviso Itália Treviso 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º, 6º e 7º lugares – classificação à Champions Cup;
– Nota: ao menos uma equipe de cada país participará da Champions Cup. Assim, se um país não tiver nenhuma equipe entre os 7 primeiros do PRO12, o melhor time desse país ganhará vaga na Champions Cup e o 7º colocado irá para a fase preliminar da competição europeia.

 

eccellenza

Campionato di Eccellenza – Campeonato Italiano

Calvisano 40 x 7 Lazio

Lyons Piacenza 6 x 11 Viadana

Rovigo 21 x 16 Mogliano

Fiamme Oro 43 x 7 L’Aquila

San Donà 19 x 10 Petrarca Padova

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Rovigo Rovigo 18 75
Calvisano Calvisano 18 72
Petrarca Padova 18 58
Mogliano Mogliano 18 56
Viadana Viadana 18 43
San Donà San Donà 18 43
Fiamme Oro Roma 18 40
Lazio Roma 18 25
Lyons Piacenza 18 14
L’Aquila L’Aquila 18 09

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais;
– 10º lugar – Rebaixamento

 

Foto: Connacht. ©INPHO/James Crombie

Comentários