ARTIGO COM VÍDEOS – A temporada 2017-18 da Série Mundial de Sevens masculina largou neste fim de semana em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e começou como terminou: com a África do Sul brilhando e sendo campeã da primeira etapa. Vitória do “dream team” sul-africano, de Kwagga Smith e Senatla, na final sobre a renovada Nova Zelândia, de técnico novo e sem DJ Forbes.

O primeiro dia de jogos não reservou maiores surpresas. O Grupo A teve a África do Sul se impondo com um rugby de categoria, como esperado, enquanto o Quênia mostrou que deu um passo adiante com relação à temporada passada e despachou o Canadá.

No Grupo B, a Inglaterra brilhou e avançou, com Dan Norton liderando a artilharia já, enquanto a França deu a entender que terá mais uma temporada fraca perdendo para a Espanha. Já no Grupo C Fiji despontou como esperado, ao passo que no Grupo D a Nova Zelândia garantiu o primeiro posto, mas não sem antes sofrer para vencer a Argentina por 21 x 19 (try de Molia para os All Blacks no último lance). Os Pumas, no entanto, falharam na luta pelas quartas de final, com Samoa renascendo das cinzas de 2016-17 para abocanhar sua classificação.

O segundo dia de jogos foi bem diferente entre cada chave. Na luta pelo Challenge Trophy, o 9º lugar, algumas surpresas deram as caras, com a Espanha vencendo a Argentina para chegar à decisão para chegar à decisão de 9º lugar, caindo contra a França. Já Uganda, a seleção convidada, conseguiu vitória sobre a Rússia e decidiu o 13º lugar, perdendo para Gales. A decepção foram os Estados Unidos, do melhor do mundo Perry Baker, que dividiram a lanterna com os russos.

- Continua depois da publicidade -

Na luta pelo título, as quartas de final não tiveram maiores surpresas, com África do Sul, Fiji, Nova Zelândia e Inglaterra emergindo vitoriosas. Neozelandeses e ingleses sofreram mais, com os All Blacks derrotando o Quênia por apenas 14 x 12, graças ao try de Knewstubb no lance final, e com a Inglaterra passando pela Austrália com try de Glover no apagar das luzes, 26 x 19.

Nas semifinais, Boks e Fiji fizeram o grande jogo, que terminou com 12 x 07 para os sul-africanos, com Afrika e Senatla fazendo os tries logo no começo do jogo. Depois, os All Blacks despacharam os ingleses com um 14 x 05, com 2 tries de Ravouvou. Os ingleses ainda renasceriam para a disputa do bronze, batendo Fiji em um jogão de 28 x 21, com 4 tries para a Inglaterra e 3 para Fiji.

Na decisão da medalha de ouro, a África do Sul começou atropelando com tries de Snyman, Senatla e Kwagga Smith. O 17 x 00 no intervalo parecia a confirmação do título, mas os All Blacks se insurgiram com 2 tries no segundo tempo, de Kwestubb e Curry, que puseram fogo no jogo. Mas a resposta foi certeira e Agaba correu para o try da vitória sul-africana por 24 x 12.

No próximo final de semana, a Série Mundial de Sevens desembarcará na Cidade do Cabo, África do Sul, para a segunda etapa da temporada.

 

Dubai Sevens – 1ª etapa da HSBC World Rugby Sevens Series

Estados Unidos 14 x 22 Argentina

Nova Zelândia 24 x 12 Samoa

Austrália 38 x 07 Gales

Fiji 50 x 07 Rússia

Canadá 15 x 29 Quênia

África do Sul 19 x 10 Uganda

Escócia 24 x 14 França

Inglaterra 28 x 00 Espanha

 

Estados Unidos 14 x 26 Samoa

Nova Zelândia 21 x 19 Argentina

Austrália 47 x 00 Rússia

Fiji 21 x 07 Gales

Canadá 22 x 17 Uganda

África do Sul 48 x 05 Quênia

Escócia 26 x 21 Espanha

Inglaterra 14 x 12 França

 

Argentina 12 x 22 Samoa

Nova Zelândia 22 x 12 Estados Unidos

Gales 29 x 05 Rússia

Fiji 26 x 19 Austrália

Quênia 29 x 14 Uganda

África do Sul 28 x 00 Canadá

França 12 x 14 Espanha

Inglaterra 29 x 00 Escócia

 

Classificação

Grupo A: 1 África do Sul, 2 Quênia, 3 Canadá, 4 Uganda;

Grupo B: 1 Inglaterra, 2 Escócia, 3 Espanha, 4 França;

Grupo C: 1 Fiji, 2 Austrália, 3 Gales, 4 Rússia;

Grupo D: 1 Nova Zelândia, 2 Samoa, 3 Argentina, 4 Estados Unidos;

Sábado, dia 02 de dezembro – das 03h30 às 14h00 (hora de Brasília)

Quartas de final pelo Challenge Trophy

Canadá 10 x 05 Estados Unidos

Gales 17 x 24 França

Argentina 26 x 07 Uganda

Espanha 31 x 00 Rússia

 

Quartas de final pelo Ouro

África do Sul 26 x 10 Samoa

Fiji 35 x 24 Escócia

Nova Zelândia 14 x 12 Quênia

Inglaterra 26 x 19 Austrália

 

Semifinais pelo 13º lugar

Estados Unidos 21 x 31 Gales

Uganda 17 x 12 Rússia

 

Semifinais pelo Challenge Trophy

Canadá 21 x 28 França

Argentina 12 x 14 Espanha

 

Semifinais pelo 5º lugar

Samoa 27 x 22 Escócia

Quênia 12 x 19 Austrália

 

Semifinais pelo Ouro

África do Sul 12 x 07 Fiji

Nova Zelândia 14 x 05 Inglaterra

 

Finais

Gales 26 x 07 Uganda – Disputa de 13º lugar

França 21 x 12 Espanha – Final do Challenge Trophy

Samoa 17 x 22 Austrália – Disputa de 5º lugar

Fiji 21 x 28 Inglaterra – Disputa de 3º lugar

África do Sul 24 x 12 Nova Zelândia – Final

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
Nova Zelândia411922
África do Sul412219
Fiji281513
Inglaterra271710
Argentina24519
Austrália21138
Canadá20515
França18810
Samoa17125
Espanha1477
Quênia13103
Estados Unidos13112
Escócia11101
Gales835
Rússia211
- 15º colocado = rebaixamento;
PS: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.

Foto: World Rugby