ARTIGO COM VÍDEOS – Na Top League japonesa, Sungoliath, Wild Knights e Júbilo classificados, Verblitz e Brave Lupus ainda estão vivos e levam suas esperanças para a última rodada.

 

Grupo B: Yamaha e Wild Knights se garantem

O grupo B teve a definição, que apesar de óbvia, ainda matematicamente mantinham acesas as esperanças dos Black Rams em conquistarem a vaga do Yamaha Júbilo. Os azuis de Iwata fizeram bem o dever de casa e despacharam o time de Munakata por 40 a 5. O Yamaha Júbilo já entra na última rodada apenas para cumprir tabela contra os Wild Knights. Os cavaleiros selvagens arruinaram os planos dos pretos de Tóquio após mais um atropelamento pelo placar de 50 a 7.

- Continua depois da publicidade -

Os Red Sparks têm uma média de 1,6 vitórias por temporada desde que ascendeu a primeiro divisão. A equipe da famosa marca de refrigerante se deparou com mais uma derrota, dessa vez para o Kubota Spears por 12 a 5. Os vermelhos lutam com os Azuis de Munakata para não serem rebaixados diretamente.

Na última rodada os Sparks enfrentarão os Liners, que já estão definidos como lanternas no grupo A, provavelmente a primeira parte do certame, já que Shuttles e Blues se enfrentarão no confronto direto. Para fugir do rebaixamento, eles precisam de vencer com ponto bônus e torcerem para que não haja empate entre seus dois concorrentes diretos.



 

Grupo A: Emoção até o final

O grupo A se tornou mais equilibrado. Não invictos e o último colocado venceu mais partidas que os três últimos do outro grupo. Sendo assim, a emoção ainda é vista em cada jogo. O destaque vai para Verblitz e Brave Lupus que chegam bem vivos para os confrontos decisivos.

O Verblitz chegaram aos 42 pontos após vencerem os Shining Arcs por 22 a 15. Enquanto os Brave Lupus tiveram o ataque mais efetivo da rodada marcando 51 a 14 contra os Liners. As coisas estão mais possíveis para os verdes da Toyota, isto porque seu próximo adversário já está cumprindo tabela e os Brave Lupus enfrentarão o Sungoliath em Tóquio.


O Brave Lupus contam com uma campanha que já soma sete vitórias seguidas, marca que somente os invictos Wild Knights possuem até aqui. Levemente superior nos números ao seu adversário direto pela vaga e no embalo de fazer diferente nesta temporada, os Verblitz têm a oportunidade de quebrar a hegemonia desta competição.  Desde 2011, um time fora dos cinco grandes não termina no grupo dos quatro melhores de uma temporada, meta que foi alcançada no passado por algumas ocasiões pelo próprio Toyota Verblitz.

O grande nome desta liga é Lionel Cronje. O sul-africano veste a camisa dos verdes e está disparado na artilharia com 125 pontos. Do lado dos Brave Lupus, outro africano, Coenraad Van Wyk, é o maior pontuador dos vermelhos, mas de maneira bem mais discreta, 71 pontos. No chamado “overall”, os verdes têm tudo para fazerem história.

Apesar de chegarem classificados e com a primeira colocação garantida após eliminarem os Steelers de Kobe por 24 a 7, os amarelos de Tóquio possuem números mais modestos que seu arquirrival Panasonic Wild Knights, o que pode motivar um fechamento mais agudo da temporada regular, diminuindo assim as possibilidades dos Brave Lupus que têm o jogo mais importante do ano neste domingo próximo.

 

 

Top League copy copy

Top League – Campeonato Japonês

Red Hurricanes 38 x 19 Shuttle

Verblitz 22 x 15 Shining Arcs

Brave Lupus 51 x 14 Liners

Sungoliath 24 x 07 Steelers

Eagles 20 x 25 Green Rockets

Jubilo 40 x 05 Blues

Red Sparks 05 x 12 Spears

Wild Knights 50 x 07 Black Rams

ClubePrefeituraJogosPontos
Grupo A
Suntory SungoliathTóquio1355
Toyota VerblitzToyota1346
Toshiba Brave LupusTóquio1339
Kobelco SteelersKobe1337
NTT Shining ArcsChiba1331
Kubota SpearsChiba1326
NTT-Docomo Red HurricanesOsaka1326
Kintetsu LinersOsaka1317
Grupo B
Panasonic Wild KnightsGunma1363
Yamaha JubiloShizuoka1346
Ricoh Black RamsTóquio1343
NEC Green RocketsChiba1326
Canon EaglesTóquio1320
Toyota Industries ShuttlesNagoya1311
Munakata Sanix BluesMunakata 138
Coca-Cola West Red SparksFukuoka133
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1º e 2º colocados de cada grupo vão às semifinais;

 

Escrito por: Leandro Vieira