ARTIGO COM VÍDEO – Que os All Blacks são os melhores do mundo ninguém duvida. Mas a partida deste sábado contra os Springboks prometia, afinal, a África do Sul parecia ter saído da pior crise de sua história e estava em bom momento. O que se viu em campo no North Harbour Stadium foi um verdadeiro nocaute no rugby sul-africanos, com a maior derrota da história dos Springboks para qualquer adversário: 57 x 00, que praticamente colocaram um ponto final nas disputas pelo título do Rugby Championship, que só sairá da Nova Zelândia com um desastre.

Com uma série embaraçosa de erros, inclusive em seus pontos fortes, como o lateral, os Springboks não demonstraram nenhum poder de reação na partida, que foi completamente dominada do começo ao fim pelos All Blacks.

O jogo até começou até parelho e o placar no norte de Auckland só foi aberto aos 14′ com penal chutado por Beauden Barrett. Mas era questão de tempo e, aos 16′, Rieko Ioane, depois de Aaron Smith fazer magia achando o espaço e servindo com os pés o ponta. Os Boks não se intimidaram e foram para cima, mas logo na sequência o ataque sul-africano foi frustrado em grande estilo com Milner-Skudder interceptando passe, trocando bola com Beauden Barrett e recebendo um passe desconcertante para fazer o segundo try neozelandês, que serviu como banho de água fria às pretensões dos visitantes. 17 x 00.

Os All Blacks seguiram brilhando e, aos 33′, Beauden Barrett desferiu chute cruzado, Ross Cronje se complicou e o irmão de Beauden, Scott Barrett, cravou o terceiro try kiwi, ao passo que aos 36′ foi a vez de Brodie Retallick marcou o quarto try, depois de Ioane furar a defesa verde. 31 x 00 no intervalo.

- Continua depois da publicidade -

O jogo seguiu de uma nota só na segunda etapa e Milner-Skudder, aos 52′, correu para o quinto try dos donos da casa. Com a larga vantagem, Steve Hansen novamente optou por fazer substituições nos All Blacks, fazendo o elenco rodar. O placar só voltou a ser movimentado, já com a marcha reduzida dos neozelandeses, aos 63′, com Ofa Tu’ungafasi fazendo seu primeiro try com a camisa preta.

Depois, aos 74′, com os Boks exaustos, Anton Lienert-Brown fez grande jogada e serviu com offload Lima Sopoaga para o sétimo try. E, já nos acréscimos, Codie Taylor guardou o oitavo try neozelandês, em um poderoso maul que quebrou o recorde de derrota sofrida pelos Springboks em sua história, que era um 53 x 03 em 2002 contra a Inglaterra. O recorde de vitória até então dos All Blacks sobre os Boks havia sido conquistado no ano passado, com um 57 x 15.

Se o técnico Allster Coetzee, da África do Sul, achava que o pior já havia passado, agora terá muito trabalho pela frente para restaurar a forma de sua equipe. O Rugby Championship não terá rodada no próximo fim de semana, retornando apenas no dia 30 de setembro, quando os All Blacks irão à Argentina e serão campeões antecipadamente se vencerem os Pumas. Já os Springboks receberão os Wallabies.

 

57versus copiar00

Nova Zelândia 57 x 00 África do Sul, em Auckland

Árbitro: Nigel Owens (Gales)

Nova Zelândia

Tries: Milner-Skudder (2), Ioane, S Barrett, Retallick, Tu’ungafasi, Sopoaga e Taylor

Conversões: B Barrett (7)

Penais; B Barrett (1)

15 Damian McKenzie, 14 Nehe Milner-Skudder, 13 Ryan Crotty, 12 Sonny Bill Williams, 11 Rieko Ioane, 10 Beauden Barrett, 9 Aaron Smith, 8 Kieran Read (c), 7 Sam Cane, 6 Liam Squire, 5 Sam Whitelock, 4 Brodie Retallick, 3 Nepo Laulala, 2 Dane Coles, 1 Kane Hames;

Suplentes: 16 Codie Taylor, 17 Wyatt Crockett, 18 Ofa Tu’ungafasi, 19 Scott Barrett, 20 Ardie Savea, 21 TJ Perenara, 22 Lima Sopoaga, 23 Anton Lienert-Brown;

África do Sul

15 Andries Coetzee, 14 Raymond Rhule, 13 Jesse Kriel, 12 Jan Serfontein, 11 Courtnall Skosan, 10 Elton Jantjies, 9 Ross Cronje, 8 Uzair Cassiem, 7 Jean-Luc du Preez, 6 Siya Kolisi, 5 Franco Mostert, 4 Eben Etzebeth (c), 3 Ruan Dreyer, 2 Malcolm Marx, 1 Tendai Mtawarira;

Suplentes: 16 Bongi Mbonambi, 17 Steven Kitshoff, 18 Trevor Nyakane, 19 Lood de Jager, 20 Pieter-Steph du Toit, 21 Francois Hougaard, 22 Handré Pollard, 23 Damian de Allende;

PaísApelidoJogosPontos
Nova ZelândiaAll Blacks628
AustráliaWallabies615
África do SulSpringboks614
ArgentinaLos Pumas60

Foto: All Blacks