All Blacks e Springboks convocados para os tests de junho

Nos dias 11, 18 de 25 de junho, a Nova Zelândia irá enfrentar Gales em três partidas em solo neozelandês. Para os confrontos, o técnico Steve Hansen chamou 32 jogadores para vestirem a camisa dos All Blacks, entre os quais 6 que debutarão com a malha preta: Ardie Savea (na foto, asa dos Hurricanes e irmão de Julian Savea, já com experiência já na seleção de sevens), Ofa Tu’ungafasi (pilar dos Blues), Liam Squire (asa dos Highlanders), Elliot Dixon (oitavo dos Highlanders), Seta Tamanivalu (centro dos Chiefs) e Damian McKenzie (fullback dos Chiefs).

 

Hansen ainda chamou mais dois atletas extras, que poderão ser efetivados no caso das lesões de Tawera Kerr-Barlow e Sam Whitelock sejam confirmadas. Um deles é TJ Perenara, scrum-half dos Hurricanes, e o outro é o debutante Tom Franklin, segunda linha dos Highlanders. Nehe Milner-Skudder é a principal ausência por lesão.

 

Kieran Read assumirá de vez a capitania da equipe, agora sem Richie McCaw e Dan Carter, enquanto Israel Dagg, já de volta à sua melhor forma, retornou ao elenco. Como prega a política dos All Blacks, todos os convocados atuam no Super Rugby, sendo 9 dos Crusaders, 8 dos Chiefs, 7 dos Highlanders, 5 dos Hurricanes e 4 dos Blues.

 

Nova Zelândia

Avançados: Dane Coles (Hurricanes), Codie Taylor (Crusaders), Nathan Harris (Chiefs), Wyatt Crockett (Crusaders), Charlie Faumuina (Blues), Owen Franks (Crusaders), Joe Moody (Crusaders), Ofa Tu’ungafasi (Blues), Brodie Retallick (Chiefs), Luke Romano (Crusaders), Patrick Tuipulotu (Blues), Sam Whitelock (Crusaders), Sam Cane (Chiefs), Elliot Dixon (Highlanders), Jerome Kaino (Blues), Kieran Read (c) (Crusaders), Ardie Savea (Hurricanes), Liam Squire (Highlanders).

Linha: Tawera Kerr–Barlow (Chiefs), Aaron Smith (Highlanders), Beauden Barrett (Hurricanes), Aaron Cruden (Chiefs), Lima Sopoaga (Highlanders), Ryan Crotty (Crusaders), Malakai Fekitoa (Highlanders), Charlie Ngatai (Chiefs), Seta Tamanivalu (Chiefs), Israel Dagg (Crusaders), Damian McKenzie (Chiefs), Waisake Naholo (Highlanders), Julian Savea (Hurricanes), Ben Smith (Highlanders).

 

Springboks não terão Schalk Burger em junho

Em sua primeira convocação no comando da seleção da África do Sul, o técnico Allister ‘Toetie’ Coetzee apostou em uma lista de 31 jogadores com 9 debutantes para a série de três partidas em casa contra a Irlanda, nos dias 11, 18 e 25 de junho.

 

Coetzee deu as primeiras oportunidades a Garth April (abertura  do Sharks), Ruan Combrinck (ponta do Lions), Faf de Klerk (scrum-half do Lions), Nic Groom (scrum-half do Stormers), Steven Kitshoff (pilar do Bordeaux, da França), Jaco Kriel (asa do Lions), Bongi Mbonambi (hooker do Stormers), Sikhumbuzo Notshe (asa do Stormers) e Scarra Ntubeni (hooker também do Stormers). Entre os 31 nomes, 3 atuam na Europa – além de Kitsoff, foram chamados Duane Vermeulen, do Toulon, e François Louw, do Bath – enquanto os demais 28 jogam no Super Rugby, sendo 9 dos Stormers, 7 dos Lions, 6 dos Sharks, 5 dos Bulls, 1 dos Cheetahs e ninguém dos Kings.

 

Os Springboks perderam por lesões Handré Pollard, Schalk Burger, Marcell Coetzee, Cobus Reinach, Jano Vermaak, Cornal Hendricks, entre outros, e não contarão com os jogadores que optaram por se focarem no sevens nesse período até os Jogos Olímpicos, entre eles Bryan Habana, Juan de Jongh e François Hougaard.

 

África do Sul

Avançados: Lood de Jager (Cheetahs), Pieter-Steph du Toit (Stormers), Eben Etzebeth (Stormers), Steven Kitshoff (Bordeaux, França), Siya Kolisi (Stormers), Jaco Kriel (Lions), François Louw (Bath, Inglaterra), Frans Malherbe (Stormers), Bongi Mbonambi (Stormers), Tendai Mtawarira (Sharks), Sikhumbuzo Notshe (Stormers), Scarra Ntubeni (Stormers), Trevor Nyakane (Bulls), Julian Redelinghuys (Lions), Adriaan Strauss (Bulls), Duane Vermeulen (Toulon, França), Warren Whiteley (Lions);

 

Linha: Garth April (Sharks), Ruan Combrinck (Lions), Damian de Allende (Stormers), Faf de Klerk (Lions), Nic Groom (Stormers), Elton Jantjies (Lions), Jesse Kriel (Bulls), Patrick Lambie (Sharks), Willie le Roux (Sharks), Lionel Mapoe (Lions), Lwazi Mvovo (Sharks) Rudy Paige (Bulls), JP Pietersen (Sharks), Jan Serfontein (Bulls).

 

David Pocock assina contrato para jogar no rugby japonês

O terceira linha australiano David Pocock será a nova atração da Top League japonesa a partir de dezembro deste ano. Pocock assinou contrato com o Panasonic Wild Knights, atual campeão japonês, treinado pelo ex técnico da seleção australiana Robbie Deans, e se transferirá para a equipe após os amistosos de fim de ano dos Wallabies. Pocock permanecerá por três anos no Japão.

 

Ao final da temporada 2016-17 da Top League, Pocock anunciou que irá se retirar por seis meses do rugby, para estudar, e voltará ao Wild Knights no segundo semestre para a temporada 2017-18. Em março de 2018 o terceira linha retornará para o Brumbies para jogar o Super Rugby, voltando também a defender a Austrália, já de olho na Copa do Mundo de 2019. Com o fim do Super Rugby 2018, Pocock jogará a temporada 2018-19 da Top League com o Wild Knights e novamente o Super Rugby 2019 pelos Brumbies.

 

Dan Lydiate é cortado dos tests

Em Gales, a notícia de domingo foi o corte de Dan Lydiate do grupo que viaja à Nova Zelândia. O terceira linha sofreu lesão no duelo com a Inglaterra (quando jogou como capitão) e será substituído por Ellis Jenkins, do Cardiff Blues.

 

Comentários