O papo veio neste mês. Que tal um jogo entre a melhor seleção de Rugby Union e a melhor de Rugby League do mundo? Durante o Mundial de League, que está rolando neste momento na Oceania, a ideia se tornou ainda mais sedutora.

A NZR (federação neozelandesa de rugby union) e a ARL (federação australiana de rugby league) iniciaram conversas para que os All Blacks  e os Kangaroos, as respectivas seleções de Union da Nova Zelândia e de League da Austrália, duelem em 2019 um jogo híbrido dos dois rugbys. O valor desse choque de titãs poderia ser de 50 milhões de dólares, valor elevado para as duas bolas ovais, e o Japão poderia ser o palco neutro do encontro, em poucas semanas após o encerramento da Copa do Mundo de 15 jogadores.

Jogos híbrido, misturando as regras do Union e do League, já ocorreram no passado. No nível profissional, dois clubes ingleses, o Sale Sharks, do Union, e o St. Helens Saints, do League, duelaram em um jogo que teve o primeiro tempo sob as regras de uma modalidade e o segundo tempo com as da outra, terminando com vitória do Sale por 41 x 39. Esse foi o último evento profissional do gênero, mas experimentos amadores foram realizados recentemente, incluindo na Austrália em 2012.

Será que desta vez irá adiante? E quem ganharia?