Caso encerrado (finalmente). Depois de muita briga e polêmica, Espanha e Romênia estão mesmo fora da Copa do Mundo de 2019. O World Rugby (a federação internacional) confirmou hoje que o Comitê Independente de Apelação da entidade rejeitou os recursos de romenos e espanhóis sobre a perda de pontos dos dois países nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019.

Com isso, a Rússia já pode celebrar por completo, pois jogará pela segunda vez em sua história – a primeira desde 2011 – a Copa do Mundo de Rugby, ganhando a última vaga direta da Europa na competição, ao passo que a Alemanha teve a confirmação da segunda colocação e de que enfrentará Portugal no dia 16 deste mês pela última fase da zona europeia, valendo vaga para encarar Samoa na primeira das Repescagens das Eliminatórias.

A confirmação aumenta o tempo de ausência da Espanha na Copa do Mundo, tendo jogado o torneio pela única vez em 1999. Já a Romênia ficará de fora da Copa do Mundo pela primeira vez em sua história, após ter jogado 8 Mundiais consecutivos.

 

- Continua depois da publicidade -

World Rugby controlará toda a escala da arbitragem nas Eliminatórias

O World Rugby ainda aproveitou para anunciar que a partir de agora passará a gerir toda a escala de arbitragem das Eliminatórias para a Copa do Mundo – e não apenas os jogos das Repescagens, como ocorria até então.

A entidade ainda assegurou que investirá na educação de jovens jogadores sobre a questão da elegibilidade.