Argentina vence Barbarians Franceses antes do Championship

Pumas e Barbarians Franceses duelaram nesta sexta-feira em La Plata no segundo e último encontro entre as duas equipes neste mês. A Argentina emergiu vitoriosa, em jogo fraco tecnicamente encerrado em 21 x 9.

 

Os visitantes começaram melhores a partida e abriram o marcador com penal do argentino Urdapilleta, que teve apoio da torcida local por sua volta à seleção. Mas, logo os Pumas ganharam maior volume de jogo, empataram com penal de Socino e viraram em grande jogada de Landajo, que arranca e serve Matera para romper a defesa e cravar um belo try para os Pumas, aos 26′. Os Pumas tiveram um jogo muito mais sólido do que na partida passada, mas os Barbarians cresceram nos minutos finais do primeiro tempo e Urdapilleta reduziu com penal. Antes do intervalo, Socino ainda chutou mais um para os Pumas e levou a partida em 11 x 6 ao intervalo.

 

O segundo tempo começou melhor para os Pumas, que voltaram a ser mais agressivos, mas esbarraram em suas limitações criativas, com Landajo e Iglesias convencendo pouco. Socino, porém, teve logo mais uma chance de penal e não desperdiçou, mas Urdapilleta manteve os Babas na cola com outro penal. Foi apenas aos 61′ que os Pumas deram o golpe final, aproveitando a sua superioridade no pack – com nomes como Lavanini e Desio despontando, apesar da lesão de Matera – e emplacou boa sequência de fases. Nicolás Sánchez, que havia entrado no lugar de Iglesias, mostrou por que é o favorito à camisa 10 e desferiu um lindo chute cruzado para Desio aparecer na ponta e cravar o segundo e fatal try da Argentina.

 

Os visitantes, em ritmo de férias, não conseguiram mais seguir com a reação, Urdapilleta ainda chutou um penal, mas Socino deu números finais com seu último chute certeiro, fechando o jogo em 21 x 9 para os argentinos.

 

O time de Daniel Hourcade agora pensa no Rugby Championship, que começa no dia 17 de julho, com os Pumas indo à Nova Zelândia para enfrentar os All Blacks.
UAR_copy_copy.jpg21versus copiar09Barbarians RC copy

Argentina 21 x 9 Barbarians Franceses, em La Plata

 

Argentina

Tries: Matera e Desio

Conversões: Socino (1)

Penais: Socino (3)

1- Lucas Noguera Paz 2- Julián Montoya 3- Matías Díaz 4- Guido Petti Pagadizabal 5- Tomás Lavanini 6- Pablo Matera 7- Javier Ortega Desio 8- Facundo Isa 9- Martín Landajo (c) 10- Santiago González Iglesias 11- Tomás Carrió 12- Juan Pablo Socino 13- Jerónimo De la Fuente 14- Matías Moroni 15- Román Miralles.

Suplentes: 16- Santiago Iglesias Valdez 17- Bruno Postiglioni 18- Nahuel Tetaz Chaparro 19- Matías Alemanno 20- Benjamín Macome 21- Tomás Cubelli 22- Nicolás Sánchez 23- Lucas González Amorosino.

 

Barbarians Franceses

Penais: Urdapilleta (3)

1- Antoine Tichit, 2- Brice Mach, 3- Jean-Baptiste Poux, 4- Thibault Lassalle, 5- Arnaud Mela, 6- Antoine Burban, 7- Pierre Rabadan, 8- Virgile Bruni, 9- Jérôme Fillol (c), 10- Benjamín Urdapilleta, 11- Silvère Tian, 12-  Jonathan Danty, 13- Henry Chavancy, 14- Benjamin Lapeyre, 15- Geoffrey Palis.

Suplentes: 16- Jean-Charles Orioli, 17- Lucas Pointud, 18- Walter Desmaison, 19- Jocelino Suta, 20- Julien Tastet, 21- Heini Adams, 22- Julien Rey, 23- Gilles Bosch.

 

1ª Divisão C africana chegará à decisão

Já na Zâmbia, a terceira divisão da Copa da África teve um resultado inesperado. A Nigéria venceu a segunda seleção do Zimbábue, 34 x 22, e assumiu a liderança do certame. No fim de semana, a Zâmbia enfrentará os zimbabuanos e uma vitória Zâmbia lhe assegura o título e a promoção. Caso a Zâmbia perca, o título será nigeriano.

 

rugby afrique copy

Copa da África – 1ª Divisão C – 3ª divisão africana – em Lusaka, Zâmbia

Nigéria 34 x 22 Zimbábue A

 

Classificação: 1 Nigéria, 6 pontos, 2 Zâmbia, 4 pontos, 3 Zimbábue “A”, 1 ponto.

Comentários