ARTIGO COM VÍDEOS – A Premiership inglesa pegou fogo de vez com a 10ª rodada embolando por completo a briga pela liderança. O primeiro colocado Saracens foi derrotado pelo terceiro colocado Bath, enquanto o vice líder Wasps venceu, deixando a diferença entre os três primeiros em apenas 3 pontos. Já o quarto colocado Leicester Tigers venceu clássico local contra o Northampton Saints e não deixou o grupo de cima se desgarrar.

 

Briga embolada pela liderança

Saracens e Bath protagonizaram em Londres o grande jogo da 10ª rodada do Campeonato Inglês, ainda com nomes importantes dos dois lados ausentes por conta da partida da Inglaterra contra a Austrália. Porém, retornos importantes foram vistos dos dois lados, com Faletau voltando ao Bath e Itoje aos Sarries. Em campo, o que se viu foi um duelo duro, que começou com Lozowski e Homer trocando penais. Aos 24′, saiu o primeiro try do Bath, com Tapuai quebrando a linha e deixando em offload para Max Clark cravar. Antes do intervalo, contudo, viria a resposta do Saracens, com try de Maitland, rompendo na força na ponta.

- Continua depois da publicidade -

 

O segundo tempo começou com os Saracens igualando o marcador em 11 x 11 com drop goal de Lozowski aos 46′. Porém, o abertura logo depois recebeu cartão amarelo e Homer devolveu a frente aos donos da casa. O restante da partida foi tenso e sem espaços, com Homer e Lozowski perdendo penais e a vitória ficando com o Bath, 14 x 11.

 

O Wasps, por sua vez, venceu fora de casa o Worcester Warriors por 26 x 12. O primeiro try saiu logo no primero minuto, em interceptação de Macken para os Wasps. Com 4 penais de Shillcock, os Warriors se mantiveram vivos, mas os 44′ Dan Robson fez o try decisivo para o time de Coventry. Pouco aconteceu no restante do segundo tempo e a vitória foi essa.

 


 

Clássicos ficam com Leicester e Gloucester

Leicester e Northampton fizeram o grande clássico das East Midlands e o melhor momento dos Tigers falou mais alto, afundando os Saints na tabela. O jogo começou em alta voltagem para os donos da casa, trabalhando com velocidade a bola e com Thompstone correndo para o primeiro try aos 12′, após Burrell receber amarelo e deixar os Saints com um a menos logo no começo. Porém, Thompstone retribuiria o favor ao 16′ recebendo amarelo e os Saints aproveitaram a superioridade numérica par reagirem, com try de Haywood, aos 17′. No segundo tempo, o jogo também caiu de ritmo e a indisciplina custou caro aos Saints, com Burns chutando 3 penais para dar a vitória aos Tigers por 19 x 11.

 

No outro clássico regional da jornada, o Gloucester venceu o dérbi do West Country contra o já desesperado Bristol por 26 x 18. O primeiro tempo foi melhor do lado do Bristol, que abriu apenas 6 x 0. Já o segundo tempo começou todo do Gloucester, com 4 tries em 30 minutos, liquidando a fatura. O Bristol ainda reagiu com 2 tries no fim, mas sem tempo para a virada.

 



 

Exeter e Newcastle seguem no embalo

No Norte da Inglaterra, mais dois jogos completaram a rodada. Jogando fora de casa, o Exeter Chiefs mostrou que despertou no campeonato e venceu bem o Sale Sharks por 21 x 03, com todos os pontos saindo no primeiro tempo, sendo 3 tries a favor dos Chiefs.
 

Já o Newcastle Falcons seguiu com uma temporada muito acima das suas últimas vencendo desta vez o Harlequins, em jogo empolgante encerrado em 38 x 32. O primeiro tempo elétrico foi de 3 tries para os Falcons e 2 para os Quins. Na volta dos vestiários, o argentino Socino fez mais um para os anfitriões, mas Karl Dickson virou com 2 tries para os londrinos. O jogo seguiu lá e cá e o Newcastle comemorou mais 2 tries, com Olmstead e Marcus Watson que lhe deram a vantagem necessária no fim do jogo. Visser ainda reduziu mais uma vez para o Harlequins, saindo do Norte ao menos com 2 bônus na bagagem.

 



 

Richmond reage na segunda divisão

Na segunda divisão, o histórico Richmond, de Londres, clube de Juliano Fiori, esboçou uma reação contra o rebaixamento. A equipe que subiu para o Championship mas preferiu manter seu elenco amador foi à Cornuália e venceu o bom Cornish Pirates por 26 x 23, obtendo sua primeira vitória fora de casa e reduzindo para 12 pontos sua desvantagem para o penúltimo colocado. A liderança segue com o invicto London Irish, que agora venceu fora de casa o Rotherham Titans.

 

AvivaPremiershipLogo

Aviva Premiership – Campeonato Inglês

Newcastle Falcons 38 x 32 Harlequins

Worcester Warriors 12 x 26 Wasps

Leicester Tigers 19 x 11 Northampton Saints

Gloucester 26 x 18 Bristol

Bath 14 x 11 Saracens

Sale Sharks 03 x 21 Exeter Chiefs

 

ClubeCidadeJogosPontos
WaspsCoventry2284
Exeter ChiefsExeter2284
SaracensLondres2277
Leicester TigersLeicester2266
BathBath2259
HarlequinsLondres2252
Northampton SaintsNorthampton2252
Newcastle FalconsNewcastle2249
GloucesterGloucester2246
Sale SharksSalford (Manchester)2244
Worcester WarriorsWorcester2233
BristolBristol2220
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
- 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais e à Champions Cup;
- 5º e 6º lugares = classificação à Champions Cup;
- 7º lugar = classificação à Repescagem para a Champions Cup;
- 12º lugar = rebaixamento

 

GKIPA Championship

GKIPA Championship – 2ª Divisão do Campeonato Inglês

Yorkshire Carnegie 28 x 15 Bedford Blues

London Scottish 28 x 12 Ealing Trailfinders

Jersey 35 x 29 Doncaster Knights

Rotherham Titans 10 x 38 London Irish

London Welsh 26 x 20 Nottingham

Cornish Pirates 23 x 26 Richmond

 

ClubeCidadeJogosPontos
London IrishReading2091
Yorkshire CarnegieLeeds2074
Ealing TrailfindersLondres2060
Doncaster KnightsDoncaster2058
Jersey RedsJersey2058
Cornish PiratesPenzance2055
Bedford BluesBedford2041
London ScottishLondres2040
NottinghamNottingham2039
RichmondLondres2026
Rotherham TitansRotherham2022
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
- 1º a 4º lugares = classificação às Semifinais;
- 12º lugar = rebaixamento

 

Escrito por: Premiership Rugby – Bath x Saracens