Uma grande atração é esperada para os Barbarians, o clube de convite famoso por montar combinados mundiais e enfrentar grandes seleções. A equipe irá enfrentar a Austrália, no dia 28 de novembro, em Sydney, a Nova Zelândia, no dia 4 de novembro, em Londres, e Tonga, no dia 10, na Irlanda. E para o duelo com os Wallabies a equipe contará com ninguém menos que o abertura Quade Cooper, que já fez história defendendo a Austrália.

Cooper é um doas 11 australianos convocados, aos quais se somarão 5 neozelandeses, 1 sul-africano, 1 fijiano, 1 tonganês e 1 samoano, sob o comando do técnico australiano Alan Jones. O elenco foi chamado apenas para o jogo contra os Wallabies, com outro grupo a ser montado para as partidas na Europa.

 

Barbarians: Sam Carter (australiano/Brumbies), Quade Cooper (c) (australiano/Reds), Pek Cowan (australiano/Force), Matt Hodgson (australiano/Force), Luke Jones (australiano/Bordeaux), George Moala (neozelandês/Blues), Eto Nabulin (australiano/Reds), Isi Naisarani (fijiano/Force), Taqele Naiyaravaro (australiano/Waratahs), Tim Nanai-Williams (samoano/Chiefs), Jacques Potgieter (sul-africano/Bulls), Augustine Pulu (neozelandês/Blues), Anaru Rangi (neozelandês/Force), Andrew Ready (australiano/Reds), Michael Ruru (neozelandês/Force), Taniela Tupou (tonganês/Reds), Sam Ward (australiano/NSW Country Eagles), Sam Greene (australiano/Toyota Shuttles), Chance Peni (neozelandês/Force);