ARTIGO COM VÍDEOS – A segunda rodada da Copa do Mundo Feminina teve jogos bem distintos pelo Grupo A. A Nova Zelândia atropelou Hong Kong por imensos 121 x 00, mas o Canadá sofreu para vencer Gales, apenas 15 x 00, lamentando a vitória sem bônus, que poderá fazer falta lá na frente.

Nova Zelândia e Canadá decidirão o primeiro lugar do grupo na próxima quarta-feira em duelo direto, mas os resultados contra Hong Kong poderão significar que as duas avancem às semifinais. Vale lembrar que na Copa do Mundo Feminino irão às semifinais apenas as campeãs de cada grupo e a melhor segunda colocada geral.

 

Show de Portia Woodman

- Continua depois da publicidade -

Na partida de abertura da segunda rodada do Mundial, a Nova Zelândia igualou o segundo maior placar da história da competição, fazendo nada menos que 121 x 00 sobre Hong Kong, o mesmo resultado obtido no Mundial de 1994 pelos Estados Unidos contra o Japão. O recorde pertence à própria Nova Zelândia, que marcou 134 x 06 sobre a Alemanha no Mundial de 1998.

A desnível era esperado após as asiáticas perderem de 98 x 00 para o Canadá. Mas, Hong Kong mostrou um time aguerrido e consciente do que poderia fazer, inclusive apostando em bolas para a lateral na busca de um try de honra, ao invés de tentar os 3 pontos. No fim, o esperado ocorreu, com a potência das neozelandesas falando mais alto. Portia Woodman roubou a cena e marcou nada menos que 8 dos 19 tries das Black Ferns.

black ferns121versus copiar00hong kong rfu logo

Nova Zelândia 121 x 00 Hong Kong

Nova Zelândia

Tries: Woodman (8), Fitzpatrick (2), Hohepa, Brazier, Cocksedge, Tubic, Alley, McMenamin, Waaka, Ketu e Talawadua

Conversões: Cocksedge (13)

1 Sosoli Talawadua, 2 Fiao’o Faamausili (c), 3 Aleisha Nelson, 4 Charlene Gubb, 5 Charmaine Smith, 6 Sarah Goss, 7 Lesley Ketu, 8 Charmaine McMenamin, 9 Kendra Cocksedge, 10 Victoria Subritzky-Nafatali, 11 Carla Hohepa, 12 Chelsea Alley, 13 Theresa Fitzpatrick, 14 Portia Woodman, 15 Hazel Tubic;

Suplentes: 16 Te Kura Ngata-Aerengamate, 17 Toka Natua, 18 Aotearoa Mata’u, 19 Eloise Blackwell, 20 Rebecca Wood, 21 Aroha Savage, 22 Kelly Brazier, 23 Stacey Waaka;

Hong Kong

1 Tammy Lau Nga-wun, 2 Royce Chan Leong-sze, 3 Wong Yuen-shan, 4 Chow Mei-nam (c), 5 Tsang Sin-yan, 6 Amelie Seure, 7 Winnie Siu, 8 Christine Gordon, 9 Jessica Ho Wai-on, 10 Lee Tsz-ting, 11 Chong Ka-yan, 12 Kelsie Bouttle, 13 Natasha Olson-Thorne, 14 Laurel Chor Lik-fung, 15 Lau Sze-wah;

Suplentes: 16 Ho Hoi-lam, 17 Lee Ka-shun, 18 Pun Wai-yan, 19 Christy Cheng Ka-chi, 20 Chan Ka-yan, 21 Lindsay Varty, 22 Rose Hopewell-Fong Siu-lan, 23 Colleen Tjosvold;

 

Canadá tem trabalho para vencer Gales

Favorito contra Gales, o Canadá sofreu para obter sua necessária vitória, lamentando a falta do bônus ofensivo, que manteve as Canucks no segundo lugar da chave. O placar foi aberto a partir da segunda metade do primeiro tempo, aos 24′, pela scrumhalf Lori Josephson num belo try passando por duas defensoras; a conversão veio por Harvey, a chutadora do elenco.

Depois do try adversário, Gales ainda teve largas chances de chegar ao ingoal, conquistando território com seu estilo de jogo nas forwards no entanto acabou por cometer as mesmas falhas que na partida da primeira rodada contra a Nova Zelândia, demorando nas finalizações e atrasando nas tomadas de decisão, e então se deparava com a eficiência da defesa do Canadá. Um primeiro tempo emocionante acabou em 07 x 00.

No retorno, a posse de bola foi quase que totalmente das Canucks mas as adversárias europeias mostraram para que vieram à Copa do Mundo dando o melhor em tackles eficientes e pressão no ataque vermelho, reduzindo as chances de try. Até os 68′, as canadenses não pontuaram, a chance apareceu aos 69′ com Harvey acertando um bom penal, levando o placar a 10 x 00. Logo em seguida, aos 73′, desapontou a torcida ao errar outro chute bem próximo aos paus, se redimindo aos 80′, marcando o try final da partida.

15versus copiar00

Canadá 15 x 00 Gales

Canadá

Tries: Harvey e Josephson

Conversões: Harvey (1)

Penais: Harvey (1)

1 Carolyn McEwen, 2 Laura Russell, 3 DaLeaka Menin, 4 Kayla Mack, 5 Latoya Blackwood, 6 Jacey Grusnick, 7 Karen Paquin, 8 Kelly Russell (c), 9 Lori Josephson, 10 Emily Belchos, 11 Elissa Alarie, 12 Andrea Burk, 13 Alex Tessier, 14 Magali Harvey, 15 Julianne Zussman;

Suplentes: 16 Jane Kirby, 17 Brittany Kassil, 18 Olivia DeMerchant, 19 Tyson Beukeboom, 20 Barb Mervin, 21 Chelsea Guthrie, 22 Amanda Thornborough, 23 Brittany Waters;

Gales

15 Dyddgu Hywel, 14 Elen Evans, 13 Gemma Rowland, 12 Hannah Jones, 11 Jess Kavanagh-Williams, 10 Elinor Snowsill, 9 Sian Moore, 1 Caryl Thomas, 2 Carys Phillips (c), 3 Amy Evans, 4 Rebecca Rowe, 5 Mel Clay, 6 Alisha Butchers, 7 Rachel Taylor, 8 Sioned Harries;

Suplentes: 16 Morfudd Ifans, 17 Cerys Hale, 18 Meg York, 19 Siwan Lillicrap, 20 Shona Powell-Hughes, 21 Keira Bevan, 22 Robyn Wilkins, 23 Jodie Evans;

 

SeleçãoJogosPontos
Grupo A
Nova Zelândia315
Canadá39
Gales35
Hong Kong30
Grupo B
Inglaterra315
Estados Unidos311
Espanha34
Itália30
Grupo C
França314
Irlanda38
Austrália36
Japão30