Brasil conhece caminho para ir à Copa do Mundo de Sevens de 2018

Nesta quarta-feira o World Rugby lançou oficialmente o novo logo e o novo website da Copa do Mundo de Sevens de 2018, que será realizada em São Francisco, nos Estados Unidos, no estádio de beisebol AT&T Park (42 mil lugares).

 

Disputada de quatro em quatro anos, a Copa do Mundo de Sevens foi realizada pela última vez em 2013, em Moscou, na Rússia, e teve sua edição seguinte transferida de 2017 para 2018, a fim de se adequar o calendário com relação aos Jogos Olímpicos. A partir de agora, a Copa do Mundo de Sevens será sempre realizada dois anos para os Jogos Olímpicos e não deve ser confundida com a Série Mundial de Sevens (o Circuito Mundial), disputada anualmente.

 

A Copa do Mundo de Sevens de 2018 manteve o mesmo formato de 2013, sendo nada mais que um torneio de sevens convencional em tamanho maior. As datas ainda não foram reveladas, mas o torneio terá quatro dias de duração, e os ingressos serão colocados à venda apenas no ano que vem. O torneio masculino e o torneio feminino deverão correr em paralelo, com o masculino tendo 24 times e o feminino 16 – o mesmo número de 2013.

 

Junto do logo e do site foi revelado o sistema de classificação. Para o Brasil, as chances são muito boas tanto no masculino como no feminino. Até hoje, o Brasil participou apenas do torneio feminino da Copa do Mundo, jogando as edições de 2009 (quando foi 10º colocado) e 2013. O masculino jamais jogou o torneio.

 

Entre os homens, 9 seleções já estão garantidas, com os 8 primeiros colocados de 2013 e o país-sede tendo vagas asseguradas. Além deles, garantirão vagas quatro melhores (entre as demais seleções) da Série Mundial de Sevens 2016-17 e mais 9 equipes dos campeonatos continentais de 2017-18 (com limite de abril de 2018 para as definições), sendo 2 vagas para a América do Sul, com torneio qualificatório ainda a ser definido.

 

Entre as mulheres, 4 seleções, as 4 melhores de 2013, também estão garantidas já, sendo elas Nova Zelândia, Canadá, Espanha e Estados Unidos. Além delas, garantirão vagas quatro melhores (entre as demais seleções) da Série Mundial de Sevens Feminina 2016-17 e mais 8 equipes dos campeonatos continentais de 2017-18 (com limite de abril de 2018 para as definições), sendo 1 vaga para a América do Sul.

 

Qual a situação do Brasil, então? No masculino, assumindo que a Argentina conquiste a vaga via Série Mundial, a briga, mais uma vez, deverá ser entre Brasil, Uruguai e Chile por duas vagas. Já no feminino o Brasil tentará sua vaga já via Série Mundial, mas a situação é difícil e caso a vaga não venha pelo circuito poderá vir pelo Sul-Americano.

 

Copa do Mundo de Sevens de 2018

Vagas

Torneio Masculino

Já classificados: Nova Zelândia, Inglaterra, Fiji, África do Sul, Gales, Austrália, França, Quênia e Estados Unidos;

Série Mundial de Sevens 2016-17: 4 vagas (entre Argentina, Samoa, Escócia, Canadá, Rússia e Japão);

América do Sul (2017-18): 2 vagas

América do Norte (2017-18): 1 vaga

Europa (2017-18): 2 vagas

Oceania (2017-18): 2 vagas

África (2017-18): 2 vagas

Ásia (2017-18): 2 vagas

 

Torneio Feminino

Já classificados: Nova Zelândia, Canadá, Espanha e Estados Unidos

Série Mundial de Sevens Feminina 2016-17: 4 vagas (entre Austrália, Inglaterra, França, Rússia, Fiji, Brasil e Irlanda)

América do Sul (2017-18): 1 vaga

América do Norte (2017-18): 1 vaga

Europa (2017-18): 2 vagas

Oceania (2017-18): 1 vaga

África (2017-18): 1 vaga

Ásia (2017-18): 2 vagas

 

Histórico da Copa do Mundo de Sevens

Ano Sede Campeão Vice campeão 3º colocado 4º colocado
Masculino
1993 Edimburgo (Escócia) Inglaterra Austrália Fiji Irlanda
1997 Hong Kong (Hong Kong) Fiji África do Sul Nova Zelândia Samoa
2001 Mar del Plata (Argentina) Nova Zelândia Austrália Argentina Fiji
2005 Hong Kong (Hong Kong, China) Fiji Nova Zelândia Austrália Inglaterra
2009 Dubai (Emirados Árabes Unidos) Gales Argentina Quênia Samoa
2013 Moscou (Rússia) Nova Zelândia Inglaterra Fiji Quênia
2018 São Francisco (Estados Unidos)
Feminino
2009 Dubai (Emirados Árabes Unidos) Austrália Nova Zelândia Estados Unidos África do Sul
2013 Moscou (Rússia) Nova Zelândia Canadá Estados Unidos Espanha
2018 São Francisco (Estados Unidos)
Ranking Masculino Títulos Vices 3ºs lugares 4ºs lugares
Nova Zelândia 2 1 1 0
Fiji 2 0 2 1
Inglaterra 1 1 0 1
Gales 1 0 0 0
Argentina 0 1 1 0
África do Sul 0 1 0 0
Quênia 0 0 1 1
Samoa 0 0 0 2
Irlanda 0 0 0 1
Ranking Feminino Títulos Vices 3ºs lugares 4ºs lugares
Nova Zelândia 1 1 0 0
Austrália 1 0 0 0
Canadá 0 1 0 0
Estados Unidos 0 0 2 0
África do Sul 0 0 0 1
Espanha 0 0 0 1

 

Comentários