ARTIGO COM VÍDEOS – Em Hamilton, província de Ontário, o Canadá recebeu os Estados Unidos nesse sábado na primeira da melhor de duas partidas entre os dois vizinhos valendo a classificação à Copa do Mundo de 2019 para o vencedor. Já quem sair derrotado enfrentará uma melhor de dois jogos contra o Uruguai valendo a segunda vaga das Américas no Mundial.

Os EUA tinham a vantagem recente, tendo vencido todos os jogos contra os canadenses desde 2015 e conseguiram um resultado positivo na casa do oponente: um empate em 28 x 28 diante de 13 mil torcedores canadenses.

Os dono da casa foram melhores no começo, com o primeiro try saindo aos 6′, em arrancada do astro DTH van der Merwe, após bela troca de passes. As Águias reagiram prontamente com try de Nick Civetta, mas Van der Merwe correu para seu segundo try aos 17′, roubando bola no ruck brilhantemente. Mas, os visitantes viraram antes do intervalo com tries de Civetta novamente e Te’o.

O segundo tempo começo ótimo para os estadunidenes, com outro try de Te’o, interceptando passe. Mas, o Canadá conseguiu a reação com os EUA pagando pela indisciplina, tendo dois atletas recebendo cartão amarelo. Com espaços, o Canadá pressionou, teve um try invalidado, mas conseguiu o try de empate nos minutos finais com Aaron Carpenter. O Canadá ainda teve a chance do penal da vitória no lance final, mas Shane O’Leary jogou para fora a chance.

- Continua depois da publicidade -

No próximo sábado, os dois países se enfrentarão na Califórnia, em San Diego.

 

28versus copiar28

Canadá 28 x 28 Estados Unidos, em Hamilton

Árbitro: Ben Whitehouse (Gales)

Canadá

Tries: Van der Merwe (2) e Carpenter

Conversões: O’Leary (2)

Penais: O’Leary (3)

15 Ciaran Hearn, 14 Andrew Coe, 13 DTH van der Merwe (cc), 12 Connor Braid, 11 Taylor Paris, 10 Shane O’Leary, 9 Phil Mack, 8 Tyler Ardron, 7 Matt Heaton, 6 Admir Cejvanovic, 5 Evan Olmstead, 4 Brett Beukeboom (cc), 3 Jake Ilnicki, 2 Ray Barkwill, 1 Djustice Sears-Duru;

Suplentes: 16 Benoit Piffero, 17 Anthony Luca, 18 Matt Tierney, 19 Kyle Baillie, 20 Aaron Carpenter, 21 Gordon McRorie, 22 Nick Blevins, 23 Dan Moor;

Estados Unidos

Tries: Civetta (2) e Te’o (2)

Conversões: MacGinty (4)

15 Ben Cima, 14 Mike Te’o, 13 Bryce Campbell, 12 Marcel Brache, 11 Matai Leuta, 10 AJ MacGinty, 9 Nate Augspurger, 8 Cam Dolan, 7 John Quill, 6 Todd Clever (c), 5 Nick Civetta, 4 Ben Landry, 3 Paddy Ryan, 2 James Hilterbrand, 1 Tony Purpura;

Suplentes: 16 Peter Malcolm, 17 Ben Tarr, 18 Dino Waldren, 19 Matthew Jensen, 20 David Tameilau, 21 Andrew Durutalo, 22 Shaun Davies, 23 Will Magie;

Pontapé inicial para a Copa da África 2017

Também foi dada a largada para a Copa da África de 2017 nesse sábado, com 4 das 6 participantes entrando em campo e pensando em 2018, quando a competição valerá classificação à Copa do Mundo de 2019.

Em Dakar, o novato Senegal recebeu o Zimbábue e manteve um jogo parelho contra os Sables até o fim, mas os zimbabuanos emergiram vitoriosos por 28 x 16.

Já em Nairóbi, o Quênia, considerado o time mais forte após a Namíbia, recebeu sua vizinha e rival Uganda. E foi um jogaço de 33 x 33 e muitas viradas no placar, que deu aos quenianos a Elgon Cup, a taça entre os dois países.

Namíbia e Tunísia folgaram na primeira rodada e se enfrentarão no próximo sábado. A África do Sul não participa da competição.
16versus copiar28Zimbábue copy

Senegal 16 x 28 Zimbábue, em Dakar

 

33versus copiar33

Quênia 33 x 33 Uganda, em Nairóbi

EquipeJPts
Namíbia525
Quênia518
Uganda516
Tunísia58
Zimbábue57
Senegal52

 

Noruega vence terceira divisão europeia feminina de sevens

Kosice, na Eslováquia, recebeu as disputas da terceira divisão europeia feminina de sevens neste fim de semana, a Rugby Europe Women’s Sevens Conference. Noruega e Áustria levaram a melhor e garantiram promoção à segunda divisão de 2018.

 

Grupo A: 1 Croácia, 2 Noruega, 3 Bulgária, 4 Lituânia;

Grupo B: 1 Dinamarca, 2 Geórgia, 3 Áustria, 4 Bósnia-Herzegóvina

Grupo C: 1 Eslováquia, 2 Andorra, 3 Eslovênia, 4 Luxemburgo;

 

Quartas de final

Áustria 22 x 00 Croácia

Geórgia 17 x 00 Andorra

Dinamarca 22 x 07 Bulgária

Noruega 24 x 00 Eslováquia

 

Semifinais

Eslovênia 22 x 00 Bósnia-Herzegóvina – Challenge Trophy

Luxemburgo 19 x 00 Lituânia – Challenge Trophy

Croácia 22 x 07 Andorra – 5º lugar

Bulgária 15 x 05 Eslováquia – 5º lugar

Áustria 10 x 05 Geórgia – 1º lugar

Dinamarca 00 x 33 Noruega – 1º lugar

 

Finais

Lituânia 12 x 00 Bósnia-Herzegóvina – 11º lugar

Luxemburgo 35 x 12 Eslovênia – Final do Challenge Trophy

Andorra 10 x 05 Eslováquia – 7º lugar

Croácia 15 x 00 Bulgária – 5º lugar

Geórgia 07 x 05 Dinamarca – Bronze

Noruega 21 x 05 Áustria – Ouro

 

Foto: Rugby Canada