Challenge Cup conhece seus classificados às quartas de final

ARTIGO COM VÍDEOS – A Challenge Cup, a segunda copa europeia, conheceu hoje seus classificados às quartas de final, com o término de sua fase de grupos. Gloucester, Harlequins, Sale Sharks e London Irish, da Inglaterra, Grenoble e Montpellier, da França, Dragons, de Gales, e Connacht, da Irlanda, seguem na busca pelo caneco.

 

Como na Challenge Cup apenas os campeões de cada grupo e os três melhores segundos colocados avançam às quartas de final, Newcastle e Zebre lamentaram suas eliminações, apesar de serem os vices de suas chaves.

 

Montpellier e Sale Sharks brilham na última rodada

A rodada decisiva da Challenge Cup premiou Montpellier e Sale Sharks nos Grupos 3 e 2. Já classificado ao mata-mata, o Harlequins duelou com o Montpellier no Grupo 3, em jogo que valia a classificação aos franceses. O resultado foi um passeio francês no Languedoc, com o Montpellier atropelando os Quins, que foram a campo poupando muitos atletas importantes. 42 x 9 para os azuis, que festejaram a classificação no dia do retorno de Trinh-Duc à camisa 10 da equipe. Jesse Mogg, Liebenberg, Nic White, Yvan Reihac e Charles Geli fizeram os tries da vitória do Montpellier.

 

O resultado decepcionou o Cardiff Blues, que torcia por uma derrota do Montpellier. Os galeses fizeram 72 x 6 sobre os italianos do Calvisano, mas ficaram a ver navios.

 

No Grupo 2, o Sale Sharks precisava vencer para avançar, enquanto o Dragons, já classificado, jogava pelo mando de jogo na quartas de final. No fim, um grande jogo foi visto na Grande Manchester e a vitória foi dos Sharks, que garantiram o primeiro lugar do grupo. 38 x 5 para os ingleses, com Mujati, Beaumont, Edwards e Haley cruzando o in-goal.

 

 

Brive e Zebre falham em suas missões

No Grupo 1, decepção para os franceses do Brive, que começaram a rodada em primeiro lugar e terminaram o dia eliminados em terceiro lugar. O algoz do Brive foi o Newcastle Falcons, que jogava em casa e precisava de qualquer jeito do triunfo para sonhar em avançar. A vitória foi dos Falcons, 27 x 23, depois de abrirem 22 x 3 antes do intervalo e resistirem à reação francesa. Mas, no fim, ambos saíram eliminados do competição, com Newcastle acabando como o segundo pior segundo colocado. Hammersley havia feito o try da vitória e do ponto bônus inglês aos 74′, mas de nada valeu.

 

A classificação no Grupo 1 ficou com os irlandeses do Connacht, que aproveitaram a derrota do Brive e venceram os russos do Enisei por 47 x 5, com oito tries em casa.

 

Já no Grupo 4, os italianos do Zebre precisavam vencer os ingleses do Gloucester, que já tinham a classificação, mas mesmo jogando em casa as Zebras não completaram a missão. 14 x 11 foi o placar para o Gloucester, em final emocionante, Aos 72′, o sul-africano naturalizado italiano Dries van Schalkwyk cruzou o in-goal para os Zebre, empatando a partida, mas Haimona jogou fora a conversão da virada. E, aos 75′, os ingleses sepultaram os italianos com um penal decisivo de Billy Burns.

 

Grenoble e London Irish sobrevivem ao dia final

Maior emoção foi vista no Grupo 5, com Grenoble e London Irish garantindo suas classificações e eliminando os escoceses do Edinburgh. No jogo principal da noite, o Grenoble recebeu o Edinburgh e conquistou uma grande vitória de virada. Os visitantes largaram na frente com try de Hardie logo no começo, mas os franceses viraram aos 30′ com Heguy cruzando o in-goal. Antes do intervalo, Will Helu crazou o segundo try do Edinburgh, que foi ao intervalo em vantagem. Porém, o segundo tempo foi do Grenoble, que cresceu nos minutos finais e viu o sul-africano Gio Aplon acelerar para os dois tries da vitória alpina, 34 x 23, mandando os escoceses para casa.

 

Jogando ao mesmo tempo, o London Irish sabia que uma vitória bonificada somada a uma derrota sem bônus do Edinburgh lhe daria a classificação entre os melhores segundos colocados. E foi o que ocorreu. Os Exiles aplicaram 31 x 17 no já eliminado Agen e festejou sua vaga no apito final dos dois jogos. Fergus Mulchrone, aos 77′, fez o precioso quarto try, que deu o bônus ao London Irish, sem o qual a classificação não aconteceria.

 

Rovigo na briga por um lugar na próxima Challenge Cup

Por fim, pela terceira copa europeia, o chamado Torneio Qualificatório, os italianos do Rovigo fizeram sua parte e garantiram classificação às finais com uma vitória acachapante fora de casa sobre o Royal Kituro, campeão belga. 62 x 0, que garantiram os vênetos na fase final junto do Timisoara Saracens, da Romênia, do Krasny Yar, da Rússia, e do Calvisano, da Itália. Os confrontos ainda serão oficializados, mas os dois vencedores da fase final garantirão lugar na Challenge Cup 2016-17.

 

Krasny Yar e Calvisano já tinham vaga assegurada na fase final como campeão russo e campeão italiano, respectivamente.

 

challenge cup eprc copy copy

Rugby Challenge Cup 2015-16 – Copa Desafio Europeu

Grupo 1

Connacht 47 x 05 Enisei, em Galway

Newcastle Falcons 27 x 23 Brive, em Newcastle

 

Grupo 2

Sale Sharks 38 x 05 Dragons, em Salford

Castres 24 x 07 Pau, em Castres

 

Grupo 3

Cardiff Blues 74 x 06 Calvisano, em Cardiff

Montpellier 42 x 09 Harlequins, em Montpellier

 

Grupo 4

La Rochelle 35 x 11 Worcester Warriors, em La Rochelle

Zebre 11 x 14 Gloucester, em Parma

 

Grupo 5

Agen 17 x 31 London Irish, em Agen

Grenoble 34 x 23 Edinburgh, em Grenoble

 

ClubePaisJogosPontos
Grupo 1
ConnachtIrlanda619
Newcastle FalconsInglaterra616
BriveFrança616
EniseiRússia608
Grupo 2
Sale SharksInglaterra623
DragonsGales620
CastresFrança615
PauFrança600
Grupo 3
HarlequinsInglaterra625
MontpellierFrança620
Cardiff BluesGales617
CalvisanoItália600
Grupo 4
GloucesterInglaterra625
ZebreItália613
La RochelleFrança610
Worcester WarriorsInglaterra605
Grupo 5
GrenobleFrança622
London IrishInglaterra617
EdinburghEscócia617
AgenFrança602

 

Quartas de final (de 07 a 10 de abril)

Harlequins x London Irish

Gloucester x Dragons

Sale Sharks x Montpellier

Grenoble x Connacht

 

epcr

Torneio Qualificatório Europeu

Kituro 00 x 62 Rovigo, em Schaerbeek

 

ClubePaísJogosPontos
Grupo 1
RovigoItália415
HeidelbergerAlemanha415
Fiamme OroItália412
VRACEspanha409
Grupo 2
Timisoara SaracensRomênia419
DireitoPortugal406
MoglianoItália402
KituroBélgica400

 

Fase final

Timisoara Saracens, Rovigo, Calvisano e Krasny Yar

Comentários