ARTIGO COM VÍDEOS – ATUALIZADO – Temos classificados! A Challenge Cup, a segunda copa europeia, conheceu neste sábado seus confrontos de quartas de final. A competição havia chegado à última rodada da fase de grupos já com 6 times garantidos: Pau (França), Edinburgh (Escócia), Connacht (Irlanda), Newcastle Falcons (Inglaterra), Gloucester (Inglaterra) e Cardiff Blues (Gales). E ontem Brive (França) e Stade Français (França) carimbaram suas vagas.

O Brive se garantiu com uma grande vitória sobre o Worcester Warriors em embate direto pela classificação. Com 2 tries do fijiano Koyamaibole, os franceses abriram 14 x 00 na primeira etapa e selaram a vitória com mais 3 tries de fijianos no segundo tempo, Masilevu, Waqaniborutu e Burotu. Fiji (ou melhor, Brive) classificado.

Quem estava mais próximo da classificação era o Bordeaux, que precisava apenas vencer fora de Gales o Dragons para avançar. Mas os galeses ainda sonhavam com a vaga e frustraram os franceses vencendo por 33 x 17. Desempenho impecável do time de Newport, com 5 tries.

Os Dragons ficaram aguardando o jogo entre Stade Français e Edinburgh, torcendo pelos escoceses. Mas, o Edinburgh já estava garantido e o Stade Français jogava pela vida – e acabou falando mais alto, aproveitando a queda do Bordeaux para conseguir a classificação e eliminar os galeses. Vitória suada por 17 x 10, com Alo Emile e Danty fazendo 2 tries em menos de 10 minutos, antes que os escoceses equilibrassem as ações. O try da vitória veio aos 60′, com o capitão Sergio Parisse.

Os times que já estavam classificados ainda jogavam para confirmarem o mando de jogos nas quartas de final, que é direito dos 4 melhores da fase de grupos.

Na sexta-feira, Pau e Gloucester fizeram duelo direto pelo mando e o Pau falou mais alto, vencendo fora de casa por 34 x 24. Steffon Armitage, Frank Halai, Adriaanse e Ramsay fizeram os tries da vitória francesa.

Newcastle Falcons e Connacht tinham tarefas mais simples e confirmaram o mando. Os Falcons passaram por 33 x 19 sobre o aguerrido Enisei, da Rússia, ao passo que o Connacht atropelou o eliminado Oyonnax por 50 x 14.

O Cardiff Blues já estava garantido, mas foi o pior primeiro colocado, perdendo o mando de jogo das quartas. Os galeses fizeram sua parte, vencendo o Lyon fora de casa por 21 x 19, mas não foi suficiente. No mesmo grupo, o Toulouse se despediu com vitória sobre o Sale Sharks, que ainda sonhava em ir às quartas, 28 x 21.


Quem também se despediu com vitória, foi o London Irish, que também sonhava em avançar. 24 x 17 sobre o Krasny Yar. E em duelo de eliminados, os italianos do Zebre se despediram derrotando o Agen por 38 x 30.

 

- Continua depois da publicidade -

Tragédia italiana no Continental Shield – Por Giorgio Vuerich

Desde a introdução das duas equipes italianas no PRO14, os clubes do Eccellenza italiano (o campeonato nacional) vem sofrendo. E mais uma vez nenhum deles jogará a Challenge Cup na próxima temporada. Isso porque as semifinais do Continental Shield, a terceira copa europeia, não terão nenhum italiano.

Jogando em casa, o Calvisano, campeão italiano em 2017, sucumbiu diante do Heidelberg, campeão alemão. A vitória já havia sido alemã na ida, por 5 pontos, mas o favoritismo era do Calvisano jogando na Itália. E isso não se comprovou, com o Heidelberg atingindo o grande feito de sua história fazendo 17 x 13 sobre os donos da casa. O jogo foi firmemente nas mãos do Heidelberg que aproveitou muito dos erros da equipe campeã da Itália, e somente no último quarto de hora os italianos conseguiram aparecer nos 22 oponentes, com o placar 6×17 pelos alemães, mas sem marcar nenhum ponto. Aos 74´, o Calvisano marcou um try, atacou muito, mas não conseguiu fazer a virada.

O Heidelberg enfrentará na semifinal o Timisoara Saracens, da Romênia, que confirmou seu melhor momento despachando o Batumi, da Geórgia, por 21 x 12.

Na outra semifinal se enfrentarão os dois clubes russos que disputaram a Challenge Cup neste ano, Krasny Yar e Enisei. Os vencedores das semifinais ganharão 2 vagas na Challçenge Cup 2018-19, com a garantia de que 1 das equipes que jogou 2017-18 permanecerá, enquanto 1 equipe nova aparecerá.

 

challenge cup eprc copy copy

EPCR Challenge Cup – 2ª copa europeia

Gloucester 24 x 34 Pau

Enisei 19 x 33 Newcastle Falcons

Krasny Yar 17 x 24 London Irish

Zebre 38 x 30 Agen

Brive 33 x 07 Worcester Warriors

Connacht 50 x 14 Oyonnax

Dragons 33 x 17 Bordeaux

Lyon 18 x 21 Cardiff Blues

Toulouse 28 x 21 Sale Sharks

Stade Français 17 x 10 Edinburgh

ClubePaisCidadeJogosPontos
Grupo 1
Newcastle FalconsInglaterraNewcastle628
DragonsGalesNewport616
BordeauxFrançaBordeaux616
EniseiRússiaKrasnoyarsk61
Grupo 2
Cardiff BluesGalesCardiff621
ToulouseFrançaToulouse614
Sale SharksInglaterraSalford (Manchester)612
LyonFrançaLyon611
Grupo 3
PauFrançaPau629
GloucesterInglaterraGloucester621
ZebreItáliaParma68
AgenFrançaAgen66
Grupo 4
EdinburghEscóciaEdimburgo625
Stade FrançaisFrançaParis617
London IrishInglaterraReading616
Krasny YarRússiaKrasnoyarsk66
Grupo 5
ConnachtIrlandaGalway626
BriveFrançaBrive617
Worcester WarriorsInglaterraWorcester615
OyonnaxFrançaOyonnax64
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- O 1º colocado de cada grupo e os 3 melhores 2ºs colocados se classificam às quartas de final.

 

Quartas de final – entre 29 de março e 1º de abril (jogos únicos)

Pau x Stade Français, em Pau

Edinburgh x Cardiff Blues, em Edimburgo

Connacht x Gloucester, em Galway

Newcastle Falcons x Brive, em Newcastle

 

EPCR Continental Shield – 3ª copa europeia

Repescagem para as Semifinais – jogos de volta

Timisoara Saracens (Romênia) 21 x 12 Batumi (Geórgia), em Timisoara – agregado: 32 x 18

Calvisano (Itália) 13 x 17 Heidelberger RK (Alemanha), em Calvisano – agregado: 42 x 51

 

Semifinais  (ida e volta) – dias 31/03-01/04 e 14-20-21/04

Enisei (Rússia) x Krasny Yar (Rússia)

Heidelberger RK (Alemanha) x Timisoara Saracens (Romênia)

 

Foto: Brive x Worcester – EPCR