Clermont atropela Castres e se mantém na ponta do Top 14

O Top 14 não parou mesmo no fim de semana da final da Copa do Mundo. O líder Clermont (1º) não decepcionou e atropelou em casa o Castres (10º), os amarelos são seguido de perto pelo Racing (2º) que precisou de muita força para vencer o Brive (7º) em Paris. O Toulouse (3º) fez uma exibição de gala fora de casa contra o Montpellier (4º) e começa a sonhar com o título. Bordeaux (5º) e Grenoble (6º) continuam e evoluir batendo em casa La Rochelle (9º) e Toulon (8º) respectivamente. Na parte de baixo da tabela o Stade Français (12º) continua a decepcionar perdendo desta vez longe de Paris para o Agen (14º) enquanto o Oyonnax (11º) se recuperou, em casa, diante do Section Paloise (13º).

 

Toulouse gigante

Os occitanos bateram fora de casa os concorrentes ao título do Montpellier, por 33 a 25, em uma exibição de gala, um rugby ofensivo e elegante, que lembrou os melhores momentos do maior campeão francês, que entrou no in-goal três vezes, com o abertura Toby Flood, o segundo centro Gael Fickou e o ponta Paul Perez. O Montpellier lutou muito, mas sucumbiu diante de uma equipe inspirada, pondo a bola no chão também três vezes, com o scrum-half Nicolas White e o asa Akapusi Qera (duas vezes). O resultado é um baque para o Montpellier, que agora fica mais distante dos líderes, o time tem um compromisso muito duro na próxima rodada, quando viaja para enfrentar o Toulon. O Toulouse finalmente empolga sua torcida e volta para casa enfrentar o Grenoble.

 

Clermont mais líder que nunca

O time amarelo conheceu a primeira derrota rodada passada, nas mãos do Montpellier, mas retornou com estilo ao caminho das vitórias, atropelando, em casa, o limitado, mas tradicional, Castres por 42 a 13. O jogo teve só uma equipe com o Clermont dominando em todas as áreas do jogo, entrando no in-goal cinco vezes, com o centro Albert Vulivuli, o fullback Nick Abendanon, o hooker Benjamin Kayser, o abertura Camille Lopez e o ponta David Strettle. O Clermont agora se dirige para a cidade luz, onde enfrenta um desesperado Stade Français, enquanto o Castres continua sua luta em casa contra o Racing.

 

Grenoble faz valer o fator casa

Grenoble e Toulon fizeram o jogo mais emocionante da rodada, que terminou melhor para os alpinos, 33 a 29, que mais uma vez mostraram que são muito fortes em casa. A partida teve sete tries, com os donos da casa contribuindo com três, com fullback Gio Aplon, o asa Steven Setephano e um penal try. O Toulon colocou a bola no chão quatro vezes com o asa Mamuka Gorgodze e o oitavo Steffon Armitage (três vezes), mas perdeu a partida na indisciplina. O Grenoble agora viaja para enfrentar o Toulouse enquanto o Toulon, com muita de suas estrelas de volta da Copa do Mundo recebe o Montpellier.

 

Racing sofre, mas vence

O surpreendente Brive viajou até a cidade luz e quase estragou a festa do vice-líder Racing, mas sucumbiu diante de sua própria indisciplina, cedendo uma derrota nos minutos finais por 17 a 14. O Brive entrou no in-goal uma vez, com o centro Sevanaia Galala, dominando a maior parte do primeiro tempo, mas dois amarelos na segunda etapa permitiram que os parisienses dominassem os últimos vinte minutos pondo a bola no chão duas vezes, com o pilar Eddy Ben Arous e o ponta Marc Andreu.

 

O Racing sai de campo com a vitória, mas um resultado que poderia ser melhor, a equipe agora viaja para enfrentar o cambaleante Castres. O Brive sai da capital com um bom ponto defensivo voltando para casa enfrentar o Bordeaux.

 

Oyonnax se recupera com festival de tries

Depois de ser humilhado pelo Toulon rodada passada o Oyonnax voltou para casa disposto a se redimir e quem pagou foi o Pau, atropelado por 42 a 23. Os donos da casa entraram no in-goal 5 vezes, com o scrum-half Piri Weepu, o fullback Florian Denos, os pontas Daniel Ikpefan e Alaska Taufa e o hooker reserva Jeremie Maurouard. Os visitantes, em meio à chuva de tries também anotaram o seu, com o abertura Brandon Fajardo e o ponta Mosese Ratuvou. O Oyonnax viaja para enfrentar o La Rochelle enquanto o Section Paloise volta para casa medir forças contra o Agen.

 

Bordeaux continua domínio em casa

O Union recebeu o La Rochelle e mais uma vez fez valer o fator casa, vencendo por 21 a 16. Apesar do resultado positivo o time não conseguiu repetir a atuação vistosa da semana passada, quando venceu o Tolouse, se valendo, dessa vez de uma abordagem mais pragmática, se aproveitando da indisciplina dos atlânticos, que foram os únicos a por a bola no chão, com o fullback Kini Murimurivalu. O Bordeaux agora viaja para enfrentar o Brive enquanto o La Rochelle recebe o Oyonnax.

 

Agen afunda Stade Français

Os atuais campeões franceses ainda não conseguiram iniciar sua temporada e dessa vez foram derrotados no interior pelo ultimo colocado o Agen, por 28 a 23. Apesar de não tirar o time da 14º posição o resultado dá muita confiança para o time recém-promovido a primeira divisão, marcando três tries contra os campeões, com o fullback Mathieu Lamoulie, o asa Antoine Erbani e o segundo centro Johann Sadie. Os parisienses entraram no in-goal duas vezes, com o segundo centro Paul Williams e depois um penal try, conquistando um ponto bônus defensivo que manteve o time fora da zona de rebaixamento.

 

O Agen viaja para enfrentar o Section Paloise, no duelo entre os dois promovidos desse ano. O SF tem de volta para a próxima rodada os jogadores que estavam na Copa do Mundo e existe a expectativa que isso melhore o desempenho do time, que volta para casa enfrentar o líder Clermont.

 

Bayonne derrota Perpignan na segundona e Biarritz vence finalmente

Na Pro D2, os destaques ficaram por conta dos bascos. O Bayonne encarou o Perpignan em um dos clássicos da segunda divisão e venceu por 17 x 14, entrando de vez na briga pela liderança, enquanto seu rival, o tradicional Biarritz, finalmente venceu pela primeira vez na temporada: 21 x 15 sobre o Béziers. O Biarritz não largou a lanterna, mas pelo menos começou uma reação.

 

Destaque também para o duelo de líder e vice-líder, com o Aurillac vencendo o Lyon por 23 x 21, o que, no entanto, não custou a liderança para os Lobos.

 

Escrito por: Diego Gutierrez

 

Top 14 logo novo

Top 14 2015-16 – Campeonato Francês

Oyonnax 42 x 23 Pau

Agen 28 x 23 Stade Français

Bordeaux 21 x 16 La Rochelle

Racing 17 x 14 Brive

Montpellier 25 x 33 Toulouse

Clermont 42 x 13 Castres

Grenoble 33 x 29 Toulon

 

ClubeCidadeJogosPontos
ClermontClermont-Ferrand2688
ToulonToulon2682
MontpellierMontpellier2681
RacingParis2681
ToulouseToulouse2679
CastresCastres2671
Union Bordeaux-BèglesBordeaux2667
BriveBrive2662
La RochelleLa Rochelle2654
GrenobleGrenoble2647
PauPau2646
Stade FrançaisParis2641
AgenAgen2626
OyonnaxOyonnax2624

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

prod2

Pro D2 2015-16 – 2ª divisão do Campeonato Francês

Bayonne 17 x 14 Perpignan

Biarritz 21 x 15 Béziers

Provence 17 x 16 Carcassonne

Bourgoin 29 x 12 Colomiers

Dax 21 x 16 Narbonne

Mont de Marsan 27 x 9 Albi

Montauban 35 x 24 Tarbes

Aurillac 23 x 21 Lyon

 

ClubeCidadeJogosPontos
LyonLyon30117
BayonneBayonne3086
AurillacAurillac3081
Mont-de-MarsanMont-de-Marsan3078
ColomiersColomiers3078
BéziersBéziers3077
PerpignanPerpignan3073
BiarritzBiarritz3064
Bourgoin*Bourgoin-Jallieu3062
AlbiAlbi3062
NarbonneNarbonne3060
MontaubanMontauban3058
Tarbes*Tarbes3053
CarcassonneCarcassonne3049
DaxDax3048
ProvenceAix-en-Provence3046
*Tarbes e Bourgoin penalizados com rebaixamento por problemas financeiros

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– 1º lugar: promoção ao Top 14
– 2º ao 5º lugares: mata-mata de promoção ao Top 14
– 15º e 16º lugares: rebaixamento


Comentários