Clermont atropela Racing no Top 14 francês

ARTIGO COM VÍDEOS – O Top 14 continua superando as expectativas e teve uma rodada digna de Super Rugby com todos os jogos superando os 45 pontos no placar. A surpresa da competição o La Rochelle (1º) continua imparável, atropelando em casa o Lyon (11º) contando  com o tropeço nos Alpes do não menos surpreendente   Brive (6º) diante do Grenoble (14º) para assumir a liderança isolada da competição, entre as duas equipes agora estão os milionários da rugby francês que fizeram sua parte  com Clermont (2º) e Montpellier (5º) batendo sem dificuldades em casa Racing (8º) e Pau (12º), enquanto o Stade Français (3º) precisou suar muito para bater o Castres (10º) em Paris, ao passo que o Toulon (4º)  viajou para atropelar o Toulouse (9º), que teve seu pior jogo da temporada. Por fim o Bordeaux (7º) não teve dificuldades para bater o Bayonne (13º) no clássico do sudoeste.

 

La Rochelle a sensação do campeonato

Ainda invicto o pequeno La Rochelle assumiu nessa rodada a liderança isolada da competição, deixando para trás os milionários do rugby francês, ao atropelar em casa o Lyon por 43 a 18. O jogo foi dominado em todos os setores pelos atlânticos, que foram os únicos a entrar no in-goal com o segundo centro Paul Jordan, o fullback   Kini Murimurivalu (duas vezes) e o ponta Gabriel Lacroix.

 

O La Rochelle continua a empolgar a torcida deixando a costa atlântica ainda invicto e com um ponto bônus na bagagem  o time agora viaja para enfrentar o Brive, que também vem surpreendendo. O Lyon segue a luta contra o rebaixamento recebendo o Toulouse.

 

Montpellier consolida boa fase

Depois da excelente vitória em Bordeaux o Montpellier voltou para casa e não deu chances o Pau, vencendo por 43 a 13, destaque para o scrum fixo do time azul e branco, que anotou dois penal-tries, acompanhados pelo scrum-half  Benoît Paillaugue, o centro Vincent Martin e o super ponta  Nemani Nadolo. A Section respondeu com o ponta Mosese Ratuvou e o hooker reserva Mehdi Boundjema.  O Montpellier segue empolgado e viaja para enfrentar o Bayonne enquanto a Section volta para casa medir forças com o Stade Français.

 

Toulouse levanta Toulon

O milionário Toulon viajou a Occitana em má fase precisando de um resultado positivo, e se beneficiou de uma atuação decepcionante do Toulouse, que jogou muito mal, sendo derrotado por 15 a 32.  O fato mais positivo do jogo foi a defesa dos visitantes quase perfeita que manteve os donos da casa longe do in-goal, enquanto o ataque se aproveitou das múltiplas falhas dos maiores campeões franceses para entra no in-goal três vezes com o hooker Guilhem Guirado, o ponta Axel Müller e o oitavo Charles Ollivon para conquistar um importante ponto bônus ofensivo.

 

A derrota quebra a crescente do Toulouse que agora tem a chance de se redimir, fora de casa, diante do frágil Lyon. O Toulon mostra que nunca pode ser subestimado e continua na estrada para enfrentar o Racing.

 

Clermont não decepciona em casa

Depois de três jogos na estrada o time amarelo foi o último a estreiar em casa, e a espera valeu a pena, com o time atropelando o campeão europeu Racing, no jogo mais aguardado da rodada, por 43 a 18. Os donos da casa não tomaram conhecimento da poderosa máquina parisiense, dominando todos os setores do jogo e entrando no in-goal cinco vezes com o ponta Noa Nakaitaci, o abertura Camiller Lopez e o pilar Davit Zirakashvili. O try de honra dos visitantes foi marcado pelo ponta Sean Robinson. O Racing não contou com Dan Carter na partida, mas teve vários de seus nomes importantes na viagem ao témivel Marcel-Michelin.

 

O Clermont continua em casa e recebe o Bordeaux enquanto o Racing lida com a humilhante derrota recebendo o Toulon.

 

Grenoble vence com o coração

Em uma partida de extremos e muita violência o Grenoble conquistou sua primeira vitória, em casa, sobre o até então invicto Brive. A partida teve como grande evento uma briga generalizada iniciada após um scrum no final da primeira etapa, que terminou com dois vermelhos para os donos da casa e um para os visitantes. A partir da segunda etapa, com um a menos, surgiu a grande força do Grenoble, a vontade de seus jogadores, que conseguiram dominar uma partida que parecia perdida. Os alpinos entraram no in-goal com o pilar Sona Taumalolo, o scrum-half Charl Mcleod e o ponta Armand Batlle enquanto os visitantes anotaram com o ponta Benjamin Lapeyere e o pilar reserva Karlen Asieshvili.

 

A vitória trás um alivio apenas momentâneo para o Grenoble, que continua em ultimo e viaja para enfrentar o Castres. O Brive deixa escapar uma vitória possível, que custou a liderança da competição, e recebe o invicto La Rochelle.

 

Bordeaux leva a melhor no clássico do sudoeste

O time da terra dos vinhos, depois de derrota em casa diante o Montpellier, presentou sua torcida com uma boa vitória sobre os rivais regionais do Bayonne por 40 a 20, mas que ficou curta para um ponto bônus ofensivo. Em uma partida bem jogada o Bordeaux anotou quatro vezes, com o centro Julien Rey (duas vezes), o ponta Adam-Ashley Cooper e o abertura Ian Madigan, o Bayonne respondeu com ponta Romain Martial e o hooker reserva Gregtory Arganase.

 

O resultado é um pouco decepcionante para o Bordeaux, que deixa escapar o ponto bônus, o time viaja para enfrentar o empolgado Clermont. O resultado já era esperado por parte do Bayonne, que entra na zona de rebaixamento e tem a dura missão de bater o Montpellier em casa.

 

Stade Français vence jogo polêmico

Em um momento atípico do rugby o tema em Paris não foi a boa vitória dos donos da casa sobre o Castres por 29 a 25, mas a atuação polêmica do juiz, que dificultou muito o jogo para os parisienses com uma expulsão duvidosa e um try ainda mais polêmico para os visitantes. A arbitragem porem não desconcentrou o time da cidade luz que, despois da boa atuação contra o Clermont, fez mais um excelente jogo, apesar do placar apertado, entrando no in-goal com o abertura Jules Plisson e o segundo centro Geoffrey Doumayrou, contra apenas um do time azul ponta David Smith.

 

O Stade Français mostra a cada rodada que a temporada passada ficou para trás, e que nesse campeonato tem todas as condições de brigar por uma vaga nas finais, o time deixa Paris e viaja para enfrentar o Section Paloise. O Castres deixa a capital francesa dom um bom ponto bônus defensivo e recebe o fraco Grenoble.

 

Grandes seguem mal na Pro D2 francês

A segunda divisão francesa alcançou nesse fim de semana sua terceira rodada, com Peprignan e Biarritz perdendo e olhando a tabela de classificação da parte de baixo. A liderança isolada está nas mãos do Aurillac, que derrotou o Montauban e chegou a 10 pontos.

 

Top 14 logo novo

Top 14 – Campeonato Francês 2016-17

Stade Français 29 x 25 Castres

Montpellier 41 x 13 Pau

La Rochelle 43 x 18 Lyon

Bordeaux 40 x 20 Bayonne

Clermont 47 x 10 Racing

Grenoble 36 x 23 Brive

Toulouse 15 x 32 Toulon

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Clermont Clermont-Ferrand 18 58
La Rochelle La Rochelle 18 58
Montpellier Montpellier 18 50
Castres Castres 18 47
Toulon Toulon 18 46
Pau Pau 18 46
Racing Paris 18 45
Toulouse Toulouse 18 42
Bordeaux-Bègles Bordeaux 18 39
Brive Brive 18 36
Stade Français Paris 18 34
Lyon Lyon 18 33
Grenoble Grenoble 18 23
Bayonne Bayonne 18 20

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– Derrota por mais 6 pontos ou mais = 0 pontos;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

prod2

Pro D2 – 2ª Divisão do Campeonato Francês 2016-17

Oyonnax 19 x 21 Agen

Narbonne 28 x 34 Albi

Mont de Marsan 12 x 06 Bourgoin

Biarritz 20 x 21 Angoulême

Carcassonne 17 x 09 Béziers

Vannes 19 x 19 Agen

Perpignan 14 x 16 Dax

Aurillac 20 x 12 Montauban

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Oyonnax Oyonnax 21 59
Montauban Montauban 21 58
Colomiers Colomiers 21 57
Agen Agen 21 57
Mont-de-Marsan Mont-de-Marsan 21 57
Biarritz Biarritz 21 54
Carcassonne Carcassonne 21 50
Perpignan Perpignan 21 50
Aurillac Aurillac 21 50
Angoulême Soyaux-Angoulême 21 49
Narbonne Narbonne 21 47
Béziers Béziers 21 45
Dax Dax 21 42
Vannes Vannes 21 38
Albi Albi 21 36
Bourgoin Bourgoin 21 19

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;
– Derrota por mais 6 pontos ou mais = 0 pontos;
– 1º lugar: promoção ao Top 14
– 2º ao 5º lugares: mata-mata de promoção ao Top 14
– 15º e 16º lugares: rebaixamento


 

Escrito por: Diego Gutierrez

Foto: Clermont

Comentários