Clermont e Toulon se garantem nas semifinais do Top 14 francês

ARTIGO COM VÍDEOS – O Top 14, o Campeonato Francês, encerrou nesse domingo sua temporada regular e conheceu seus 6 classificados ao mata-mata final, que acontecerá em junho ao mesmo tempo que os amistosos  internacionais, tirando atletas importantes de suas seleções nacionais.

 

Os dois primeiros colocados da competição se garantiram diretamente nas semifinais, que ocorrem nos dias 17 e 18 de junho, em campo neutro, na cidade bretã de Rennes, que não será palco da Euro 2016 de futebol (que começa nesta semana com sede na França). O Clermont (1º) encerrou em alta a temporada regular vencendo La Rochelle (9º) por 57 x 8, ao passo que a outra vaga nas semifinais ficou com o poderoso Toulon (2º), que pulou para a vice liderança ao derrotar com bônus o Bordeaux (7º) por 44 x 3, em jogo que era decisivo para ambos e acabou eliminando o Bordeaux, que ainda sonhava com uma vaga no mata-mata.

 

Já ad equipes classificadas de 3º a 6º lugares se enfrentarão nesse fim de semana valendo as outras duas vagas nas semifinais, em jogos na casa das equipes de melhor campanha. O Montpellier (3º) perdeu sua classificação direta às semifinais ao cair em Paris em confronto direto contra o Racing (4º), 40 x 25. O desfecho foi o mando de jogo para os dois times, que irão receber Castres (6º) e Toulouse (5º), respectivamente. O Toulouse terminou a primeira fase com vitória sobre o já eliminado Grenoble, 53 x 14, ao passo que o Castres carimbou sua vaga vencendo o Stade Français, 35 x 14.

 

No meio da tabela ficaram Brive (8º), La Rochelle (9º), Genoble (10º), Pau (11º). O Stade Français (12º), campeão em 2015, terminou a temporada com mais uma derrota e de forma embaraçosa, ao passo que os já rebaixados Agen (13º) e Oyonnax (14º) duelaram contra a lanterna.

 

Festa, liderança e nove tries para Clermont

A despedida de sua torcida não poderia ter sido melhor para o Clermont, que diante de um estádio lotado, massacrou o La Rochelle por 57 a 8, anotando nove tries, garantindo a liderança da competição e uma vaga diretamente para as semifinais, disputadas em Rennes. O jogo teve apenas uma equipe, com os donos da casa entrando no in-goal com os pontas Nicholas Abendanon e David Strettle (três vezes), o fullback Scott Spending (duas vezes), o centro Wesley Fofana, o abertura reserva Brock James e o ponta reserva Seru Nakaitaci. O try de honra dos visitantes foi marcado pelo pilar  Lekso Kaulashvili. O Clermont agora pensa nas finais enquanto o La Rochelle termina em nono lugar e já começa a prepara o time para a próxima temporada.

Racing vence e garante jogo em casa

Na partida mais aguardada da rodada o Racing levou a melhor sobre o Montpellier, jogando em Paris, vencendo por 40 a 25. Os donos da casa, com a quarta posição, garantem o primeiro jogo das finais em casa, contra o poderoso Toulouse. Para os visitantes o resultado deixa um gosto amargo, a equipe perde a vice-liderança, terminando em terceiro lugar, para o Toulon, por apenas um ponto, e agora terá que enfrentar, em casa, o Castres pelo direito de jogar as semifinais. A partida mostrou um Racing muito superior, contra um Montpellier, ao contrário das últimas rodadas, passivo e sem inspiração em momentos chaves do jogo, com os parisienses anotando quatro tries, com os pontas Juan Inhoff (duas vezes) e Joseva Rokocoko e o segunda linha Bernard Le Roux contra três do Montpellier , que anotou com o asa Akapusi Qera, o ponta Timoci Nagusa e o pilar Nicolas Mas.

Toulon garante seu lugar direto nas semis

Poucos esperavam que o Toulon conquistasse a segunda colocação e a vaga direto para semifinais. A derrota do Montepllier porém deu esperanças para a equipe, que atropelou o Bordeaux, por 44 a 3, conquistando o ponto bônus ofensivo que classificou a equipe. O time da terra dos vinhos entrou em campo, fora de casa, com pocas chances de classificação, tudo isso porém acabou aos 21’ do primeiro tempo, com o cartão vermelho recebido pelo ponta Metuisela Talebula, por um pisão, transformando uma missão difícil em uma tarefa quase impossível. Com um jogador mais e apoiado pela torcida o Toulon deu show, entrando no in-goal  com o ponta Josua Tuisova (duas vezes), o scrum-half Jonathan Pellisie, o oitavo Steffon Armitage, o hooker reserva Jean Charles Orioli e o fullback James O’Connor. O Bordeaux perde a chance de jogar as finais, terminando em sétimo lugar, e tem de se contentar com a vaga na Champions Cup na próxima temporada.

Toulouse vence, mas não evita jogo fora de casa

O Toulouse não teve dificuldades para bater, jogando no Alpes, o Grenoble por 53 a14. A vitória dos rivais diretos, porém, impediu que a equipe ascendesse na tabela, ocupando a quinta posição viajando para Paris enfrentar o Racing no primeiro jogo das finais. Os donos da casa entram em campo visivelmente desinteressados e não apresentaram resistência aos occitanos, que anotaram com o centro Clement Poitrenaud, o oitavo Gillian Galan (duas vezes), o segundo centro Yann David, o centro reserva Jarrod Poi, o segunda linha reserva Edwin Maka, o scrum-half David Mele e o ponta reserva Thomas Ramos. O Grenoble termina a competição na nona posição,  mesmo desmotivado anotou duas vezes, com o centro Martino Nenani e o fullback Gio Aplon.

Castres carimba vaga para as finais

Precisando de apenas um ponto para se classificar, o Castres fez a lição de casa, batendo o Stade Français por 35 a 14. O time azul e branco, que termina a competição em sexto, agora viaja para enfrentar o Montpellier na partida valendo vaga nas semifinais. O jogo foi o retrato da temporada do Stade Français, que depois de ser campeão termina em décimo segundo essa temporada, um time entregue, sem coração e tecnicamente deficiente. Com isso os donos da casa não tiveram dificuldades para anotar quatro tries, com o scrum-half Rory Kockott (duas vezes), o centro Remi Lamerat e o ponta Sitiveni Sivivatu. O Paris pontuou em um penal try e com o hooker reserva Craig Burden.

Brive termina competição com vitória

Na partida menos badalada da rodada o Brive, que terminou em oitavo, bateu em casa o Pau, terminou em décimo primeiro, por 46 a 10, dando um bom espetáculo para a torcida que foi ao estádio.  Para os donos da casa anotaram o fullback Gaetan Germain, o ponta Sevanaia Galaga (duas vezes), o centro reserva Thomas Laranjeira e um penal try. O try de honra dos visitantes foi marcado pelo ponta Marvin Lestremau.

Agen se livra da lanterna

No jogo entre as equipes rebaixadas e com a última posição em disputa o Agen levou a melhor, jogando em casa, batendo o Oyonnax por 23 a 19. Dentre as muitas deficiências dos donos da casa, não se pode falar da dedicação, com a equipe batalhando em todos os jogos. Nesse ultimo, jogando com um a menos desde os 24’ do primeiro tempo, o time se superou para se despedir do Top 14 com uma vitória, entrando no in-goal com o centro Julien Heritau e o fullback Gerge Tilsley. O Oyonnax termina na lanterna e precisa rever seu projeto de equipe, marcando com o oitavo Florian Faure, com o ponta Alaska Taufa, e o asa Nuku Swerling Finaipepe.

Bayonne retorna à elite francesa

No sábado, a França parou para assistir à decisão do mata-mata de promoção da Pro D2, a segunda divisão, que definiu a segunda equipe promovida ao próximo Top 14. Os bascos do Bayonne, rebaixados no ano passado, garantiram seu imediato retorno à elite e se juntarão ao Lyon, campeão da Pro D2 e também rebaixado do Top 14 201-15, como os novos promovidos.

 

A decisão da vaga aconteceu em Toulouse, campo neutro, com o Bayonne medindo forças com o Aurillac, que não tem o prazer de jogar a primeira divisão desde 2001. A partida foi muito parelha e sem espaços, com o Bayonne prevalecendo graças a 7 penais chutados com precisão pelo argentino Martín Bustos Moyano. O único try do jogo foi do Aurillac, com Jack McPhee, aos 78′, já tarde demais para permitir a reação do time da Auvérnia.

 

Top 14 logo novo

Top 14 2015-16 – Campeonato Francês

Grenoble 14 x 53 Toulouse

Toulon 44 x 03 Bordeaux

Racing 40 x 25 Montpellier

Brive 46 x 10 Pau

Agen 23 x 19 Oyonnax

Clermont 57 x 08 La Rochelle

Castres 35 x 14 Stade Français

 

ClubeCidadeJogosPontos
ClermontClermont-Ferrand2688
ToulonToulon2682
MontpellierMontpellier2681
RacingParis2681
ToulouseToulouse2679
CastresCastres2671
Union Bordeaux-BèglesBordeaux2667
BriveBrive2662
La RochelleLa Rochelle2654
GrenobleGrenoble2647
PauPau2646
Stade FrançaisParis2641
AgenAgen2626
OyonnaxOyonnax2624

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

Repescagem para as Semifinais

Racingversus(14)Toulouse

Dia 11/06: Racing x Toulouse, em Paris

 

Montpellier logo novo copyversus(14)castres

Dia 12/06: Montpellier x Castres, em Montpellier

 

Semifinais – dias 17 e 18 de junho, em Rennes

Toulon x melhor classificado da Repescagem

Clermont x pior classificado da Repescagem

 

Final – dia 24 de junho – em Barcelona, Espanha

 

Pro D2 novo 2012

Pro D2 – 2ª Divisão do Campeonato Francês

Final do Mata-mata de promoção

Bayonne 21 x 16 Aurillac, em Toulouse

 

Lyon e Bayonne promovidos ao Top 14 de 2016-17

 

Escrito por: Diego Gutierrez

Comentários