Com vitória dramática, Gloucester decidirá com Bordeaux a última vaga na Champions Cup 2015-16

Já começou a Champions Cup 2015-16! A máxima competição europeia deu a largada para a sua nova temporada com a primeira partida de seu playoff qualificatório, que envolve o oitavo representante do PRO12, o sétimo representante da Premiership e o sétimo representante  do Top 14, valendo uma vaga na fase de grupos da competição.

 

O primeiro confronto se deu entre o Connacht, da Irlanda, dono da vaga do PRO12, e o Gloucester, da Inglaterra, campeão da Challenge Cup e dono da vaga da Premiership, que garantiu o mando de jogo por conta do regulamento (que deu essa vantagem aos ingleses, por terem uma vaga direta na fase de grupos a menos que os celtas). Foi um confronto de arrepiar, com o Gloucester empatando a partida nos acréscimos e garantindo a vitória na prorrogação por 40 x 32. Com o resultado, o Gloucester garantiu o direito de enfrentar o Bordeaux, pré-classificado para a partida decisiva, também por efeito do regulamento, que favoreceu o Top 14, por ter mais títulos da Champions Cup. A decisão será na Inglaterra, no estádio do Worcester, o Sixways, sede neutra, mas vizinha a Gloucester.

 

A batalha decisiva começou a todo vapor, com o Gloucester fazendo seu primeiro try logo a 1′, com Moriarty, após os Cherry and Whites roubarem o primeiro lateral da partida. Cooney deu o troco imediato para o Connacht, aos 8′, com try em corriada de 50 metros, mas os ingleses voltaram a marcar aos 26′ com Sharples pela ponta. Toma lá, dá cá, e os irlandeses voltaram a frente no placar com try de Carty, aos 29′.

 

Reduzido a 14 homens, o Connacht freou e os ingleses passaram a frente com penal logo após s volta do intervalo, com James Hook. O cometimento irlandês pela vitória era grande e os verdes foram premiados aos 60′, mesmo novamente reduzido a 14 jogadores, com o ponta Matt Healy cravando o try da virada após chute cruzado de Carty. O mesmo Carty, aos 79′, parecia dar a heróica vitória ao Connacht com penal certeiro. Contudo, o Gloucester operou um milagre, manteve a bola viva já com o tempo esgotado Meakes cravou o try e Laidlaw empatou com a conversão, levando a decisão para a prorrogação.

 

Connacht nocauteado? Nada disso. Hook deu a vantagem com penal para Gloucester aos 92′, mas logo após o reinício, os irlandeses deram o troco e Healy correu para o try do Connacht, voltando a jogar a pressão sobre os ingleses. O golpe fatal veio apenas com o terceiro cartão amarelo para o Connacht, que abriu espaço decisivo para o Gloucester matar o jogo. Dawiduik, aos 95′, fez o try dos donos da casa, mas, sem a conversão, a vantagem ainda era do Connacht. O ato de misericórdia veio sofrido aos 97′, com Jonny May, recebendo de Twelvetrees e correndo para fechar o marcador. Heróico Connacht, heróico Gloucester, e triunfo dos mandantes por 40 x 32. Começou bem demais a Champions Cup.

 

champions cup

Champions Cup 2015-16 – Fase Qualificatória – Copa Europeia de Rugby

Semifinal da Fase Qualificatória

Gloucester (Inglaterra) 40 x 32 Connacht (Irlanda), em Gloucester

 

Final da Fase Qualificatória

Dia 31/05 – Gloucester (Inglaterra) x Bordeaux (França), em Worcester

 

Classificados à fase de grupos

Top 14 (França): Toulon, Clermont, Toulouse, Stade Français, Racing Métro e Oyonnax;

Premiership (Inglaterra): Northampton Saints, Bath, Leicester Tigers, Saracens, Exeter Chiefs e Wasps;

PRO12: Munster, Ulster, Leinster (Irlanda), Ospreys, Scarlets (Gales), Glasgow Warriors (Escócia) e Benetton Treviso (Itália).

Ainda na briga: Gloucester (Inglaterra) e Bordeaux (França).

 

Foto: Martin Bennett / Gloucester Rugby

Comentários