Connacht bate Scarlets e pula para a ponta do PRO12

ARTIGO COM VÍDEOS – Acabou a primeira fase da Champions Cup europeia e no próximo fim de semana começará o Six Nations. Mas, e neste último fim de semana de janeiro, o que rolou? As grandes ligas europeias, é claro. E no PRO12 ítalo-celta, enquanto os gigantes irlandeses Leinster, Munster e Ulster ainda digerem suas eliminações na Copa Europeia, quem tem apenas sorrisos é o pequeno Connacht, que, além de estar nas quartas de final da Challenge Cup, assumiu a liderança do PRO12, igualando-se em pontos aos galeses do Scarlets.

 

Foi justamente em duelo com os Scarlets que o Connacht garantiu os pontos que precisava. Os irlandeses jogavam em casa, em Galway, e não deram chances aos galeses, com uma vitória de quatro tries. O primeiro e o segundo foram iguais, com lateral seguido de maul. Jake Heenan completou ambos dentro do in-goal vermelho.

 

No segundo tempo, o time de Llanelli reagiu com try em velocidade do canadense Van der Merwe. Mas, a força do pack verde falou alto, os galeses foram reduzidos a 13 homens e o Connacht entrou de novo no in-goal por meio de maul, finalizado por Bckley. Aos 64′, Ah You garantiu o quarto e precioso try do bônus. Gareth Owen ainda descontou para os visitantes. Placar final, 30 x 17 para o Connacht.

Leinster se afunda em crise

Após a pior campanha em tempos recentes na Copa Europeia, o Leinster se afundou um pouco mais na última sexta-feira, caindo fora de casa no PRO12 diante do humilde time dos Dragons, em Gales. O primeiro try saiu logo no começo do jogo, com Hewitt finalizando jogada em velocidade dos galeses. Os irlandeses reponderam com try de McGrath, mas os Dragons eram melhores e perderam um try por muito pouco, após erro de recepção dos irlandeses no in-goal. O Leinster foi reduzido a 14 homens pouco depois e Tovey brilhou, fazendo o segundo try galês e ainda um drop goal antes do intervalo. O segundo tempo não teve tries e o Leinster teve mais posse de bola, mas não produziu, parando na defesa da casa. 23 x 13, números finais em Newport.

 

Munster e Ulster foram melhor jogando fora de casa e, mesmo eliminados da Champions Cup, mostraram bom rugby na última rodada europeia para voltarem mais confiantes ao PRO12. Ambos foram à Itália e saíram vitoriosos, como era esperado. O Munster, contudo, sofreu, fazendo apenas 20 x 16 no Zebre, com o segunda linha Mark Chisholm anotando o primeiro e único try do jogo logo no começo. O restante da partida foi tensa, com Haimona chutando 4 penais para os donos da casa, enquanto Keatley arrematou 2 penais, manteve o Munster na frente e, nos instantes finais, arrematou o drop goal da vitória.

 

O Ulster teve a vitória mais tranquila, batendo o Treviso por 32 x 13, com 4 tries no total, todos no segundo tempo, debaixo de névoa, assegurando o bônus ofensivo.



Escoceses sem vitórias

A rodada não foi boa para os escoceses, mas ambos jogaram fora de casa. O Edinburgh caiu em Gales contra o Cardiff Bles, 10 x 3, em embate sem espaços que teve o fullback Dan Fish fazendo o try solitário dos Blues.

 

Já o Glasgow Warriors foi a Swansea pegar o Ospreys, mordido pela eliminação na Copa Europeia. E a partida não decepcionou. Um empate emocionante em 20 x 20, que teve os escoceses indo em vantagem de 13 x 10 ao intervalo, mas sofrendo a igualdade na segunda etapa, com o abertura Sam Davies anotando o try do empate galês. Davies ainda teve o drop goal da vitória nos instantes derradeiros, mas errou.

 

Mogliano vence clássico vêneto na volta do Eccellenza italianopor Giorgio Vuerich
Após a pausa para as copas europeias, o Campeonato Italiano voltou. Na nona roda do Eccellenza, a surpresa foi o Mogliano, que derrotou o Petrarca Padova no clássico vêneto. A primeira etapa fechou em 6 x 0 para Padova, com dois penais de Odiete. No inicio da segunda etapa, o Mogliano chegou ao um try, com Nostran, convertido por Nikora (6×7). Ao 60′,  Nostran  marcou novamente (6×12), mas logo depois o Mogliano virou o placar com o try de Riccioli, convertido por Onori (13×12). Ao 70′, penal de Onori (16×12), ampliando o placar. Contudo, seis minutos depois Nostran fez o terceiro e virou o placar para os pretos do Petrarca (16×17). Mas, nos acréscimos, o penal Onori arrematou o penal da vitória para os azuis.

 

O líder continua sendo o Calvisano, que venceu em Roma por 20×13 os policiais do Fiamme Oro.Já o Rovigo teve vitória fácil contra o Lyons Piacenza, 33×10. Vitória sofrida do lado do San Donà, em casa, sobre o lanterna L’Aquila 28×25. E, no jogo mais disputado, na sexta-feira passada, o Viadana derrotou a Lazio por 18×9  e segue na busca pela zona de classificação.

 

Mas, ainda tem mais de Itália. Na Serie A, a segunda divisão, a primeira fase chegou ao fim, com os três primeiros de cada um dos quatro grupos avançando à fase final na luta pela promoção.
Na primeira fase os 24 times foram divididos em 4 chavas de 6 times, enquanto os três piores de cada grupo lutarão contra o rebaixamento à Serie B.

 

Na luta pela promoção, os doze times foram divididos em duas chaves com seis equipes cada, sendo que apenas o primeiro e o segundo colocados de cada chave garantirão vaga nas semifinais.

 

Estas são as chaves:
Chave A
Accademia FIR (Parma), Brescia (Brescia), Capitolina (Roma), Gran Sasso (L’Aquila), I Medicei, (Firenze), Pro Recco (Recco – Genova).

 

Chave B
Casale (Casale sul Sile – Treviso), Colorno (Colorno –  Parma), CUS Verona (Verona),  Reggio (Reggio Emilia),  Tarvisium (Treviso), Vicenza (Vicenza).

 

guinness pro12

Guinness PRO12 2015-16 – Liga Ítalo Celta (Escócia, Gales, Irlanda e Itália)

Dragons 23 x 13 Leinster

Connacht 30 x 17 Scarlets

Zebre 12 x 16 Munster

Cardiff Blues 10 x Edinburgh

Treviso 13 x 32 Ulster

Ospreys 20 x 20 Glasgow Warriors

 

Clube País Cidade Jogos Pontos
Leinster Irlanda Dublin 22 73
Connacht Irlanda Galway 22 73
Glasgow Warriors Escócia Glasgow 22 72
Ulster Irlanda Belfast 22 69
Scarlets Gales Llanelli 22 63
Munster Irlanda Limerick/Cork 22 63
Cardiff Blues Gales Cardiff 22 56
Ospreys Gales Swansea 22 55
Edinburgh Escócia Edimburgo 22 54
Dragons Gales Newport 22 26
Zebre Itália Parma 22 24
Benetton Treviso Itália Treviso 22 20

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais e à Champions Cup;
– 5º, 6º e 7º lugares – classificação à Champions Cup;
– Nota: ao menos uma equipe de cada país participará da Champions Cup. Assim, se um país não tiver nenhuma equipe entre os 7 primeiros do PRO12, o melhor time desse país ganhará vaga na Champions Cup e o 7º colocado irá para a fase preliminar da competição europeia.

 

eccellenza logo novo

Campionato di Eccellenza – Campeonato Italiano,

Viadana 18 x 9 Lazio

Rovigo 33 x 10 Lyons Piacenza

Mogliano 19 x 17 Petrarca Padova

L’Aquila 25 x 28 San Donà

Fiamme Oro 13 x 20 Calvisano

 

Clube Cidade Jogos Pontos
Rovigo Rovigo 18 75
Calvisano Calvisano 18 72
Petrarca Padova 18 58
Mogliano Mogliano 18 56
Viadana Viadana 18 43
San Donà San Donà 18 43
Fiamme Oro Roma 18 40
Lazio Roma 18 25
Lyons Piacenza 18 14
L’Aquila L’Aquila 18 09

– Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;
– 1º ao 4º lugares – classificação às Semifinais;
– 10º lugar – Rebaixamento

Comentários