Romênia vence o Canadá, de virada e no músculo

ARTIGO COM VÍDEO – Um jogo de muitos erros e dos tempos distintos entre Canadá e Romênia nesta tarde de terça em Leicester. Em partida que valia para as duas seleções a vida na competição, quem falou mais alto foi a Romênia, que virou o placar no fim do jogo e garantiu a sofrida vitória por 17 x 15. No domingo, a Romênia enfrenta a Itália e, quem vencer, garantirá a vaga na Copa do Mundo de 2019, ao passo que o Canadá se despediu do Mundial com a derrota para os Carvalhos.

 

O Canadá fez o primeiro tempo muito superior e dava a impressão de que teria uma vitória contundente. O placar foi aberto rápido, com os Canucks acelerando o jogo e quase chegando ao primeiro try aos 3′ com McRorie, mas Blevins cometeu penal antes e Wayne Barnes anulou a jogada. Mas, o Canadá era o dono dos minutos iniciais e dominava campo e território, abusando das jogadas de mãos para explorar os pontos fracos dos romenos. Aos 8′, McRorie perdeu penal para os vermelhos, mas, aos 11′, não titubeou abriu o placar com penal para os Canucks. Aos 17′, foi a vez de Vlaicu desperdiçar penal para os romenos, que viram sua situação se deteriorar dois minutos depois, quando o fullback Catalin Fercu recebeu cartão amarelo contestável.

 

A chuva engrossou e a Romênia conseguiu segurar os ataques canadenses, que erraram em demasia no manuseio da bola molhada. O time do Leste Europeu teve nova chance em penal aos 22′, mas Vlaicu novamente não foi feliz no chute. O Canadá cresceu no jogo e seu volume de ataque aumentou, mas com erros excessivos no handling os norte-americanos não foram capazes de transformar a superioridade em pontos com um homem a mais. Foi somente aos 33′ que a defesa romena não aguentou e, após três fases em velocidade e uma bela troca de passes, os Canucks encontraram o espaço para um belo try, de DTH van der Merwe, tryman da Copa até aqui (com 5 tries, junto de Savea). Conversão perdida e 8 x 0 para o Canadá ao final do primeiro tempo.

 

O segundo tempo começou como o primeiro, com o Canadá dominando as ações e trabalhando seu incisivo jogo de mãos sobre a Romênia. O resultado foi logo o segundo try com o outro ponta, Jeff Hassler, do Osprey, aos 43′, furando a defesa romena pelo meio depois de boa ação de Hirayama. 15 x 0, parecendo que o placar a partir daí só aumentaria.

 

Ledo engano. Como ocorreu ao longo de todos os jogos do Canadá antes da Copa do Mundo, o time perdeu o gás na reta final da partida e foi inferiorizado no jogo de contato pelo adversário. A Romênia cresceu, ganhou o controle da posse da bola e foi lentamente moendo os vermelhos. Com um time mesclando amadores, profissionais do sevens – que se provaram instáveis diante de um desafio de alto nível do XV – e alguns bons nomes no rugby profissional europeu, o Canadá se viu diante de sérios problemas de coesão e homogeneidade de seu elenco, vendo uma Romênia – toda formada por profissionais, após sua liga nacional se profissionalizar – crescer na partida com um preparo físico superior.

 

A Romênia chegou perto de seu try aos 50′, após erro de Hirayama que só não foi try romeno porque houve um knock-on antes de Fercu finalizar. Pouco depois, aos 54′, a Romênia fez tudo certo, ganhou um penal, colocou a bola para a lateral, foi segura e emplacou um devastador maul para o capitão Macovei cravar o primeiro try dos Carvalhos no jogo. 15 x 7, Romênia mais que viva.

 

As chances foram se somando e, aos 69′, veio o golpe dos Stejarii. Hirayama teve chute bloqueado por Csaba Gal, mas o romeno cometeu infração na sequência. A bola ficou com os canadenses, com um scrum a seu favor, mas a formação dos Canucks colapsou e a Romênia recuperou a bola com penal, optando por novo scrum, que também resultou em mais um penal do Canadá. Dessa vez, os romenos usaram o lateral nas 22 e apostaram no maul na sequência, levando a mais um penal canadense e amarelo para Sinclair. Sem seu asa, o Canadá se viu em xeque e a Romênia fez uso de novo do scrum, levando a mais um penal canadense e outro scrum na sequência. Dessa vez, não deu, e finalmente o merecido try saiu, com o oitavo Macovei mergulhando para seu segundo tento no jogo.

 

Nocauteado, o Canadá não conseguiu mais deter a reação da Romênia, que precisava apenas de um penal para vencer a partida. E ele saiu aos 76′. Vlaicu, dessa vez, não desperdiçou, acertou o chute e deu uma festejada vitória à Romênia.17 x 15, primeira vitória romena em Mundiais desde 2007.

 

canada copy copy15versus copiar17romênia copy

Canadá 15 x 17 Romênia, em Leicester

Árbitro: Wayne Barnes (Inglaterra)

Assistentes: Glen Jackson (Nova Zelândia) e Marius Mitrea (Itália) / TMO: Ben Skeen (Nova Zelândia)

 

Canadá

Tries: Van der Merwe e Hassler

Conversões: Hirayama (1)

Penais: McRorie (1)

15 Harry Jones, 14 Jeff Hassler, 13 Ciaran Hearn, 12 Nick Blevins, 11 DTH van der Merwe, 10 Nathan Hirayama, 9 Gordon McRorie, 8 Aaron Carpenter, 7 John Moonlight, 6 Jebb Sinclair, 5 Jamie Cudmore (c), 4 Brett Beukeboom, 3 Doug Wooldridge, 2 Ray Barkwill, 1 Hubert Buydens.

Suplentes: 16 Benoit Piffero, 17 Djustice Sears-Duru, 18 Jake Ilnicki, 19 Kyle Gilmour, 20 Nanyak Dala, 21 Phil Mack, 22 Conor Trainor, 23 James Pritchard.

 

Romênia

Tries: Macovei (2)

Conversões: Vlaicu (2)

Penais: Vlaicu (1)

15 Catalin Fercu, 14 Madalin Lemnaru, 13 Paula Kinikinilau, 12 Florin Vlaicu, 11 Ionut Botezatu, 10 Michael Wiringi, 9 Florin Surugiu, 8 Mihai Macovei (c), 7 Viorel Lucaci, 6 Valentin Ursache, 5 Johannes van Heerden, 4 Valentin Poparlan, 3 Paulica Ion, 2 Otar Turashvili, 1 Mihaita Lazar.

Suplentes: 16 Andrei Radoi, 17 Andrei Ursache, 18 Alexandru Tarus, 19 Daniel Carpo, 20 Stelian Burcea, 21 Valentin Calafeteanu, 22 Adrian Apostol, 23 Csaba Gal.

 

 

Clube P J V E D 4+ -7 PP PC SP
Grupo A
Austrália 17 4 4 0 0 1 0 141 35 106
Gales 13 4 3 0 1 1 0 111 67 44
Inglaterra 11 4 2 0 2 2 1 133 75 58
Fiji 5 4 1 0 3 1 0 84 101 -17
Uruguai 0 4 0 0 4 0 0 30 226 -196
Grupo B
África do Sul 16 4 3 0 1 3 1 176 56 120
Escócia 14 4 3 0 1 2 0 142 139 3
Japão 12 4 3 0 1 0 0 98 100 -2
Samoa 6 4 1 0 3 1 1 69 124 -55
Estados Unidos 0 4 0 0 4 0 0 50 156 -106
Grupo C
Nova Zelândia 19 4 4 0 0 3 0 174 49 125
Argentina 15 4 3 0 1 3 0 179 70 109
Geórgia 8 4 2 0 2 0 0 53 122 -69
Tonga 6 4 1 0 3 1 1 70 130 -60
Namíbia 1 4 0 0 4 0 1 70 174 -104
Grupo D
Irlanda 18 4 4 0 0 2 0 135 35 100
França 14 4 3 0 1 2 0 117 64 53
Itália 10 4 2 0 2 1 1 74 88 -14
Romênia 4 4 1 0 3 0 0 60 126 -66
Canadá 2 4 0 0 4 0 2 58 141 -83

Comentários