Japão, a sensação da Copa do Mundo

A vitória da seleção japonesa sobre os Springboks, além do feito histórico por si só, também transformou o time do oriente no grande favorito entre os torcedores que compareceram ao mundial. A imagem do Davi contra Golias, simbolizada pelo scrum-half Fumiaki Tanaka com seus diminutos 1,66m, entrou fundo no imaginário dos torcedores, que adotaram as Brave Blossoms como grande favorita, time que ostenta 100% de aproveitamento contra os sul africanos, a segunda equipe mais vencedora é os All Blacks com míseros 57%.

 

O jogo contra Samoa, marcado para a pouca tradicional cidade de Milton Keynes, que nem um time de rugby possui, seria apenas mais um da competição, um jogo para cumprir tabela e uma vitória tranquila para o time da Oceania. A vitória japonesa na primeira rodada, porém, mudou tudo, dando a partida ares de grande evento. O estádio da cidade, inaugurado em 2007 e com capacidade para 30 000 torcedores, teve o seu recorde de público, uma multidão que veio de todos os lugares do mundo para torcer pelo time vermelho e branco.

 

Na estação de trem e nas ruas em volta do estádio a preferencia do público já era clara, apesar de alguns poucos simpatizantes samoanos, uma multidão ostentando bandeiras, bandanas e camisas japonesas recém adquiridas partia rumo ao estádio, itens que dividiam espaço com a camisa da seleção nacional e do clube do coração, amador ou profissional. Dentro do estádio o aplauso para os jogadores japoneses foi digno de uma seleção mundial, como se quem estivesse entrando em campo fosse um dos grandes do rugby, apoio que se manteve durante todo e jogo e a boa jogada do time vermelho e branco.

 

Os torcedores japoneses, os originais, vindos do Japão e que sempre apoiaram sua seleção, mesmo depois da derrota por 145 a 17 para o All Blacks em 1995, também aproveitaram um pouco da fama se tornando pequenas celebridades, recebendo comprimentos e gritos de apoio de fãs do mundo inteiro. Além dos fantasiados de samuris, sempre presentes nos jogos da equipe, que agora tem de posar para uma para uma série interminável de fotos.

 

Com a vitória sobre Samoa o time japonês se torna o primeiro a bater duas equipes mais bem posicionadas no ranking da World Rugby no mesmo torneio. A competição ainda está no começo, e pode ser que o time do pacífico nem mesmo se classifique, mas mesmo assim sai da competição como grande vitorioso.

 

Escrito por: Diego Gutierrez

 

IMG_0002

Comentários