Por dentro da Copa: Birmingham, a terra da revolução

População: 2.441.000

Estádio: Villa Park

Capacidade: 42.700

Principais times de rugby: Moseley RFC (Championship – 2ª divisão)

Jogos na Copa do Mundo:

26/09 – África do Sul x Samoa

27/09 – Austrália x Uruguai

 

Segunda maior cidade da Inglaterra e terceira maior região metropolitana do Reino Unido, Birmingham não poderia ficar de fora da grande festa do rugby mundial. E 2015 será a primeira vez que a cidade famosa pela vida universitária recebe partidas da Copa do Mundo de Rugby. Um dos berços da Revolução Industrial no século XVIII, Birmingham se localiza na região das West Midlands, próxima de Gales, sendo a capital histórica do Condado de Warwickshire, onde se localiza nada menos que a ilustre cidade de Rugby e sua ainda mais ilustre escola, a qual educou muitos dos filhos da elite da cidade que serviu de berço para a sociedade industrial.

 

Longe dos holofotes do rugby há muitos anos, Birmingham é casa de um dos mais antigos e vencedores clubes da Inglaterra, o Moseley RFC, que porta o nome do famoso bairro boêmio da cidade. Fundado em 1873 e bicampeão da Copa da Inglaterra nos anos 1970, o Moseley não foi capaz de se adaptar rapidamente à era profissional e conta com um estádio minúsculo, para pouco mais de 1 mil torcedores, mas em expansão. Por tal motivo, o palco de Birmingham para a Copa do Mundo será o Villa Park, casa do Aston Villa, clube de futebol da cidade. Construído em 1897, mas renovado posteriormente, o Villa Park já recebeu por duas vezes os All Blacks, mas terá a honra de assistir a Springboks e Wallabies em 2015, esperando que os grandes jogos alavanquem o rugby na cidade.

 

Para saber mais sobre as demais sedes da Copa do Mundo, clique aqui.

 

Comentários