Por dentro da Copa: Leeds, bastião do rival

População: 1.778.000

Estádio: Ellan Road

Capacidade: 37.900

Principais times de rugby: Yorkshire Carnegie (Championship – 2ª divisão)

Jogos na Copa do Mundo:

26/09 – Itália x Canadá

27/09 – Escócia x Estados Unidos

 

Principal cidade da famosa região industrial do Yorkshire, Leeds é famosa pelo rugby, mas não pelo union. A cidade é um verdadeiro bastião do rugby league, casa de um dos mais populares clubes da modalidade no país, o Leeds Rhinos, clube com maior média de público da Super League inglesa.

 

O Yorkshire foi um símbolo da Revolução Industrial no século XIX, exemplo das mazelas sociais e ambientais da expansão da indústria têxtil e da exploração do carvão. Em meio às fábricas e às minas, o rugby se desenvolveu na região no século retrasado e foi rapidamente adotado pela classe operária, que abraçou o esporte vivamente, se tornando a região mais forte do rugby inglês nos anos 1880 e 1890, quase imbatível nos confrontos entre as seleções regionais e com seus clubes carregando multidões aos estádios. Com atletas oriundos das classes populares, os clubes do Yorkshire passaram a clamar pela liberação das remunerações, sobretudo pela permissão de se pagar jogadores pelas horas de trabalho perdidas. A negação da RFU, a federação inglesa, em permitir tais práticas levou a racha e, em 1895, o rugby partiu em dois: o rugby union, amador, e o rugby league, profissional. Leeds, por muito tempo, respirou rugby league, mas não abandonou o rugby union por completo.

 

O clube local, rebatizado de Yorkshire Carnegie, disputa hoje a segunda divisão nacional, mas tem longo histórico na Premiership, quando era conhecido como Leeds RUFC, Leeds Tykes e Leeds Carnegie, em períodos diferentes. O clube foi fundado em 1991 após a fusão de clubes locais e tem como grande feito a conquista da Copa da Inglaterra em 2005. Em 1998, o Leeds RUFC foi incorporado à Leeds Rugby Limited, junto do Leeds Rhinos, se tornando o primeiro clube com as duas modalidades do rugby, assumindo o nome de Leeds Tykes, o que acabou desfeito em 2007, com a agremiação fechando parceria com a Leeds Metropolitan University e assumindo o nome de Leeds Carnegie.

 

Casa do Carnegie e do Rhinos, o Headingley Stadium, não será usado na Copa do Mundo. Em seu lugar, a cidade terá como palco no Mundial o Elland Road, estádio do Leeds United, clube de futebol local, construído em 1897 e renovado em 2012.

 

Para saber mais sobre as demais sedes da Copa do Mundo, clique aqui.

Comentários