Quinta recheada de Copa do Mundo com Gales, Fiji, França e Canadá em ação

A ação não para na Copa do Mundo de Rugby. Na quinta, duas partidas dão o tom do início da terceira rodada da competição! Amanhã, dia 1º de outubro, Gales e Fiji fazem jogo crucial pelo Grupo A do Mundial, seguidos da França enfrentando o Canadá pelo Grupo D.
 

Gales e Fiji medem forças em partida imprevisível

O grande jogo do meio de semana na Copa do Mundo de Rugby opõe Gales e Fiji em Cardiff. Será o reencontro da torcida galesa com sua equipe após a grande vitória sobre a Inglaterra. Entretanto, o jogo é perigoso, pois Gales sofreu novos desfalques por lesões, enquanto Fiji vai à partida jogando suas últimas fichas na competição, após duas derrotas. As Ilhas do Pacífico são históricas pedras na chuteira dos galeses em Mundiais, o que apimenta ainda mais o confronto. Nas Copas de 1991 e 1999, Gales foi derrotado em Cardiff por Samoa, e em 2007 perdeu em solo francês para Fiji – a única vitória fijiana na história sobre Gales, mas que custou a eliminação galesa daquela Copa do Mundo ainda na primeira fase.

 

Para o jogo com Fiji, o pack de forwards vai inalterado com relação àquele que passou pelos ingleses, tendo Faletau e Lydiate chegando à marca de 50 jogos com a seleção. Do lado fijiano, Akapusi Qera também chega aos 50 jogos e o embate das terceiras linhas será o ponto alto, com Fiji já tendo mostrando boas atuações no setor contra Inglaterra e Austrália. Os alvinegros contarão com o retorno do ótimo Dominiko Waqaniburotu, voltando de suspensão e agora alinhando com Qera e Netani Talei, enquanto também conta com seu capitão Sam Warburton. A briga segue intensa na segunda linha, com Nakarawa, de Fiji, sendo um dos melhores da Copa no setor, e fazendo um duelo de alto nível com Alun Wyn Jones.

 

A novidade em Fiji é a entrada do ponta Timoci Nagusa, do Montpellier, recém convocado para substituir o lesionado Waisea Nayacalevu. Nagusa, que já fez quatro tries na atual temporada do Top 14, foi o grande nome de Fiji deixado de fora simplesmente pelo excesso de nomes de alto nível na linha da equipe, dando muita força à linha alvinegra. O atleta substituirá o astro do time, Nadolo, suspenso. Gales, por outro lado, vai remendado nos 3/4s, com Tyler Morgan, de 20 anos, do Dragons, de segundo centro, e Matthew Morgan, de 23 anos, do Bristol (da segunda divisão inglesa), de fullback, também recém convocados para suprir as ausências da equipe. Alex Cuthbert também ganhou um lugar no time titular e a experiência da linha caberá a Jamie Roberts, enquanto Dan Biggar e Gareth Davies formam a dupla criativa que vem chamando positivamente a atenção na equipe e poderá ser um grande trunfo para Gales, especialmente Biggar, com seus chutes infalíveis. Fiji, mais experiente na linha, teve como maior baixa o scrum-half Matawalu, verdadeiro cérebro e motor do time, lesionado, dando lugar a Nemia Kenatale. Além da troca de 9, a preocupação também está no jogo de chutes, maior deficiência do time junto da indisciplina.

 

Para aumentar a preocupação de Gales, Fiji vem apresentando um desempenho muito sólido nas formações, tanto com um lateral como com um scrum muito competentes. Se Gales parecia apoiar sua vantagem no pack, a força de Fiji deve ser levada em consideração, enquanto a linha também parece pender para o time da Oceania. A genuína vantagem de Gales está nos números 9 e 10, o que significa que os vermelhos precisarão mais que nunca fazer um jogo perfeito nos laterais e no breakdown para saírem bem por cima de uma partida tão complicada.

 

galesversus copiarfiji logo(8)

12h45 – Gales x Fiji, em Cardiff – ESPN AO VIVO

Árbitro: John Lacey (Irlanda)

Assistentes: Jérôme Garcès (França) e Mathieu Raynal (França) / TMO: George Ayoub (Austrália)

 

Gales: 15 Matthew Morgan, 14 Alex Cuthbert, 13 Tyler Morgan, 12 Jamie Roberts, 11 George North, 10 Dan Biggar, 9 Gareth Davies, 8 Taulupe Faletau, 7 Sam Warburton (c), 6 Dan Lydiate, 5 Alun Wyn Jones, 4 Bradley Davies, 3 Tomas Francis, 2 Scott Baldwin, 1 Gethin Jenkins.

Suplentes: 16 Ken Owens, 17 Aaron Jarvis, 18 Samson Lee, 19 Luke Charteris, 20 Justin Tipuric, 21 Lloyd Williams, 22 Rhys Priestland, 23 James Hook.

 

Fiji: 15 Metuisela Talebula, 14 Timoci Nagusa, 13 Vereniki Goneva, 12 Lepani Botia, 11 Aseli Tikoirotuma, 10 Ben Volavola, 9 Nemia Kenatale, 8 Netani Talei, 7 Akapusi Qera (c), 6 Dominiko Waqaniburotu, 5 Leone Nakarawa, 4 Tevita Cavubati, 3 Manasa Saulo, 2 Sunia Koto, 1 Campese Maafu.

Suplentes: 16 Viliame Veikoso, 17 Peni Ravia, 18 Leeroy Atalifo, 19 Nemia Soqeta, 20 Malakai Ravulo, 21 Henry Seniloli, 22 Joshua Matavesi, 23 Kini Murimurivalu.

 

Histórico: 10 jogos, 8 vitórias de Gales, 1 vitória de Fiji e 1 empate. Último jogo: Gales 17 x 13 Fiji, em 2014 (amistoso);

 

França pega Canadá e tem a missão de convencer

A França vem de duas vitórias na Copa do Mundo, mas não convenceu nada. Para o jogo com o Canadá, Saint-André modificou 12 atletas do time que não jogou nada bem diante da Romênia. Os Bleus têm a obrigação da vitória bonificada por serem franco favoritos, mas antes de mais nada precisam voltar a praticar um rugby digno de sua fama. Onze atletas que jogaram contra a Itália e foram poupados diante da Romênia estarão em campo, enquanto Nakaitaci e Picamoles, únicos a começarem jogando os dois compromissos até agora, receberam seus descansos. Dusautoir volta ao time como capitão e jogará ao lado de Le Roux e Chouly, ao passo que Tillous-Borde retoma a camisa 9 para atuar junto de Michalak, formando a dupla que melhor desempenhou até o fomente com a camisa azul no Mundial. Fofana e Bastareaud estão de volta aos centros, enquanto Grosso faz seu debut na ponta, jogando no lado oposto de Dulin, transferido para a ponta. Spedding retoma, com isso, a 15. No pack, Guirado, Slimani e Ben Arous voltam a formar juntos na primeira linha, enquanto Papé e Maestri estão na segunda linha.

 

O Canadá, por sua vez, se notabilizou por um jogo aberto e envolvente, apesar de ter deixado escapar a vitória sobre a Itália. DTH Van der Merwe, Matt Evans e Phil Mackenzie já se provaram nomes perigosos e que podem levar perigo a uma defesa francesa que ainda não é totalmente confiável. Porém, a defesa canadense também não convence e deverá dar espaço para a França investir. No pack, o Canadá não é uma fortaleza e terá trocas na terceira linha, mantendo apenas o líder Tyler Ardron. Jamie Cudmore, apesar da idade, poderá levar problemas à segunda linha pouco confiável da França – pesada e pouco móvel – enquanto o hooker artilheiro Aaron Carpenter volta à sua posição de origem.

 

Os Canucks também sofrem com quedas de rendimento no fim dos jogos, e, se no papel a França é muito superior, bastará aos Bleus terem foco para que, naturalmente, possam se impor.

 

França vermelhoversus copiarcanada copy copy

16h00 – França x Canadá, em Milton Keynes – ESPN AO VIVO

Árbitro: JP Doyle (Inglaterra)

Assistentes: Wayne Barnes (Inglaterra) e Angus Gardner (Austrália) / TMO: Graham Hughes (Inglaterra)

 

França: 15 Scott Spedding, 14 Remy Grosso, 13 Mathieu Bastareaud, 12 Wesley Fofana, 11 Brice Dulin, 10 Frederic Michalak, 9 Sebastien Tillous-Borde, 8 Damien Chouly, 7 Bernard Le Roux, 6 Thierry Dusautoir (c), 5 Yoann Maestri, 4 Pascal Pape, 3 Rabah Slimani, 2 Guilhem Guirado, 1 Eddy Ben Arous.

Suplentes: 16 Benjamin Kayser, 17 Vincent Debaty, 18 Nicolas Mas, 19 Yannick Nyanga, 20 Fulgence Ouedraogo, 21 Morgan Parra, 22 Remi Tales, 23 Alexandre Dumoulin.

 

Canadá: 15 Matt Evans, 14 Phil Mackenzie, 13 Ciaran Hearn, 12 Nick Blevins, 11 DTH van der Merwe, 10 Nathan Hirayama, 9 Phil Mack, 8 Tyler Ardron (c), 7 Richard Thorpe, 6 Kyle Gilmour, 5 Jamie Cudmore, 4 Brett Beukeboom, 3 Doug Wooldridge, 2 Aaron Carpenter, 1 Hubert Buydens.

Suplentes: 16 Ray Barkwill, 17 Djustice Sears-Duru, 18 Andrew Tiedemann, 19 Evan Olmstead, 20 Nanyak Dala, 21 Gordon McRorie, 22 Harry Jones, 23 Conor Trainor.

 

Histórico: 8 jogos, 7 vitórias da França e 1 vitória do Canadá. Último jogo: França 46 x 19 Canadá, em 2011 (Copa do Mundo);

 

Clube P J V E D 4+ -7 PP PC SP
Grupo A
Austrália 17 4 4 0 0 1 0 141 35 106
Gales 13 4 3 0 1 1 0 111 67 44
Inglaterra 11 4 2 0 2 2 1 133 75 58
Fiji 5 4 1 0 3 1 0 84 101 -17
Uruguai 0 4 0 0 4 0 0 30 226 -196
Grupo B
África do Sul 16 4 3 0 1 3 1 176 56 120
Escócia 14 4 3 0 1 2 0 142 139 3
Japão 12 4 3 0 1 0 0 98 100 -2
Samoa 6 4 1 0 3 1 1 69 124 -55
Estados Unidos 0 4 0 0 4 0 0 50 156 -106
Grupo C
Nova Zelândia 19 4 4 0 0 3 0 174 49 125
Argentina 15 4 3 0 1 3 0 179 70 109
Geórgia 8 4 2 0 2 0 0 53 122 -69
Tonga 6 4 1 0 3 1 1 70 130 -60
Namíbia 1 4 0 0 4 0 1 70 174 -104
Grupo D
Irlanda 18 4 4 0 0 2 0 135 35 100
França 14 4 3 0 1 2 0 117 64 53
Itália 10 4 2 0 2 1 1 74 88 -14
Romênia 4 4 1 0 3 0 0 60 126 -66
Canadá 2 4 0 0 4 0 2 58 141 -83

Data Local Horário (de Brasília) Equipe Placar vs Placar Equipe TV ao vivo
Sexta – 18/09/2015 Londres – Twickenham 16:00 INGLATERRA 35 X 11 FIJI ESPN
Sábado – 19/09/2015 Gloucester 08:00 TONGA 10 X 17 GEÓRGIA ESPN+
Sábado – 19/09/2015 Cardiff 10:30 IRLANDA 50 X 07 CANADÁ ESPN+
Sábado – 19/09/2015 Brighton 12:45 ÁFRICA DO SUL 32 X 34 JAPÃO ESPN
Sábado – 19/09/2015 Londres – Twickenham 16:00 FRANÇA 32 X 10 ITÁLIA ESPN
Domingo – 20/09/2015 Brighton 08:00 SAMOA 25 X 16 ESTADOS UNIDOS ESPN+
Domingo – 20/09/2015 Cardiff 10:30 GALES 54 X 09 URUGUAI ESPN+
Domingo – 20/09/2015 Londres – Wembley 12:45 NOVA ZELÂNDIA 26 X 16 ARGENTINA ESPN
Quarta – 23/09/2015 Gloucester 10:30 ESCÓCIA 45 X 10 JAPÃO ESPN
Quarta – 23/09/2015 Cardiff 12:45 AUSTRÁLIA 28 X 13 FIJI ESPN
Quarta – 23/09/2015 Londres – Estádio Olímpico 16:00 FRANÇA 38 X 11 ROMÊNIA ESPN
Quinta – 24/09/2015 Londres – Estádio Olímpico 16:00 NOVA ZELÂNDIA 58 X 14 NAMÍBIA ESPN
Sexta – 25/09/2015 Gloucester 12:45 ARGENTINA 54 X 09 GEÓRGIA ESPN
Sábado – 26/09/2015 Leeds 10:30 ITÁLIA 23 X 18 CANADÁ ESPN+
Sábado – 26/09/2015 Birmingham 12:45 ÁFRICA DO SUL 46 X 06 SAMOA ESPN
Sábado – 26/09/2015 Londres – Twickenham 16:00 INGLATERRA 25 X 28 GALES ESPN
Domingo – 27/09/2015 Birmingham 08:00 AUSTRÁLIA 65 X 03 URUGUAI ESPN
Domingo – 27/09/2015 Leeds 10:30 ESCÓCIA 39 X 16 ESTADOS UNIDOS ESPN+
Domingo – 27/09/2015 Londres – Wembley 12:45 IRLANDA 44 X 10 ROMÊNIA ESPN+
Terça – 29/09/2015 Exeter 12:45 TONGA 35 X 21 NAMÍBIA ESPN
Quinta – 01/10/2015 Cardiff 12:45 GALES 23 X 13 FIJI ESPN
Quinta – 01/10/2015 Milton Keynes 16:00 FRANÇA 41 X 18 CANADÁ ESPN
Sexta – 02/10/2015 Cardiff 16:00 NOVA ZELÂNDIA 43 X 10 GEÓRGIA ESPN
Sábado – 03/10/2015 Milton Keynes 10:30 SAMOA 05 X 26 JAPÃO ESPN+
Sábado – 03/10/2015 Newcastle 12:45 ÁFRICA DO SUL 34 X 16 ESCÓCIA ESPN
Sábado – 03/10/2015 Londres – Twickenham 16:00 INGLATERRA 13 X 33 AUSTRÁLIA ESPN
Domingo – 04/10/2015 Leicester 10:30 ARGENTINA 45 X 16 TONGA ESPN+
Domingo – 04/10/2015 Londres – Estádio Olímpico 12:45 IRLANDA 16 X 09 ITÁLIA ESPN+
Terça – 06/10/2015 Leicester 12:45 CANADÁ 15 X 17 ROMÊNIA ESPN
Terça – 06/10/2015 Milton Keynes 16:00 FIJI 47 X 15 URUGUAI ESPN
Quarta – 07/10/2015 Londres – Estádio Olímpico 12:45 ÁFRICA DO SUL 64 X 00 ESTADOS UNIDOS ESPN
Quarta – 07/10/2015 Exeter 16:00 NAMÍBIA 16 X 17 GEÓRGIA ESPN+
Sexta – 09/10/2015 Newcastle 16:00 NOVA ZELÂNDIA 47 X 09 TONGA ESPN+
Sábado – 10/10/2015 Newcastle 10:30 SAMOA 33 X 36 ESCÓCIA ESPN
Sábado – 10/10/2015 Londres – Twickenham 12:45 AUSTRÁLIA 15 X 06 GALES ESPN
Sábado – 10/10/2015 Manchester 16:00 INGLATERRA 60 X 03 URUGUAI ESPN
Domingo – 11/10/2015 Leicester 08:00 ARGENTINA 64 X 19 NAMÍBIA ESPN
Domingo – 11/10/2015 Exeter 10:30 ITÁLIA 32 X 22 ROMÊNIA ESPN
Domingo – 11/10/2015 Cardiff 12:45 FRANÇA 09 X 24 IRLANDA ESPN+
Domingo – 11/10/2015 Gloucester 16:00 ESTADOS UNIDOS 18 X 28 JAPÃO ESPN+
Sábado – 17/10/2015 Londres – Twickenham 12:00 ÁFRICA DO SUL (QUARTAS DE FINAL) 23 X 19 GALES (QUARTAS DE FINAL) ESPN
Sábado – 17/10/2015 Cardiff 16:00 NOVA ZELÂNDIA (QUARTAS DE FINAL) 62 X 13 FRANÇA (QUARTAS DE FINAL) ESPN
Domingo – 18/10/2015 Cardiff 10:00 IRLANDA (QUARTAS DE FINAL) 20 X 43 ARGENTINA (QUARTAS DE FINAL) ESPN
Domingo – 18/10/2015 Londres – Twickenham 13:00 AUSTRÁLIA (QUARTAS DE FINAL) 35 X 34 ESCÓCIA (QUARTAS DE FINAL) ESPN
Sábado – 24/10/2015 Londres – Twickenham 13:00 ÁFRICA DO SUL (SEMIFINAL) 18 X 20 NOVA ZELÂNDIA (SEMIFINAL) ESPN
Domingo – 25/10/2015 Londres – Twickenham 14:00 ARGENTINA (SEMIFINAL) 15 X 29 AUSTRÁLIA (SEMIFINAL) ESPN
Sexta – 30/10/2015 Londres – Estádio Olímpico 18:00 ÁFRICA DO SUL (DISPUTA DO 3º LUGAR) 24 X 13 ARGENTINA (DISPUTA DO 3º LUGAR) ESPN
Sábado – 31/10/2015 Londres – Twickenham 14:00 NOVA ZELÂNDIA (FINAL) 34 X 17 AUSTRÁLIA (FINAL) ESPN

Comentários