Copa do Mundo: África do Sul revela uniforme polêmico

ARTIGO COM CORREÇÃO – A União Sul-Africana e a ASICS anunciaram ontem o novo uniforme que os Springboks usarão durante a Copa do Mundo (foto). A prioridade da fabricante foi dar à camisa sul-africana a melhor tecnologia possível para o conforto do jogador em campo, prezando também pela tradição no design e nas cores. O que chamou a atenção, no entanto, foi o desaparecimento do símbolo dos Springboks do peito da camisa, sendo relegado à manga. O design atendeu às exigências da organização do Mundial, que obrigada haver o símbolo da federação do país e o símbolo da Copa do Mundo no peito, e o Springbok é símbolo somente da seleção. Porém, a execução final foi polêmica e já desagradou a muitos, sendo considerado uma vitória de movimentos locais que associavam o símbolo ao regime do apartheid.

 

Itália tem elenco de 50 atletas para treinamentos

Ontem também foi a vez da Itália anunciar seu elenco para treinos com vistas para a Copa do Mundo. Jacques Brunel anunciou sua lista com 50 nomes, sem surpresas. O elenco foi dividido entre 40 nomes principais e 10 reservas, que serão chamados apenas se houver necessidade. Dos 50 nomes, quatro atuam no rugby francês (três no Top 14 e um na Pro D2), nove no rugby inglês (oito na Premiership e um no Championship) e três no Eccellenza italiano, enquanto todos os demais jogam no PRO12 por Zebre ou Treviso.

 

Avançados: Matias Aguero (Zebre), Martin Castrogiovanni (Toulon, França), Dario Chistolini (Zebre), Lorenzo Cittadini (Wasps, Inglaterra), Alberto De Marchi (Sale Sharks, Inglaterra), Michele Rizzo (Leicester Tigers, Inglaterra), Leonardo Ghiraldini (Leicester Tigers, Inglaterra), Davide Giazzon (Treviso), Andrea Manici (Zebre), Valerio Barnabo (Zebre), George Biagi (Zebre), Marco Bortolami (Zebre), Joshua Furno (Newcastle Falcons, Inglaterra), Marco Fuser (Treviso), Quintin Geldenhuys (Zebre), Robert Barbieri (Leicester, Inglaterra), Marco Barbini (Treviso), Mauro Bergamasco (Zebre), Simone Favaro (Treviso), Francesco Minto (Treviso), Sergio Parisse (Stade Français, França), Samuela Vunisa (Zebre), Alessandro Zanni (Treviso)
Linha: Edoardo Gori (Treviso), Guglielmo Palazzani (Zebre), Marcello Violi (Calvisano), Kelly Haimona (Zebre), Tommaso Allan (Perpignan, França/2ª divisão), Enrico Bacchin (Treviso), Tommaso Benvenuti (Bristol, Inglaterra/2ª divisão), Michele Campagnaro (Treviso), Angelo Esposito (Treviso), Gonzalo Garcia (Zebre), Andrea Masi (Wasps, Inglaterra), Luke McLean (Sale Sharks, Inglaterra), Luca Morisi (Treviso), Simone Ragusi (Treviso), Leonardo Sarto (Zebre), Giovanbattista Venditti (Zebre), Michele Visentin (Zebre)
Reservas: Tommaso Boni (Mogliano), Carlo Canna (Fiamme Oro), Leandro Cedaro (La Rochelle, França), Tommaso D’Apice (Zebre), Andrea De Marchi (Zebre), Paul Derbyshire (Treviso), Andrea Lovotti (Zebre), Alberto Lucchese (Treviso), Alberto Sgarbi (Treviso), Giulio Toniolatti (Zebre)

Comentários