Copa Europeia de Rugby larga sem partidas na França

ARTIGO COM VÍDEO – A Copa Europeia de Rugby começou triste. Aquela que deveria ter sido uma festiva primeira rodada da temporada 2015-16 foi eclipsada pela tragédia vivida pela França. Por conta dos atentados terroristas em Paris, todos os jogos que seriam disputados em solo francês foram cancelados e ainda não têm data para serem realizados. Ainda assim, nos demais países o alegrou momentaneamente as mentes dos torcedores, com seis partidas sendo realizadas e em altíssimo nível. Os franceses que entraram em campo perderam e quem festejou mais foram os ingleses, com triunfos de Tigers, Saracens, Northampton e Wasps. Os irlandeses do Munster e os galeses do Ospreys também falaram mais alto.

 

A segunda rodada está marcada para o próximo fim de semana, mas definições quanto a realização de partidas na França ainda serão anunciadas.

 

Ingleses começam bem a temporada europeia

Os clubes ingleses começaram com tudo a competição, com vitórias para Tigers, Saracens, Saints e Wasps, todas de grande importância.O Leicester Tigers foi o primeiro a causa impacto, largando na sexta com uma grande vitória sobre o campeão francês Stade Français. O jogo foi na Inglaterra, mas o time de Paris sofreu antes mesmo da tragédia da cidade.

 

Leicester conquistou uma impressionante vitória bonificada, em jogo vibrante. O placar, no entanto, demorou em ser aberto, com os parisienses inaugurando o marcador com try aos 24′, de Julien Tomas, em lindo try, com a bola viajando pela linha francesa com qualidade. A virada veio antes do intervalo, com tries de Goneva e Matt Smith para os ingleses, ambos pela ponta esquerda. E o segundo tempo largou perfeito para os Tigers, com Brendon O’Connor cruzando o in-goal. O jogo pegou fogo e o Stade Français respondeu com seu segundo try, pelas mãos de Paul Williams, aos 52′, com passe de Sergio Parisse, mas os ingleses estavam impossíveis e três minutos depois Ben Youngs cravou o quarto try dos anfitriões. Os franceses sentiram o golpe e só buscaram a reação tardiamente, com Julien Arias fazendo o terceiro try aos 75′. 33 x 20, em bela partida de abertura.

 

O Saracens foi o segundo a se destacar. O clube londrino recebeu o poderoso francês Toulouse e o resultado foi maiúsculo para os Sarries: 32 x 7, sem qualquer chances à reação francesa. O começo da partida foi avassalador, com o Saracens massacrando no primeiro tempo. Owen Farrell não desperdiçou as duas primeiras chances de penal e abriu 6 x 0 em 11 minutos. Dominando por completo a posse de bola, o Saracens cruzou o in-goal logo aos 14′, com Mako Vunipola finalizando após receber de Farrell. Completamente desfocado – e com os atletas ainda atordoados pelas notícias vindas de Paris – o Toulouse foi cometendo penal atrás de penal e Farrell foi implacável adicionando mais três penais em sequência. Aos 36′, jogando com um a menos por amarelo a Census Johnstone, qualquer fio de esperança para os franceses foi embora com Chris Wyles anotando o segundo try para os donos da casa. 27 x 0 no intervalo.

 

O segundo tempo começou como um pesadelo para o Toulouse, que viu em questão de um minuto Wyles novamente achar o espaço para adicionar mais um try aos Sarries. Porém, o que parecia ser uma vitória bonificada não se concretizou. O Toulouse juntou os cacos, Tolofua descontou aos 49′ com o primeiro try dos Rouge et Noir e a defesa occitana falou mais alto no restante da partida. Com tudo para somar o quarto try, o Saracens pecou na segunda etapa e não conseguiu mais cruzar o in-goal. 32 x 7.

 

O Northampton Saints, por sua vez, venceu em casa o Scarlets, em jogo difícil e em aberto até o fim, com os galeses valorizando o triunfo inglês. Os Saints foram rápido em obter o primeiro try, com Ken Pisi recebendo belo passe de JJ Hanrahan para abrir o marcador aos 6′. Porém, o Scarlets era perigoso e tinham o canadense voador DTH van der Merwe, que levou perigo arrancando o primeiro penal para os vermelhos, que Shingler não desperdiçou. O mesmo Shingler ainda chutaria antes do intervalo novo penal, levando a partida ao intervalo em 7 x 6. Antes da ida aos vestiários, Northampton fez uma grande jogada de mãos para Luther Burrell fazer o try, mas o TMO anulou a jogada por agressão de North em Tagicakibau, recebendo amarelo. No segundo tempo, Gareth Davies virou o marcador com try para os galeses, mas os Saints não tardaram a voltarem a frente, com try de Waller, finalizando maul após lateral.  Hanraham ainda chutou mais um penal e a vitória de Northampton se consumou, 15 x 11.

 



 

A grande surpresa da rodada veio do Wasps. O clube de Coventry foi a Dublin enfrentar o poderoso Leinster e criou o caos na tabela de classificação ao impor aos irlandeses sua maior derrota em casa na história do torneio: 33 x 6. A partida começou com Jonny Sexton e Ruaridh Jackson trocando penais fazendo 6 x 6 em 20 minutos. Elliot Daly colocou os visitantes em vantagem com um penal de 50 metros aos 25′ e, logo na sequência, a situação se deteriorou para o Leinster, com Chris Wade apanhou a bola solta para correr para o primeiro try do jogo.

 

Com 16 x 6 no placar, o Wasps cresceu e dominou uma segunda etapa contra um atônito time irlandês. O desastre se consumou aos 47′, com Frank Gali quebrando o tackle e servindo em offload para Simpson fazer o segundo try inglês, dando um verdadeiro banho de água fria nos dublinenses. A defesa do Wasps falou alto e, aos 69′, Jackson somou mais 3 pontos em penal. No fim, ainda houve tempo para Charles Piutau dar números finais à peleja com o terceiro try dos visitantes.

 

Ospreys e Munster emergem vitoriosos

O único inglês que saiu derrotado na rodada foi o Exeter Chiefs, que caiu diante os galeses do Ospreys. 25 x 13, apesar do fraco público, como sempre, presente em Swansea. Os Chiefs, no entanto, largaram em vantagem, com 10 x 6 antes do intervalo, graças ao try do ponta James Short. Porém, os donos da casa se reergueram na segunda etapa, liderados pelos pés de Dan Biggar, que somou mais três penais na segunda etapa (de um total de cinco no jogo) e um crucial drop goal aos 61′. A vitória foi selada com Matavesi interceptando passe para correr para o try da vitória do Ospreys.

 

Por fim, o Munster, da Irlanda, fez seu dever e venceu com bônus os italianos do Treviso por 32 x 7. Os sul-africanos BJ Botha e CJ Stander os dois primeiros tries, mas o bônus só foi conquistado nos minutos finais, com Duncan Casey fazendo o  terceiro try aos 68′ e Simon Zebo dando números finais com try aos 75′.

 

Pontapé inicial também para a Challenge Cup

Além da Champions Cup, foi dado início também à Challenge Cup, a segunda competição europeia, que também não teve jogos em solo francês no fim de semana. A rodada foi também muito ruim para a França, mas ao menos uma equipe saiu vitoriosa, o Brive, que derrotou em casa o Newcastle Falcons por 13 x 9, em jogo realizado na sexta-feira, em horário próximos dos atentados.

 

Os galeses comemoraram com duas vitórias, do Cardiff Blues, superando, como esperado, o Calvisano, da Itália, 50 x 9 fora de casa, e do Dragons, que venceu com louvor o embate de domingo contra os ingleses do Sale Sharks. Em casa, os Dragões fizeram 30 x 12, com Matt Screech fazendo o quarto try preciosos aos 75′.

 

Apesar do insucesso dos Sharks, os demais resultados foram excelente para os ingleses. O Harlequins abriu o torneio batendo o Montpellier por 41  18, apesar dos franceses colocarem alguns nomes importantes em campo. O Worcester passou pelo La Rochelle em casa por 19 x 3, enquanto o London Irish atropelou o Agen por 48 x 10, com o hooker Gerard Ellis e o ponta Alex Lewington somando dois tries cada. Já o Gloucester superou o Zebre por 23 x 10, em partida que os atuais campeões fizeram todos os seus pontos no primeiro tempo, falhando em obter o bônus na segunda etapa.

 

Os escoceses do Edinburgh também comemoraram a vitória de 28 x 10 sobre o Grenoble, mas igualmente sem bônus. Por fim, o Connacht foi à Sibéria para o primeiro histórico jogo de Challenge Cup na Rússia e, diante de 2.500 pessoas, venceu o valente Enisei por 31 x 14, em partida realizada a -20 ºC e com o gramado congelado.

champions cup logo

Rugby Champions Cup 2015-16 – Copa Europeia de Rugby

Grupo 1

Saracens 32 x 7 Toulouse, em Londres

Oyonnax x Ulster, em Oyonnax (adiado)

 

Grupo 2

Bordeaux x Clermont, em Bordeaux (adiado)

Ospreys 25 x 13 Exeter Chiefs, em Swansea

 

Grupo 3

Northampton Saints 15 x 11 Scarlets, em Northampton

Racing x Glasgow Warriors, em Paris (adiado)

 

Grupo 4

Munster 32 x 7 Benetton Treviso, em Limerick

Leicester Tigers 33 x 20 Stade Français, em Leicester

 

Grupo 5

Leinster 6 x 33 Wasps, em Dublin

Toulon x Bath, em Toulon (adiado)

 

Clube Pais Jogos Pontos
Grupo 1
Saracens Inglaterra 6 28
Ulster Irlanda 6 18
Oyonnax França 6 07
Toulouse França 6 05
Grupo 2
Exeter Chiefs Inglaterra 6 16
Bordeaux França 6 16
Ospreys Gales 6 16
Clermont França 6 15
Grupo 3
Racing França 6 22
Northampton Saints Inglaterra 6 19
Glasgow Warriors Escócia 6 14
Scarlets Gales 6 02
Grupo 4
Leicester Tigers Inglaterra 6 23
Stade Français França 6 19
Munster Irlanda 6 15
Benetton Treviso Itália 6 00
Grupo 5
Wasps Inglaterra 6 20
Toulon França 6 20
Bath Inglaterra 6 10
Leinster Irlanda 6 06

 

challenge cup eprc copy copy

Rugby Challenge Cup 2015-16 – Copa Desafio Europeu

Grupo 1

Enisei 14 x 31 Connacht, em Krasnoyarsk

Brive 13 x 9 Newcastle Falcons, em Brive

 

Grupo 2

Dragons 30 x 12 Sale Sharks, em Newport

Pau x Castres, em Pau (adiado)

 

Grupo 3

Harlequins 41 x 18 Montpellier, em Londres

Calvisano 09 x 50 Cardiff Blues, em Calvisano

 

Grupo 4

Worcester Warriors 19 x 03 La Rochelle, em Worcester

Gloucester 23 x 10 Zebre, em Gloucester

 

Grupo 5

London Irish 48 x 10 Agen, em Reading

Edinburgh 28 x 10 Grenoble, em Edimburgo

 

Clube Pais Jogos Pontos
Grupo 1
Connacht Irlanda 6 19
Newcastle Falcons Inglaterra 6 16
Brive França 6 16
Enisei Rússia 6 08
Grupo 2
Sale Sharks Inglaterra 6 23
Dragons Gales 6 20
Castres França 6 15
Pau França 6 00
Grupo 3
Harlequins Inglaterra 6 25
Montpellier França 6 20
Cardiff Blues Gales 6 17
Calvisano Itália 6 00
Grupo 4
Gloucester Inglaterra 6 25
Zebre Itália 6 13
La Rochelle França 6 10
Worcester Warriors Inglaterra 6 05
Grupo 5
Grenoble França 6 22
London Irish Inglaterra 6 17
Edinburgh Escócia 6 17
Agen França 6 02

Comentários