Currie Cup em ação!

Nessa sexta-feira, o mundo irá parar por completo para assistir à abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e as próximas duas semanas serão de olhos grudados em tudo o que rolar na Cidade Maravilhosa. É verdade, mas a vida segue nas modalidades não olímpicas. Na África do Sul, a sexta-feira será de largada para a Currie Cup Premier Division 2016, a divisão de elite do Campeonato Sul-Africano de Rugby XV, uma das competições mais antigas do rugby mundial, criada em 1892.

 

Em 2016, a Currie Cup começou mais cedo, em abril, com as 14 representações provinciais da África do Sul e a seleção de desenvolvimento da Namíbia entrando em campo pela Fase Classificatória. Agora, a partir de agosto, as 9 equipes classificadas jogarão a Premier Division, com todas se enfrentando em turno único, em um total de 8 jogos para cada equipe. As quatro primeiras colocadas avançarão às semifinais e a grande final será no dia 15 de outubro.

 

O modelo de disputa deste ano é novo, com as 6 equipes diretamente ligadas à franquias do Super Rugby já tendo vagas asseguradas na fase final: Western Province (Stormers), Natal Sharks, Eastern Province Kings, Free State Cheetahs, Golden Lions e Blue Bulls. Com isso, a fase classificatória serviu apenas para apurar as demais 3 equipes que disputarão a Premier Division, sendo elas Griquas, Mpumalanga Pumas e Boland Cavaliers. No ano passado, o título foi dos Lions, que derrotaram Western Province na grande final por 32 x 24, prenunciando seu sucesso posterior no Super Rugby.

 

Como se tornou recorrente na era profissional, a Currie Cup corre em paralelo com o Rugby Championship, a principal competição de seleções do Hemisfério Sul, e, com isso, os atletas convocados pelos Springboks desfalcarão seus times na Currie Cup. Com isso, todo prognóstico é dificultado, mas a forma de Lions e Stormers no Super Rugby e o histórico recente de ambos na Currie Cup faz com que Golden Lions e Western Province (campeão de 2014) sejam os favoritos. Bulls, Sharks e Cheetahs devem brigar pelas demais vagas nas semifinais, com Griquas e Pumas, os “pequenos notáveis”, correndo por fora como potenciais zebras. O EP Kings, que folgará na primeira rodada, esteve arriscado de ser excluído do torneio por conta do processo de falência da União de Rugby de Eastern Province. A campanha dos Kings no Super Rugby não ajuda nas expectativas e dificilmente Porto Elizabeth estará representada no mata-mata. Já a novidade de 2016 ficou por conta do Boland Cavaliers, que se reergueu de um péssimo 2015 para retornar à elite da África do Sul pela primeira vez desde 2009, representando a região de Cape Winelands, a região montanhosa ao redor da Cidade do Cabo, de longa tradição no rugby.

 

Nesse dia 05, a primeira rodada será abertura com Boland Cavaliers x Free State Cheetahs, Blue Bulls x Western Province e Pumas x Sharks. Já no sábado os Griquas receberão os Golden Lions, que estarão ainda sem os atletas do Super Rugby, envolvidos na grande final contra o Hurricanes, que acontece mais cedo, na Nova Zelândia.

 

Participantes:

boland cavaliers

Boland Cavaliers

Cidade/Estádio: Wellington – Boland Stadium (3.500 lugares)

Títulos: 0

2015: 13º lugar geral – 5º lugar na 2ª Divisão (Currie Cup First Division)

 

blue bulls

Blue Bulls

Cidade/Estádio: Pretória – Loftus Versfeld (51.700 lugares)

Títulos: 3 títulos do Super Rugby, 23 títulos da Currie Cup e 3 títulos da Vodacom Cup

2015: Semifinalista – 2º lugar na 1ª fase

 

Free_State_Cheetahs_logo

Free State Cheetahs

Cidade/Estádio: Bloemfontein – Free State Stadium (46.000 lugares)

Títulos: 4 títulos da Currie Cup e 1 título da Vodacom Cup

2015: Semifinalista – 4º lugar na 1ª fase

 

griquas

Griquas

Cidade/Estádio: Kimberley – Griquas Park (11.000 lugares)

Títulos: 3 títulos da Currie Cup e 5 títulos da Vodacom Cup

2015: 8º lugar

 

eastern province kings

Eastern Province Kings

Cidade/Estádio: Porto Elizabeth – Nelson Mandela Bay Stadium (46.000 lugares)

Títulos: 0

2015: 7º lugar

 

golden lions(1)

Golden Lions

Cidade/Estádio: Joanesburgo – Ellis Park (62.000 lugares)

Títulos: 10 títulos da Currie Cup e 5 títulos da Vodacom Cup

2015: Campeão – 1º lugar na 1ª fase

 

mpumalanga pumas

Mpumalanga Pumas

Cidade/Estádio: Nelspruit – Mbombela Stadium (40.900 lugares)

Títulos: 1 titulo da Vodacom Cup

2015: 6º lugar

 

natal sharks

Natal Sharks

Cidade/Estádio: Durban – Kings Park (52.000 lugares)

Títulos: 7 títulos da Currie Cup

2015: 5º lugar

 

Western Province

Western Province

Cidade/Estádio: Cidade do Cabo – Newlands Stadium (51.000 lugares)

Títulos: 34 títulos da Currie Cup e 1 título da Vodacom Cup

2015: Vice campeão – 3º lugar na 1ª fase

 

Lista de campeões

1 – Western Province – 33 títulos

2 – Blue Bulls (ex Northern Transvaal) – 23 títulos

3 – Golden Lions (ex Transvaal) – 11 títulos

4 – Natal Sharks – 7 títulos

5 – Free State Cheetahs – 4 títulos

6 – Griquas (ex Griqualand West) – 3 títulos

7 – Border Bulldogs – 2 títulos

Comentários