Definidos os finalistas da Singha Premiership Sevens Series

ARTIGO COM VÍDEOS – Entre os dias 15 e 22 de agosto, a pré-temporada da Premiership inglesa foi esquentada com as disputas do Singha 7s, o circuito de sevens organizada pela liga inglesa, que ainda conta com a participação das quatro equipes galesas do PRO12. O circuito foi rebatizado neste ano com a troca do patrocinador e é um caso único no mundo, pois nenhuma outra grande liga profissional do rugby organiza seu próprio circuito de sevens (as equipes de Super Rugby e Top 14 não dedicam datas de seu calendário à modalidade).

 

O Singha 7s é disputado em duas etapas. Na fase preliminar, os 16 times são divididos em 4 grupos, com 4 grupo sendo realizado em uma sede diferente, em um torneio curto e empolgante de poucas horas. Os dois primeiros de cada grupo ganham a chance de jogar o torneio final. Neste ano, o torneio final ocorre em Londres, no Twickenham Stoop, casa do Harlequins, no próximo dia 28, e os classificados foram: Gloucester, Exeter, Wasps, Harlequins, Newcastle, Sale, da Inglaterra, e Dragons e Scarlets, de Gales.

 

Singha 7s

Grupo A – em Cardiff

Classificação: 1 Dragons, 2 Scarlets, 3 Ospreys, 4 Cardiff Blues

 

 

Grupo B – em Gloucester

Classificação: 1 Gloucester, 2 Exeter Chiefs, 3 Bath, 4 London Irish

 

 

Grupo C – em Coventry

Classificação: 1 Wasps, 2 Harlequins, 3 Saracens, 4 Northampton Saints

 

Grupo D – em Newcastle

Classificação: 1 Newcastle Falcons, 2 Sale Sharks, 3 Worcester Warriors, 4 Leicester Tigers

 

Irlanda recebeu o World Clubs Sevens

Enquanto isso, Limerick, na Irlanda, recebeu o World Clubs Sevens, torneio criado para ser o Mundial de Clubes da modalidade, mas que neste ano foi esvaziado. Os quatro times irlandeses – Leinster, Munster, Ulster e Connacht – eram os destaques do torneio, mas quem roubou a cena foram os fijianos do Daveta, campeões vencendo na final o famoso combinado internacional Samurai International. O Stade Français, da França, e o Lions, da África do Sul, deram as caras e disputaram o torneio com atletas que não estiveram na abertura do Top 14 e na Currie Cup, mas não foram bem.

 

Grupo A: 1 Daveta (Fiji), 2 New York (EUA), 3 Leinster (Irlanda), 4 Stade Français (França);

Grupo B: 1 Canada Maple Leafs (Canadá), 2 Samurai International, 3 Munster (Irlanda), 4 San Francisco (EUA);

Grupo C: 1 Buenos Aires (Argentina), 2 Connacht (Irlanda), 3 Lions (África do Sul), 4 Ulster (Irlanda);

 

Quartas de final

Buenos Aires 21 x 26 Samurai

Maple Leafs 5 x 19 Lions

New York 19 x 21 Connacht

Daveta 40 x 14 Munster

 

Semifinais

Samurai 22 x 17 Lions

Connacht 0 x 26 Daveta

 

Final

Daveta 19 x 17 Samurai

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários