Um giro de notícias internacionais, com destaque para o jogador inglês que trocou o rugby pelo futebol americano.

 

Um inglês na NFL

A NFL – a liga de futebol americano – não terminou ainda mas algumas franquias já pensam na próxima temporada. E o Atlanta Falcons apostou em um talento do rugby! É o inglês Alex Gray, de 26 anos, ex Seleção Inglesa de Sevens, que estava jogando pelo Yorkshire Carnegie, da segunda divisão do Inglaterra, até o meio do ano passado. Desde então, Gray estava se preparando para seu sonho de ir para a outra bola oval e assinou contrato nesta semana para fazer parte do elenco de 90 jogadores dos Falcons.

- Continua depois da publicidade -

 

Houston leva publico grande em jogo de pré temporada da MLR

Os Estados Unidos terão uma nova liga profissional tendo início em abril deste ano, a Major League Rugby. No último dia 6 de janeiro, o Houston SaberCats, um dos 7 membros da MLR, recebeu o Seattle Saracens e levou nada menos que 5,354 torcedores, um recorde para jogos de clubes do país. Bons presságios?

O jogo acabou em 50 x 07 para os SaberCats.

 

Nada de Super Rugby nos Estados Unidos

No ano passado, a notícia de que Los Angeles receberia em 2018 um jogo de pré temporada do Super Rugby foi festejada pelo rugby americano, mas a partida acaba de ser cancelada. Bulls e Stormers duelariam no StubHub Center, mas por questões logísticas optaram por cancelar o duelo, que ocorreria em fevereiro.

 

Mas Gales e Springboks poderão jogar em Washington

Apesar do cancelamento do jogo entre Bulls e Stormers, os Estados Unidos deverão ser palco de um grande amistoso internacional em junho deste ano. A informação publicada na imprensa internacional é que Gales poderá encarar a África do Sul no dia 2 de junho em Washington, no novo estádio do DC United, time de futebol da MLS.

 

Vermeulen voltando para a África do Sul

Na África do Sul, a notícia da volta ao Super Rugby do ícone dos Springboks, o oitavo Duane Vermeulen, foi recebida com entusiasmo. O jogador está hoje no Toulon, da França, mas deixará o time em junho e defenderá em 2019 os Stormers.

 

Frisby no Bordeaux

Apesar da volta de Vermeulen ao Super Rugby, o Hemisfério Sul segue perdendo talentos para a Europa, em especial a Austrália. O scrum-half Nick Frisby é a nova baixa, pois deixará o Reds no meio do ano para atuar pelo Bordeaux, da França.

 

Cooper Vuna no Bath

Outro ex-Wallaby, o ponta Cooper Vuna, que também já defendeu Tonga, é outro que terá casa nova. O jogador deixará o Worcester Warriors e atuará na temporada que vem pelo Bath, permanecendo, assim, na Inglaterra.

 

George Smith é preso!

Ídolo do rugby australiano, o veterano George Smith, de 37 anos, vai encerrando sua carreira atuando em bom nível na Top League japonesa. Mas, ele não terá apenas boas lembranças do Japão. Após ser campeão da liga com o Suntory Sungoliath, Smith foi preso! O incidente ocorreu após o jogador se recusar a pagar uma corrida de táxi, sendo acusado de agressão ao taxista.

 

Foto: Alex Gray