O PRO14 vem discutindo ativamente seu futuro. A liga que hoje reúne 4 times da Irlanda, 4 de Gales, 2 da Escócia, 2 da Itália e 2 da África do Sul poderá ter caras novas em breve.

A entrada de pelo menos 2 novos times sul-africanos já vem sendo negociada e uma terceira equipe italiana é ventilada, mas agora a nova possibilidade é a entrada de uma equipe da Geórgia.

Enquanto as pretensões da Geórgia de entrar no Six Nations vem sendo frustradas, o país do Leste Europeu agora negocia a admissão de uma franquia do país no PRO14, de acordo com matéria da BBC. O país ainda busca alternativas caso não consiga o PRO14, entre elas a Currie Cup sul-africana.

 

- Continua depois da publicidade -

Gales poderá levar uma equipe para o norte do país

Quem também vem debatendo o futuro é o País de Gales. As 4 equipes do país no PRO14 não vivem bom momento financeiro e a possibilidade de fundi-las em apenas 2 equipes foi cogitada pela WRU (a federação galesa, financiadora do sistema de 4 equipes profissionais do país).

A proposta de reduzir o número de times deixou os atletas profissionais galeses e os fãs apreensivos, mas a WRU anunciou nesta semana que seguirá contando com 4 equipes. Entretanto, duas das atuais equipes poderão ser fundidas e uma equipe poderá ser criada representando o norte do país. Todas as 4 equipes profissionais estão atualmente no Sul de Gales, onde vivem cerca de 3/4 da população galesa.

 

Namíbia e Zimbábue no Rugby Challenge Shield sul-africano

Enquanto isso, a competição de desenvolvimento da África do Sul de primeiro semestre, o Rugby Challenge (abaixo de Super Rugby, PRO14 e Currie Cup na hierarquia do rugby sul-africano) foi remodelado e ganhou a adição da seleção do Zimbábue, que fará companhia ao Namíbia Welwitschias (a seleção da Namíbia formada apenas por atletas que atuam dentro do país) como as equipes estrangeiras.

O novo modelo dividiu o Challenge em 2 torneios paralelos: o Rugby Challenge Cup e o Rugby Challenge Shield, ambos rolando de 27 de abril a 20 de junho, antes do início da Currie Cup (o Campeonato Sul-Africano) e em paralelo ao Super Rugby.

Namíbia e Zimbábue estão no Grupo A do Shield, junto de Leopards e Griffons. No Grupo B estão Falcons, Cavaliers, Eagles e Elephants. Os Bulldogs foram declarados insolventes e suspensos.

Na Cup estão os times B de Bulls, Lions, Sharks, Western Province (Stormers) e Cheetahs, além de Mpumalanga Pumas e Griquas.