ARTIGO COM VÍDEOS – Entre o dia 30 de dezembro e o dia 1ª de janeiro o Guinness PRO14 animou ainda mais as festas de suas torcedores com rodada repleta de clássicos! Glasgow, Leinster e Scarlets venceram e seguem dominando a competição.

A rodada começou no sábado, dia do muito aguardado segundo encontro de Glasgow e Edinburgh, no apimentado clássico escocês. A batalha foi desta vez em Glasgow, após o Edinburgh vencer em casa no dia 23, e a cena foi roubada por um alarme de incêndio que fez o jogo ser interrompido no primeiro tempo, com a evacuação do estádio. Com a situação normalizada, Glasgow falou mais alto vencendo por 17 x 00, em jogo tenso que se arrastou em apenas 12 x 0 (4 penais de Russell) para os donos da casa até o fim, quando Lee Jones correu para o try que sacramentou a vitória dos Warriors. A partir desta temporada, a 1872 Cup (o troféu dado ao vencedor dos duelos entre os dois times escoceses) terá 3 partidas. A próxima e decisiva será em abril e quem vencer ficará com a taça.

Também no dia 30, o torcedor de Parma saiu frustrado com o Zebre perdendo novamente o clássico italiano para o Treviso. 20 x 16, com Dean Budd marcando o try decisivo para os vênetos aos 69′.

O dia 31, Gales parou para seus clássicos. Primeiro, os Dragons caíram em casa contra os Ospreys, 22 x 09, permitindo ao time de Ospreys respirar em sua luta contra a lanterna do Grupo A. Na sequência, os Scarlets foram a Cardiff e bateram os Blues por 14 x 11, com Patchell brilhando pelos visitantes contra seu ex time fazendo o try da vitória.


Já o dia 1º foi de clássicos na Irlanda, com o país respirando rivalidades. Primeiro, o Leinster recebeu o Connacht e não teve vida fácil, vencendo por apenas 21 x 18. Luke McGrath fez o try crucial no fim do jogo, mas Matt Healy marcou para o Connacht e o jogo ficou dramático até o final.

Por fim, o Ulster recebeu o Munster e saiu da má fase vencendo de virada para o delírio da torcida em Belfast. O Munster abriu 17 x 00 com 2 tries no primeiro tempo, mas o Ulster reagiu brilhantemente com 4 tries na segunda etapa para vencer por 24 x 17. Craig Gilroy marcou os tries da virada, aos 61′ e aos 73′, enquanto Rob Lyttle fez o try que sacramentou o triunfo do time da Irlanda do Norte.

Os sul-africanos não entraram em campo, com seus atletas de recesso nas rodadas de Natal e Ano Novo – depois de uma temporada tão desgastante. Cheetahs e Kings irão a campo apenas no próximo fim de semana e jogarão suas duas rodadas de adiadas – os dois jogos do dérbi entre os dois times – no período que os europeus estarão disputando a Champions Cup – dias 13 e 20.

 

- Continua depois da publicidade -

Guinness PRO14 – Liga de Irlanda, Gales, Escócia, Itália e África do Sul

Leinster 21 x 18 Connacht

Dragons 09 x 22 Ospreys

Cardiff Blues 11 x 14 Scarlets

Glasgow Warriors 17 x 00 Edinburgh

Zebre 16 x 20 Treviso

Ulster 24 x 17 Munster

ClubePaísCidadeJogosPontos
Grupo A
Glasgow WarriorsEscóciaGlasgow2075
MunsterIrlandaLimerick/Cork2067
CheetahsÁfrica do SulBloemfontein2058
Cardiff BluesGalesCardiff2053
OspreysGalesSwansea2040
ConnachtIrlandaGalway2034
ZebreItáliaParma2032
Grupo B
LeinsterIrlandaDublin2070
ScarletsGalesLlanelli2065
EdinburghEscóciaEdimburgo2064
UlsterIrlandaBelfast2060
Benetton TrevisoItáliaTreviso2054
DragonsGalesNewport2020
KingsÁfrica do SulPorto Elizabeth2011
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1ºs colocados de cada grupo = classificação direto às Semifinais e à Champions Cup;
- 2ºs e 3ºs lugares de cada grupo - classificação à Repescagem para as Semifinais e à Champions Cup;
- 4ºs colocados - repescagem pela Champions Cup;
- Nota: as equipes sul-africanas não podem se classificar à Champions Cup;

 

Foto: Glasgow x Edinburgh – PRO14/Inpho