Grã-Bretanha revela lista de atletas pensando no Rio 2016

Simon Amor, técnico da seleção de sevens da Inglaterra, revelou sua lista de convocados para a seleção masculina de sevens da Grã-Bretanha, da qual também é treinador. A lista preliminar para treinamentos conta com 25 jogadores, que terão atividades conjuntas a partir do dia 30 de maio. Ao todo, são 19 especialistas em sevens – 12 da seleção inglesa, 4 da seleção escocesa e 3 da seleção galesa – e 6 profissionais do XV, sendo 3 atletas de equipes do PRO12 e 3 da Premiership: Cory Allen (galês, Cardiff Blues), Mark Bennett (escocês, Glasgow Warriors), James Davies (galês, Scarlets), Ollie Lindsay-Hague (inglês Harlequins), Joe Simpson (inglês, Wasps) e Marcus Watson (inglês, Newcastle Falcons).

 

Ao todo, portanto, a lista preliminar britânica tem 15 ingleses, 5 escoceses, 5 galeses e nenhum norte-irlandês. Tanto o time final masculino como o feminino serão anunciados no dia 19 de julho.

 

Nos Jogos Olímpicos, Inglaterra, Gales e Escócia não podem ter representação própria, unidos pelo Comitê Olímpico Britânico e jogando como Grã-Bretanha. Já os atletas da Irlanda do Norte – que, junto da Grã-Bretanha, forma o Reino Unido – podem optar por defender a Grã-Bretanha ou a República da Irlanda. A Grã-Bretanha também não pode ser representada pelos British and Irish Lions, uma vez que não abrange toda a Irlanda.

 

Cory Allen (Cardiff Blues), Mark Bennett (Glasgow Warriors), Dan Bibby (England Sevens), Tom Bowen (England Sevens), Phil Burgess (England Sevens), Sam Cross (Wales Sevens), James Davies (Scarlets), Alex Davis (England Sevens), Richard de Carpentier (England Sevens), Jamie Farndale (Scotland Sevens), Alex Gray (England Sevens), Charlie Hayter (England Sevens), Warwick Lahmert (England Sevens), Ollie Lindsay-Hague (Harlequins), Gavin Lowe (Scotland Sevens), Ruaridh McConnochie (England Sevens), Tom Mitchell (England Sevens), Luke Morgan (Wales Sevens), Dan Norton (England Sevens), Scott Riddell (Scotland Sevens), Mark Robertson (Scotland Sevens), James Rodwell (England Sevens), Joe Simpson (Wasps), Luke Treharne (Wales Sevens), Marcus Watson (Newcastle Falcons)

 

Calendário do Grand Prix Europeu terá 3 etapas

Em junho e julho, a seleção britânica disputará sua primeira competição, como parte de sua preparação para o Rio 2016: o Grand Prix Europeu, o Circuito Europeu de Sevens.

 

O Grand Prix teve confirmada as suas etapas masculinas. Serão ao todo três torneios: em Moscou (Rússia), nos dias 4 e 5 de junho; Exeter (Inglaterra) nos dias 9 e 10; e Gdynia (Polônia), no dias 16 e 17. A Grã-Bretanha substituirá Inglaterra e Gales na elite do circuito e, com isso, jogará os três torneios com suas seleções A e B – oportunidade para Amor testar todos os seus convocados antes de anunciar a convocação final. Além das duas seleções britânicas, são seleções centrais do Grand Prix Europeu: França (atual campeã), Rússia, Portugal, Espanha, Alemanha, Itália, Bélgica, Geórgia, Lituânia e Polônia (recém-promovida). A equipe que acabar em último lugar na classificação geral após os três torneios será rebaixada.

 

Já o Grand Prix Feminino terá duas etapas: em Kazan (Rússia), nos dias 11 e 12 de junho; e em Brive (França), nos dias 24 e 25 de setembro. A Grã-Bretanha também terá duas seleções no circuito feminino e, além das britânicas, são seleções centrais França (atual campeã), Rússia, Espanha, Irlanda, Portugal, Holanda, Itália, Ucrânia, Bélgica e Finlândia. As duas últimas colocadas serão rebaixadas.

Comentários