Hoje tem a decisão da Copa das Nações do Pacífico

Hoje é dia de decisão! O Swangard Stadium, em Burnaby região de Vancouver, no Canadá, recebe rodada tripla da Copa das Nações do Pacífico, com as partidas finais do torneio. Primeiro, é a vez de Tonga e Japão jogarem pelo terceiro lugar  Na sequência, a torcida canadense aproveita o feriado de segunda-feira para acompanhar sua seleção na disputa pelo quinto lugar contra os Estados Unidos. Por último, a decisão do título entre Fiji e Samoa. E tudo poderá ser assistido AO VIVO pelo www.worldrugby.org.

 

Para o clássico norte-americano, a vantagem histórica é do Canadá, que tradicionalmente é superior aos EUA. Porém, neste ano, a situação é inversa no papel, com os estadunidenses vindos de uma campanha muito melhor. As Águias venceram uma de suas três partidas na primeira fase, batendo o Japão, ao passo que o Canadá é o único time sem vitórias, apesar de ter jogado duas de suas três partidas em casa no torneio. No ano passado, os EUA quebraram o tabu que vinha desde 2009 sem vitórias sobre os Canucks e chegam moralmente fortalecidos. Para os canadenses, os fator de equilíbrio é a torcida a seu favor. O maior perigo para o Canadá está na reta final do segundo tempo, quando ao logo da competição o Canadá se mostrou frágil e os EUA fortes. A vantagem física parece estar a favor das Águias.

 

No jogo pelo terceiro lugar, o equilíbrio é a tônica entre Tonga e Japão, tanto no presente como na história. Tonga tem apenas uma vitória a mais sobre o Japão do que o Japão sobre Tonga até hoje e as duas equipes mostraram bons momentos no torneio. O Japão  vacilou contra os EUA, mas quase superou Samoa, além de ter vencido com categoria o Canadá, mostrando um time de jogo intenso os oitenta minutos. Tonga terá como grande argumento a força de sua primeira linha, superior à japonesa. Na linha, Tonga mostrou qualidade também, mas ainda peca na criação de jogos. Os tonganeses também venceram bem o Canadá, mas fizeram o que os japoneses não conseguiram: derrotaram com contundência os EUA. A única derrota veio no detalhe, permitindo uma reação tardia que deu a vitória a Fiji. Pelo que mostrou até aqui, Tonga sai na frente.

 

E na grande final? Os rivais Fiji e Samoa voltam a se enfrentar, após o empate épico de 30 x 30 na abertura do campeonato. Fiji mostrou muita evolução naquela oportunidade, aproveitando que Samoa não tinha força máxima. O time samoano para a final é melhor, com Autagavaia, Leota e Fotuli’i em campo, ganhando em criatividade e qualidade na linha, onde a vantagem é, no papel, de Fiji. Os fijianos apostaram desta vez em Matawalu com a camisa 9, o que pode pender a seu favor, ganhando muita qualidade no setor criativo, fazendo uma promissora dupla com Volavola. Tikoroituma, Nayacalevu e Lovobalavu ingressam na linha, tornando Fiji ainda mais perigoso. No pack, no entanto, a vantagem é samoana, sobretudo na primeira linha, com Perenise e Taulafo em forma inspiradora. O embate mais importante ocorrerá no breakdown, com Matadigo reforçando a terceira linha fijiana, jogando ao lado de Qera e Waqaniburotu, ao passo que Samoa tem uma formação, em tese, com menos qualidade e experiência, com Lam, Vavae Tuilagi e Levave. Fiji mais próximo do título.

 

Segunda-feira, dia 3 de agosto

tonga copyversus(16)japão logo novo copiar

15h00 – Tonga x Japão – disputa do 3º lugar

Árbitro: Angus Gardner (Austrália)

 

Tonga: 15 Vunga Lilo, 14 ‘Otulea Katoa, 13 Sione Puikala, 12 Viliami Tahitu’a, 11 Fetu’u Vainikolo, 10 Kurt Morath, 9 Sonatane Takulua, 8 Hale T-Pole, 7 Nili Latu (c), 6 Jack Ram, 5 Uili Kolo’ofa’i, 4 Lua Lokotui, 3 Halani Aulika, 2 Elvis Taione, 1 Tevita Mailau.

Suplentes: 16 Kalafi Pongi, 17 Soane Tonga’uiha, 18 Sila Puafisi, 19 Sosefo Sakalia, 20 Viliami Fihaki, 21 Wayne Ngaluafe, 22 Martin Naufahu, 23 Latiume Fosita.

 

Japão: 15 Ayumu Goromaru, 14 Karne Hesketh, 13 Kotaro Matsushima, 12 Harumichi Tatekawa, 11 Yoshikazu Fujita, 10 Kosei Ono, 9 Fumiaki Tanaka, 8 Ryu Holani, 7 Michael Broadhurst, 6 Michael Leitch (c), 5 Hitoshi Ono, 4 Shoji Ito, 3 Hiroshi Yamashita, 2 Shota Horie, 1 Keita Inagaki.

Suplentes: 16 Hisateru Hirashima, 17 Hiroki Yuhara, 18 Kensuke Hatakeyama, 19 Hayden Hopgood, 20 Hendrik Tui, 21 Atsushi Hiwasa, 22 Craig Wing, 23 Tim Bennetts.

 

Histórico: 15 jogos, 8 vitórias de Tonga e 7 vitórias do Japão. Último jogo: Japão 17 x 27 Tonga, em 2013.

 

usaversus(16)canada copy copy

18h00 – Estados Unidos x Canadá – disputa do 5º lugar

Árbitro: Alexandre Ruiz

 

Estados Unidos: 15 Chris Wyles (c), 14 Brett Thompson, 13 Folau Niua, 12 Andrew Suniula, 11 Zack Test, 10 AJ MacGinty, 9 Mike Petri, 8 Danny Barrett, 7 Andrew Durutalo, 6 Scott Lavalla, 5 Greg Peterson, 4 Hayden Smith, 3 Titi Lamositele, 2 Zack Fenoglio, 1 Eric Fry.

Suplentes: 16 Phil Thiel, 17 Matekitonga Moeakiola, 18 Chris Baumann, 19 Cameron Dolan, 20 John Quill, 21 Al McFarland, 22 Shalom Suniula, 23 Thretton Palamo

 

Canadá: 15 Harry Jones, 14 Jeff Hassler, 13 Ciaran Hearn, 12 Connor Braid, 11 Conor Trainor, 10 Liam Underwood, 9 Jamie Mackenzie, 8 Richard Thorpe, 7 John Moonlight, 6 Kyle Gilmour, 5 Brett Beukeboom, 4 Jon Phelan, 3 Jake Ilnicki, 2 Aaron Carpenter (c), 1 Hubert Buydens.

Suplentes: 16 Ray Barkwill, 17 Djustice Sears-Duru, 18 Doug Wooldridge, 19 Evan Olmstead, 20 Nanyak Dala, 21 Phil Mack, 22 Nick Blevins, 23 James Pritchard.

 

Histórico: 52 jogos, 38 vitórias do Canadá, 13 vitórias dos Estados Unidos e 1 empate. Último jogo: Estados Unidos 38 x 35 Canadá, em 2014.

 

fiji copyversus(16)samoa copy

21h00 – Fiji x Samoa – FINAL

Árbitro: Pascal Gauzère (França)

 

Fiji: 15 Kini Murimurivalu, 14 Metuisela Talebula, 13 Waisea Nayacalevu, 12 Gabiriele Lovobalavu, 11 Asaeli Tikoirotuma, 10 Josh Matavesi, 9 Niko Matawalu, 8 Masi Matadigo, 7 Akapusi Qera (c), 6 Dominiko Waqaniburotu, 5 Leone Nakarawa, 4 Tevita Cavubati, 3 Manasa Saulo, 2 Sunia Koto, 1 Campese Ma’afu.

Suplentes: 16 Tuapati Talemaitoga, 17 Peni Ravai, 18 Isei Colati, 19 Nemia Soqeta, 20 Peceli Yato, 21 Nemia Kenatale, 22 Ben Volavola, 23 Napolioni Nalaga.

 

Samoa: 15 Ahsee Tuala, 14 Fa’atoina Autagavaia, 13 Johnny Leota, 12 Faialaga Afamasaga, 11 Alesana Tuilagi (c), 10 Michael Stanley, 9 Kahn Fotuali’i, 8 Vavae Tuilagi, 7 Jack Lam, 6 Faifili Levave, 5 Fa’tiga Lemalu, 4 Joe Tekori, 3 Anthony Perenise, 2 Manu Leiautaua, 1 Zak Taulafo.

Suplentes: 16 Andrew Williams, 17 Viliamu Afatia, 18 Jake Grey, 19 Filo Paulo, 20 TJ Ioane, 21 Vavao Afemai, 22 Patrick Faapale, 23 Sinoti Sinoti.

 

Histórico: 51 jogos, 28 vitórias de Fiji, 19 vitórias de Samoa e 4 empates. Último jogo, Fiji 30 x 30 Samoa, em 2015.

 

*Horários de Brasília

 

Foto: WorldRugby.org

Comentários