O Americas Rugby Championship chegará ao fim de sua segunda edição. Entre sexta e sábado, a competição viverá sua última rodada, com Argentina e Estados Unidos jogando pelo título e o Brasil buscando melhorar sua posição com relação ao ano passado.

 

A largada da jornada será na sexta-feira no Pacaembu, com o Brasil recebendo o Canadá. Clique aqui para saber tudo sobre o jogo. Muitas mudanças nos XVs dos dois lados e o quarto lugar geral em jogo para Tupis e Canucks.

 

- Continua depois da publicidade -

No sábado, a ação começará com o Uruguai recebendo o Chile. Os dois países fizeram um jogão no ano passado no Chile, que acabou em vitória uruguaia por 23 x 20. Depois, os Teros fizeram um placar bem maior no Sul-Americano, 39 x 14. A última vez que os chilenos venceram em Montevidéu foi em 2011, mas desta vez quem está por cima são os uruguaios, após baterem os canadenses em Maldonado. O Uruguai não terá seu scrum-half de qualidade Arata, lesionado, mas a base do time é a que venceu os Canucks. Para os chilenos, poderá ser jogo de vida ou morte, pois se o Brasil cair contra o Canadá os Cóndores terão uma chance de escaparem da colher de pau (último lugar).

 

Depois, será a vez de Argentina XV e Estados Unidos decidirem o título da competição. Os dois países estão empatados em pontos e invictos, sendo que quem vencer em Comodoro Rivadavia, na Patagônia, ficará com a taça. No ano passado, na Califórnia, as duas seleções fizeram um jogão que acabou em empate de 35 x 35 (em 2017, novo empate daria o título aos argentinos).

 

Felipe Contepomi, técnico da Argentina XV, mudou muito o time que derrotou o Brasil. O comandante argentino trouxe o centro dos Jaguares Gabriel Ascárate para reforçar o grupo, enquanto Boffelli voltou ao time do Super Rugby. Cancelliere e Miotti seguirão como dupla de 9 e 10, com Schulz, oriundo do sevens, dando qualidade à linha. Já no pack o time é ainda mais forte, com Francisco Gorrissen entrando na asa e uma nova primeira linha com Francisco Ferronato, Gaspar Baldunciel e Santiago Medrano.

 

Já John Mitchell, dos Estados Unidos, fez apenas três mudanças nas Águias, tendo perdido o veterano Todd Clever, que será substituído por John Quill. Anthony Purpura voltará à primeira linha e Will Magie ganhou nova chance como o 10 do time, com Ben Cima trocando a 10 pela 15 e Mike Te’o deixando a 15 pela 14, dando potência à ponta. Cima é hoje o artilheiro do Americas Rugby Championship, com 6 pontos a mais que o brasileiro Moisés Duque.

 

Europa não terá Six Nations, mas contará com bons jogos

O Rugby Europe Championship chegará à sua 3ª rodada, com um jogão pela frente: o clássico entre Romênia e Rússia. Os russos terão o mando de jogo e é crucial na luta pela Copa do Mundo de 2019, já que no papel as duas seleções são tidas como as mais fortes pela vaga europeia. A Rússia venceu a Romênia em 2015, na última vez que os dois países se enfrentaram em solo russos, mas a vitória em 2016 foi romena, na Romênia. Nenhum dos dois convenceu nas duas primeiras rodadas, o que aumenta a tensão para o jogo.

 

A Geórgia já tem sua vaga na Copa do Mundo e visita a Espanha, que após vencer os Ursos na estreia está confiante para mais um desafio em casa, de olho em voltar ao Mundial pela primeira vez desde 1999. No outro duelo, a Alemanha recebe a Bélgica, em jogo entre as equipes que largaram a temporada tidas como as mais fracas, mas que já deram sustos nos favoritas e provaram evolução.

 

Já na Holanda, a Laranja, líder do Rugby Europe Trophy, receberá o vice líder Portugal, em batalha que valerá não apenas a sequência no sonho do título e da promoção ao Championship como também a sequência nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019. O campeão do Trophy enfrentarão o campeão da Conference (as duas divisões inferiores da Europa) valendo um lugar na Repescagem Europeia contra o segundo melhor do Championship (excluindo a Geórgia).

 

*Horários de Brasília

Sexta-feira, dia 03 de março

tupi logoversus copiarcanada copy copy

19h10 – Brasil x Canadá, em São Paulo (Pacaembu) – ESPN AO VIVO

Árbitro: Damián Schneider (Argentina)

 

Brasil: 1 Jonatas Paulo “Chabal”, 2 Yan Rosetti, 3 Pedro Bengaló, 4 Lucas Piero “Bruxinho”, 5 Luiz Vieira “Monstro”, 6 André Arruda “Buda”, 7 Arthur Bergo, 8 NicK Smith (c), 9 Lucas Duque “Tanque”, 10 Josh Reeves, 11 Stefano Giantorno, 12 Moisés Duque, 13 Felipe Sancery, 14 Ariel Rodrigues, 15 Daniel Sancery;

Suplentes: 16 Luan Almeida “Big”, 17 Wilton Rebolo “Nelson”, 18 Matheus Rocha “Blade”, 19 Diego Lopez “Diegão”, 20 João Luiz da Ros “Ige”, 21 Matheus Cruz, 22 Matheus Cláudio, 23 Lucas Tranquez “Zé”;

 

Canadá: 1 Rob Brouwer, 2 Eric Howard, 3 Matt Tierney, 4 Brett Beukeboom, 5 Liam Chisholm, 6 Matt Beukeboom, 7 Lucas Rumball, 8 Admir Cejvanovic, 9 Gordon McRorie (c), 10 Gradyn Bowd, 11 Rory McDonell, 12 Nick Blevins, 13 Conor Trainor, 14 Dan Moor, 15 Guiseppe du Toit;

Suplentes: 16 Ray Barkwill, 17 Djustice Sears-Duru, 18 Cole Keith, 19 Reegan O’Gorman, 20 Clay Panga, 21 Phil Mack, 22 George Barton, 23 Brock Staller;

 

Sábado, dia 04 de março

russia copy copy copy copy copyversus copiarromênia copy

07h00 – Rússia x Romênia, em Sochi – Rugby Europe ChampionshipRugbyEurope TV online

Histórico: 18 jogos, 12 vitórias da Romênia e 6 vitórias da Rússia. Último jogo: Romênia 30 x 00 Rússia, em 2016 (Europeu de Nações);

alemanha logo aguiaversus copiarbelgica logo

10h00 – Alemanha x Bélgica, em Offenbach – Rugby Europe ChampionshipRugbyEurope TV online

Histórico: 17 jogos, 8 vitórias da Alemanha, 8 vitórias da Bélgica e 1 empate. Último jogo: Alemanha 29 x 30 Bélgica, em 2012 (Europeu de Nações 1B);

holanda logo verticalversus copiarportugal rugby logo

11h00 – Holanda x Portugal, em Amsterdã – Rugby Europe TrophyRugbyEurope TV online

Histórico: 12 jogos, 8 vitórias de Portugal, 3 vitórias da Holanda e 1 empate. Último jogo: Holanda 11 x 27 Portugal, em 2002 (Europeu de Nações);

 

espanha(3)versus copiargeorgia copy copy copy

12h00 – Espanha x Geórgia, em Medina del Campo – Rugby Europe ChampionshipRugbyEurope TV online

Histórico: 16 jogos, 12 vitórias da Geórgia, 3 vitórias da Espanha e 1 empate. Último jogo: Geórgia 38 x 07 Espanha, em 2016 (Europeu de Nações);

 

uru novo copy copyversus copiarchile logo novo

16h00 – Uruguai x Chile, em Montevidéu – Watch ESPN AO VIVO

Árbitro: Kurt Weaver (Estados Unidos)

 

Uruguai: 1 Mateo Sanguinetti, 2 Martín Espiga, 3 Juan Echeverría, 4 Ignacio Dotti, 5 Diego Magno, 6 Juan Manuel Gaminara (capt.), 7 Rodolfo Garese, 8 Alejandro Nieto, 9 Guillermo Lijtenstein, 10 Germán Albanell, 11 Nicolás Freitas, 12 Andrés Vilaseca, 13 Juan Manuel Cat, 14 Leandro Leivas, 15 Rodrigo Silva;

Suplentes: 16 Facundo Gattas, 17 Matías Benítez, 18 Mario Sagario, 19 Diego Ayala, 20 Gonzalo Soto, 21 Lucas Durán, 22 Gastón Mieres, 23 Juan de Freitas

 

Chile: 1 Claudio Zamorano, 2 Manuel Gurruchaga (c), 3 José Tomás Munita, 4 Mario Mayol, 5 Nikola Bursic, 6 Cristóbal Niedmann, 7 Anton Petrowitsch, 8 Benjamín Soto, 9 Juan Pablo Larenas, 10 Francisco González Moller, 11 Tomás Ianiszewski, 12 Ricardo Sifri, 13 José Ignacio Larenas, 14 Mauricio Urrutia, 15 Rodrigo Fernández;

Suplentes: 16 Rodrigo Moya, 17 Vittorio Lastra, 18 Lucas Bordigoni, 19 Manuel Dagnino, 20 Arturo Seeman, 21 Sergio Bascuñan, 22 Jorge Castillo, 23 Martín Fernández;

 

Histórico: 48 jogos, 36 vitórias da Uruguai, 11 vitórias do Chile e 1 empate. Último jogo: Uruguai 39 x 14 Chile, em 2016 (Sul-Americano);

 

UAR_copy_copy.jpgversus copiarusa_rugby_logo

17h40 – Argentina XV x Estados Unidos, em Comorodo Rivadavia – Watch ESPN AO VIVO / VT: domingo, às 13h00, na ESPN

Árbitro: Joaquín Montes (Uruguai)

 

Argentina XV: 1 Francisco Ferronato, 2 Gaspar Baldunciel, 3 Santiago Medrano, 4 Pedro Ortega, 5 Ignacio Larrague, 6 Francisco Gorrissen, 7 Lautaro Bavaro (c), 8 Tomás de la Vega, 9 Sebastián Cancelliere, 10 Domingo Miotti, 11 Julián Domínguez, 12 Bruno Devoto, 13 Santiago Álvarez, 14 Germán Schulz, 15 Gabriel Ascárate;

Suplentes: 16 Marcelo Brandi, 17 Franco Brarda, 18 Eduardo Bello, 19 Franco Molina, 20 Santiago Montagner, 21 Lautaro Bazán, 22 Juan Cruz González, 23 Franco Cuaranta;

 

Estados Unidos: 1 Anthony Purpura, 2 James Hilterbrand, 3 Chris Baumann, 4 Matt Jensen, 5 Siaosi Mahoni, 6 John Quill, 7 Tony Lamborn, 8 Cam Dolan, 9 Shaun Davies, 10 Will Magie, 11 Nate Augspurger (capt.), 12 JP Eloff, 13 Bryce Campbell, 14 Mike Te’o, 15 Ben Cima;

Suplentes: 16 Peter Malcolm, 17 Ben Tarr, 18 Olive Kilifi, 19 Hanco Germishuys, 20 David Tameilau, 21 Calvin Whiting, 22 Ryan Matyas, 23 Spike Davis;

 

Histórico: 1 jogo e 1 empate, 35 x 35, em 2016 (Americas Rugby Championship);

 

Classificação do Americas Rugby Championship

EquipeApelidoPJVED4+-7PPPCSP
Estados UnidosEagles2354104021596119
Argentina XVArgentina XV2254103022862166
UruguaiTeros15530221120125-5
BrasilTupis852030063179-116
CanadáCanucks8510422112127-15
ChileCóndores050050051200-149

 

Classificação do Rugby Europe Championship

SeleçãoJogosPontos 2017Pontos 2017-2018 (Eliminatórias)
Romênia51919
Geórgia*519-
Espanha51313
Rússia599
Alemanha588
Bélgica522
*Não disputa as Eliminatórias

 

Classificação do Rugby Europe Trophy

SeleçãoJogosPontos
Portugal524
Holanda515
Suíça513
Polônia512
Moldávia56
Ucrânia50
- Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
- Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto

- Campeão - classificado à Repescagem de Promoção contra o último colocado do Rugby Europe Championship (1ª divisão) e classificado ao mata-mata da Repescagem Europeia das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019;
- Último colocado - Rebaixado à Conference 1 (3ª divisão);