INPHO - Six Nations

ARTIGO COM VÍDEO – A Irlanda é campeã do Six Nations! O 4º título na última década para os irlandeses, o 3º nos últimos 5 anos e o 14º em toda a história! O título foi conquista neste sábado, ainda na penúltima rodada, graças a um clínica e precisa vitória sobre a Escócia em Dublin por 28 x 08 que, somada à derrota inglesa para a França no jogo seguinte, significou uma comemoração com algumas horas de atraso, mas não menos intensa.

A Escócia foi a Dublin precisando quebrar um último jejum para ainda manterem vivas suas chances de título: a vitória fora de casa. Os escoceses não conseguem vitórias fora de seus domínios contra seus qualquer um de seus três rivais das Ilhas Britânicas (Inglaterra, Gales e Irlanda) desde 2010. Mas, do outro lado estava a fortaleza irlandesa, invicta e sonhando com o título. O resultado foi um jogo apertado no primeiro tempo, mas totalmente a favor dos verdes na segunda etapa.

Quem abriu o placar foram os escoceses, com um penal de Greig Laidlaw chutado aos 13′. Os escoceses impunham grande pressão no breakdown e conseguiam manter a posse de bola na intermediária, mas falhavam sistematicamente em manterem o domínio dentro das 22 de defesa. E o primeiro golpe produzido pela pressão irlandesa na saída de bola escocesa foi sentido aos 22′, com passe de Peter Horne para Stuart Hogg sendo interceptado pelo endiabrado Stockdale, que disparou meio campo para marcar seu quinto try na competição, com apenas 21 anos, seguindo como o artilheiro de tries do Six Nations 2018.

Aos 28′, a Escócia teve uma chance incrível perdida. Huw Jones chutou pela ponta, apanhou a bola e só precisava entregar o passe para Stuart Hogg cravar o try da virada, mas o passe saiu muito ruim para o fullback. Quem não faz, leva, e, já com o tempo esgotado, o Trevo voltou a ter boa oportunidade com a bola no ataque e não desperdiçou. Depois de Rob Kearney levar os verdes ao ataque, as fases foram bem jogadas e Ringrose inverteu a jogada encontrando em belo passo de novo Stockdale, que cravou o segundo (e cruel) try irlandês.

- Continua depois da publicidade -

Depois disso, os visitantes não se encontraram e os donos da casa prosperaram. Aos 45′, a Irlanda apostou no maul e Conor Murray saiu bem da formação para marcar o terceiro try verde, que foi um banho de água fria nos azuis.

Aos 50′, os escoceses ainda tiveram fôlego para encontrarem seu try, com bela ação de mãos após scrum nas 22, com o jovem Blair Kinghorn, de 21 anos, finalizando com personalidade na ponta. Mas, a Escócia não teve o volume necessário para a virada na segunda etapa.

A Irlanda definiu o jogo aos 68′, com outro maul bem montado e finalizado pelo hooker Sean Cronin, provando a vasta qualidade do banco de reservas irlandês. 28 x 08 e fim de papo. Vitória da Irlanda, que se provaria a vitória do título horas mais tarde.

Após esse triunfo, a Irlanda ainda tentará um último feito na próxima rodada. Os irlandeses irão a Londres, em pleno Dia de São Patrício (St. Patrick’s Day, dia 17 de março) e, se venceram, conquistaram o tão cobiçado Grand Slam (o título dado ao campeão que vence todas as suas partidas). Já a Escócia tentará encerrar bem o torneio duelando com a Itália.

irlanda copy28versus copiar08

Irlanda 28 x 08 Escócia, em Dublin

Árbitro: Wayne Barnes (Inglaterra)

Irlanda

Tries: Stockdale (2), Murray e Cronin

Conversões: Sexton (4)

15 Rob Kearney, 14 Keith Earls, 13 Garry Ringrose, 12 Bundee Aki, 11 Jacob Stockdale, 10 Johnny Sexton, 9 Conor Murray, 8 CJ Stander, 7 Dan Leavy, 6 Peter O’Mahony, 5 Devin Toner, 4 James Ryan, 3 Tadhg Furlong, 2 Rory Best, 1 Cian Healy;

Suplentes: 16 Sean Cronin, 17 Jack McGrath, 18 Andrew Porter, 19 Iain Henderson, 20 Jordi Murphy, 21 Kieran Marmion, 22 Joey Carbery, 23 Jordan Larmour;

Escócia

Try: Kinghorn

Penal: Laidlaw (1)

15 Stuart Hogg, 14 Blair Kinghorn, 13 Huw Jones, 12 Pete Horne, 11 Sean Maitland, 10 Finn Russell, 9 Greig Laidlaw, 8 Ryan Wilson, 7 Hamish Watson, 6 John Barclay (c), 5 Jonny Gray, 4 Grant Gilchrist, 3 Simon Berghan, 2 Stuart McInally, 1 Gordon Reid;

Suplentes: 16 Fraser Brown, 17 Jamie Bhatti, 18 Willem Nel, 19 Tim Swinson, 20 David Denton, 21 Ali Price, 22 Nick Grigg, 23 Lee Jones;

 

SeleçãoJogosPontos
Irlanda523
Gales515
Escócia513
França511
Inglaterra510
Itália51
- Grand Slam = 3 pontos;
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

 

Lista de campeões do Six Nations

PaísTítulos totaisTítulos desde 2000Grand SlamsTríplices CoroasColheres de PauParticipações
Inglaterra28 (10)6132525122
Gales26 (12)4112021124
França17 (8)59-1889
Escócia15 (9)031033124
Irlanda14 (9)431136124
Itália000-1319
- Na coluna títulos estão o número de títulos "inteiros" e entre parênteses o número de títulos "divididos" de cada país;

- Até 1988, quando duas ou mais equipes terminavam empatadas em primeiro lugar em número de pontos o título era dividido entre essas duas ou mais seleções. A partir de 1989 critérios de desempate foram adotados para definir apenas um campeão por ano;

- Grand Slam = Quando uma equipe vence todas as partidas do torneio;

- Tríplice Coroa (Triple Crown) = Quando Inglaterra, Escócia, Gales ou Irlanda derrotam todos as demais nações dos Ilhas Britânicas. França e Itália não disputam a Tríplice Coroa;

- Colher de Pau = Quando uma seleção perde todas as partidas na competição;

____

Histórico:

1883 - 1909 - Home Nations Championship (Inglaterra, Gales, Escócia e Irlanda);

- Inglaterra não participou em 1888 e 1889; 1885, 1897 e 1898 não foram terminados;

1910 - 1914 - Five Nations Championship (Inglaterra, Gales, Escócia, Irlanda e França);

1915 - 1919 - Interrupção pela Primeira Guerra Mundial;

1920 - 1931 - Five Nations Championship (Inglaterra, Gales, Escócia, Irlanda e França);

1932 - 1939 - Home Nations Championship (Inglaterra, Gales, Escócia e Irlanda);

1940 - 1946 - Interrupção pela Segunda Guerra Mundial;

1947 - 1999 - Five Nations Championship (Inglaterra, Gales, Escócia, Irlanda e França);

- 1972 não foi terminado por crise política na Irlanda;

- 2000 - hoje - Six Nations Championship (Inglaterra, Gales, Escócia, Irlanda, França e Itália);