Itália fecha gira pela América do Norte com vitória sobre o Canadá

Itália e Estados Unidos fecharam suas séries de amistosos com vitórias neste fim de semana. Canadá e Rússia que lamentaram.

 

Itália encerra gira pela América do Norte com nova vitória

Neste domingo, em Toronto, o Canadá recebeu a Itália ávido por dar o troco nos italianos pela derrota – para muitos injusta – na Copa do Mundo de 2015. Porém, os italianos renovados pelo técnico Conor O’Shea fecharam a gira pela América do Norte com nova vitória, fazendo 20 x 18 nos Canucks. Mais importante, os Azzurri não cederam tries aos canadenses, que só movimentaram o marcador pelos penais chutados por McRorie.

 

Depois de equilíbrio pleno em 9 x 9 no primeiro tempo, McRorie e Allan trocaram penais no começo do segundo tempo. O lance capital veio aos 59′, com o hooker artilheiro Ornel Gega – que já havia feito os dois tries da vitória do sábado passado sobre os EUA – fazendo o único try do jogo para a Itália, novamente finalizando maul devastador dos azuis. O Canadá não se abateu e McRorie chutou seu sexto penal da tarde aos 66′, mas Carlo Canna não vacilou quando a Itália teve penal decisivo aos 71′. No fim, os visitantes ainda quase chegaram a seu try final com David Odiete, mas Guglielmo Palazzani cometeu knock-on que invalidou o try. Fim de jogo, Itália 20 x 18 Canadá.

 

canada copy copy18versus copiar20italia copy copy

Canadá 18 x 20 Itália, em Toronto

Árbitro: Alexandre Ruiz (França)

 

Canadá

Penais: McRorie (6)

15 Matt Evans, 14 Dan Moor, 13 Ciaran Hearn, 12 Nick Blevins, 11 Taylor Paris, 10 Pat Parfrey, 9 Gordon McRorie, 8 Aaron Carpenter, 7 Lucas Rumball, 6 Kyle Baillie, 5 Evan Olmstead, 4 Jamie Cudmore (c), 3 Jake Ilnicki, 2 Ray Barkwill, 1 Djustice Sears-Duru.

Suplentes: 16 Eric Howard, 17 Tom Dolezel, 18 Matt Tierney, 19 Paul Ciulini, 20 Matt Heaton, 21 Jamie Mackenzie, 22 Liam Underwood, 23 Brock Staller.

 

Itália

Try: Gega

Penais: Allan (4) e Canna (1)

15 David Odiete, 14 Angelo Esposito, 13 Michele Campagnaro, 12 Tommaso Boni, 11 Giovanbattista Venditti, 10 Tommaso Allan, 9 Edoardo Gori (c), 8 Andries Van Schalkwyk, 7 Simone Favaro, 6 Maxime Mbanda’, 5 Marco Fuser, 4 Quintin Geldenhuys, 3 Lorenzo Cittadini, 2 Ornel Gega, 1 Andrea Lovotti.

Suplentes: 16 Tommaso D’Apice, 17 Sami Panico, 18 Pietro Ceccarelli, 19 Sebastian Negri Da Oleggio, 20 Jacopo Sarto, 21 Guglielmo Palazzani, 22 Carlo Canna, 23 Giulio Bisegni

 

Jogo fraco e vitória das Águias na Califórnia

Fora do campo de rugby Estados Unidos x Rússia é certamente duelo campeão de pesos pesados. Mas, com a ovalada em mãos, os dois times produziram uma partida muito fraca em Sacramento. O time da casa dominou a partida territorialmente, mas criou muito pouco e foi dependente dos penais de MacGinty para progredir. Apenas aos 64′ saiu o único try do duelo, do ponta Mike Te’o, sepultando de vez os Ursos. 25 x 0, vitória americana, mas sem convencer.

 

estados unidos25versus copiar00russia copy copy copy copy copy

Estados Unidos 25 x 00 Rússia, em Sacramento

Árbitro: Mathew Carley (Inglaterra)

 

Estados Unidos

Try: Te’o

Conversão: MacGinty (1)

Penais: MacGinty (6)

15 Will Holder, 14 Mike Te’o, 13 Thretton Palamo, 12 Shalom Suniula, 11 Blaine Scully (c), 10 AJ MacGinty, 9 Nate Augspurger, 8 Cam Dolan, 7 Tony Lamborn, 6 Todd Clever, 5 Nate Brakeley, 4 James King, 3 Chris Baumann, 2 James Hilterbrand, 1 Titi Lamositele.

Suplentes: 16 Joe Taufete’e, 17 Ben Tarr, 18 Angus MacLellan, 19 Harry Higgins, 20 Langilangi Haupeakui, 21 Stephen Tomasin, 22 Chad London, 23 Luke Hume.

 

Rússia

15 Ramil Gaisin, 14 Denis Simplikevich, 13 Kirill Golosnitskiy, 12 Dmitry Gerasimov, 11 Vasily Artemyev (c), 10 Yury Kushnarev, 9 Rushan Iagudin, 8 Anton Rudoi, 7 Pavel Butenko, 6 Viktor Gresev, 5 Denis Antonov, 4 Andrei Garbuzov, 3 Evgeny Pronenko, 2 Evgeny Matveev, 1 Alexey Volkov.

Suplentes: 16 Nazir Gasanov, 17 Azamat Bitiev, 18 Vladimir Podrezov, 19 Evgeny Elgin, 20 Danila Chegodaev, 21 Alexey Shcherban, 22 Evgeny Kolomiitsev, 23 Anton Ryabov.

 

Catalunha e Portugal em campo

Na sexta-feira, o Camp Nou de Barcelona foi o palco para a grande final do Top 14, o Campeonato Francês de Rugby, com direito a recorde mundial de público para jogos entre clubes. No sábado, a Federação Catalã de Rugby aproveitou o rugby estar nas manchetes espanholas para fazer um amistosos internacional entre sua seleção regional e Portugal, que foi à Espanha para seu único amistosos de junho e seu primeiro jogo pós-rebaixamento no Europeu de Nações. Jogando sem atletas da Catalunha francesa, a seleção catalã provou sua força e superou os Lobos por 25 x 22, preocupando ainda mais os lusos sobre o presente de sua seleção.

 

catalunha25versus copiar22portugal(1)

Catalunha 25 x 22 Portugal, em Barcelona

 

Tunísia abre campanha na Copa da África com vitória

Neste domingo, a Tunísia recebeu a abertura do Grupo A da 1ª Divisão B da Copa da África, a segunda divisão do continente, derrotando por 43 x 10 Botsuana. A Costa do Marfim também está no grupo e o campeão enfrentará o Senegal na decisão do título da segundona e da promoção à elite continental.

 

rugby afrique

Copa da África – 1ª Divisão B – 2ª divisão da Copa da África

Grupo A

Tunísia 43 x 10 Botsuana, em Túnis

Comentários