Kurtley Beale de malas prontas para a Inglaterra

Esta semana foi de muitas notícias envolvendo transferências de atletas pelo mundo. Vamos às principais!

 

Kurtley Beale nos Wasps

Um dos grandes nomes australianos, o 3/4s polivalente Kurtley Beale (que joga de abertura, centro, ponta ou fullback) é a nova contratação dos ingleses do Wasps. Beale se transferirá para Coventry após o fim da campanha do Waratahs no Super Rugby. Aos 27 anos, Beale tem 60 jogos pelos Wallabies.

 

Mafi na França

Outro que deixará o Super Rugby é Steve Mafi, que confirmou sua saída do Western Force ao final a temporada. O segunda linha, com 17 jogos por Tonga, é o novo reforço do Castres, do Top 14 francês.

 

O clube também confirmou a contratação do 3/4s sul-africano Robert Ebersohn, que está no Montpellier.

 

Aulika também troca de time

Ainda da seleção de Tonga, o pilar Halani Aulika confirmou sua saída do rebaixado London Irish. O atleta de 32 anos seguirá na Premiership e defenderá o Sale Sharks.

 

Fotuali’i no Bath

Já o scrum-half samoano Kahn Fotuali’i trocará o Northampton Saints pelo Bath, permanecendo no rugby inglês. Com 333 anos, Fotuali’i defendeu Samoa 28 vezes.

 

Furno volta à Itália

O segunda linha Joshua Furno voltará para o rugby italiano. Jogador da seleção italiana, de 26 anos, Furno deixará o Newcastle Falcons para defender o Zebre no PRO12 e na Champions Cup.

 

Treviso contrata neozelandês

Se o Zebre está se reforçando, o Treviso não quis ficar atrás. O clube italiano do PRO12, lanterna da atual temporada, acertou a contratação do abertura e fullback neozelandês Marty Banks, de 26 anos, do Highlanders, campeão do Super Rugby no ano passado.

 

Graham Henry foi para o rugby league!

E a movimentação no mercado se deu também fora dos gramados. Técnico campeão do mundo em 2011 com os All Blacks, Graham Henry respirará ares novos neste ano. Aos 69 anos, Henry resolveu dar seus pitacos no rugby league e se tornou o novo consultor do New Zealand Warriors, único clube profissional de League da Nova Zelândia, que disputa a NRL australiana. O objetivo é fazer os Warriors quebrarem o tabu e finalmente serem campeões.

 

George Smith é o melhor da Premiership!

E completamos o giro com premiação. Na última quarta-feira, o terceira linha australiano George Smith, dos Wasps, com 111 jogos na bagagem pelos Wallabies, conquistou aos 35 anos o prêmio de melhor jogador do ano pela Associação de Atletas Profissionais da Inglaterra.

 

O jovem segunda linha inglês Maro Itoje, do Saracens, foi nomeado a revelação do ano, ao passo que o terceira linha Billy Vunipola, também dos Sarries, ganhou como o melhor atleta inglês da temporada.

 

O prêmio de melhor jogador inglês de sevens ficou com Dan Bibby, enquanto Sarah Hunter foi a melhor jogadora.

Comentários