Leinster e Connacht farão a grande final do PRO12

ARTIGO COM VÍDEOS – O PRO12 volta a ser irlandês! Neste fim de semana, a Liga Ítalo-Celta conheceu seus dois finalistas e teve uma certeza: o título será de um time irlandês pela nona vez na história, em 15 edições realizadas da competição.

 

Na sexta-feira, na primeira semifinal, o Leinster despachou seu arquirrival Ulster, 30 x 18, e se garantiu em sua nona final na história, a oitava nos últimos onze anos. Mas, o adversário do Leinster será um novato: pela primeira vez na história, o pequeno Connacht terá chance de disputar uma final do PRO12, e seu feito foi conquistado com uma grande vitória por 16 x 11 sobre os escoceses do Glasgow Warriors, campeões da temporada passada.

 

Quem ficará com o título? O Leinster, da capital Dublin, pela quinta vez em sua história, ou o humilde Connacht, de Galway, pela primeira vez em sua existência? A decisão será no próximo sábado, no estádio de Murrayfield, em Edimburgo, na Escócia.

 

Leinster, sempre gigante

Dublin e Belfast, as duas capitais da Irlanda, voltaram a colidir em uma partida decisiva do rugby, com Leinster e Ulster jogando pela primeira semifinal da jornada. Sem jamais ter perdido uma semifinal do PRO12 em casa, o Leinster provou sua superioridade sobre seu rival do norte e venceu por confortáveis 30 x 18.

 

A partida começou com o Leinster voando e o fijiano Isa Nacewa fazendo o primeiro try da noite aos 5′. A blitz azul resultou em mais dois penais logo no começo, que deram uma frente preciosa de 13 x 0 para os dublinenses em questão de 16 minutos. Mas, os norte-irlandeses se recuperaram com Paddy Jackson chutando dois penais em sequência e, antes do intervalo, o ponta Craig Gilroy mergulhou na lateral após 9 fases dos alvirubros, reduzindo para 13 x 11 a diferença – com o empate não ocorrendo apenas pelo erro na conversão.

 

Porém, o segundo tempo largou com uma demonstração de força do Leinster, com Jamie Heaslip rompendo para o segundo try azul da noite, recebendo offload de Ben Te’o. Depois de perder o controle da partida no fechamento do segundo tempo, o Leinster voltou a se impor territorialmente e seu domínio resultou em novo penal, aos 57′, que Sexton aproveitou para adicionar 3 pontos aos anfitriões, abrindo 23 x 11. O poder de reação do Ulster se perdeu com a força dos forwards azuis e, aos 65′, Sean Cronin fez o try decisivo para o Leinster. O time de Belfast ainda respondeu rápido, aos 69′, com mais um try do veloz Gilroy, mas a diferença de 12 pontos se provou grande demais para os norte-irlandeses recuperarem na reta final da partida. 30 x 18, números finais.

 

Connacht nas nuvens

No sábado, o Sportsground da pequena Galway, no oeste da Irlanda, lotou para a inédita semifinal do Connacht diante dos escoceses do Glasgow Warriors, campeões do PRO12 2014-15. E, a exemplo do ocorrido na última rodada da primeira fase, os irlandeses prevaleceram em casa sobre os escoceses, com o Connacht alcançando a inédita classificação com uma vitória de 16 x 11 suada sobre os Warriors.

 

O embate começou péssimo para os escoceses, que lamentaram a perda de Finn Russell por lesão no ombro com menos de 1 minuto jogado. Nenhum dos dois lados foi capaz de impor seu jogo nos primeiros minutos, com erros dos dois lados. Foi apenas aos 24′ que o gelo foi quebrado pelo abertura americano do Connacht, MacGinty, chutando o primeiro penal da partida. A resposta veio dois minutos depois, com Duncan Weir arrematando com precisão para Glasgow. Antes do intervalo, no entanto, os irlandeses conquistaram seu primeiro try, pelas mãos do fijiano Niyi Adeolokun, apanhando chute inteligente de Bundee Aki nas costas da defesa escocesa. 10 x 3 no intervalo.

 

O segundo tempo começou fervendo, com o fijiano dos Warriors, Leone Nakarawa, quebrando a defesa verde aos 48′. Weir desperdiçou a conversão e o empate de Glasgow não aconteceu. Logo, MacGinty puniria os visitantes com mais um penal, mas Weir se redimiu quatro minutos mais tarde na mesma moeda, 13 x 11. O jogo ganhou em tensão a quem voltou a marcar foi o Connacht, com novo penal de MacGinty, aos 64′. Os irlandeses por muito pouco não liquidaram a fatura, com Adeolokun tendo um try anulado. Na sequência, Ah You recebeu amarelo e deixou os verdes com um a menos no apagar das luzes, mas a defesa irlandesa prevaleceu, resistindo às últimas investidas de Glasgow. Placar final: Connacht 16 x 11, e muita festa verde em Galway.

 

guinness pro12

Guinness PRO12 2015-16 – Liga Ítalo Celta (Escócia, Gales, Irlanda e Itália)

Semifinais

Leinster30versus copiar18Ulster copy copy

Leinster 30 x 18 Ulster, em Dublin

 

connacht16versus copiar11Glasgow Warriors

Connacht 16 x 11 Glasgow Warriors, em Galway

 

Final – dia 28 de maio

Leinsterversus copiarconnacht

Leinster x Connacht, em Edimburgo

 

Foto: ©INPHO/James Crombie

Comentários