Los Pumas encerram 2015 com chave de ouro

ARTIGO COM VÍDEO – Um sábado recheado de bons jogos internacionais na Europa e na Ásia. O grande destaque ficou por conta do embate entre Los Pumas e Barbarians, em Twickenham, Londres, que terminou com grande vitória dos argentinos por 49 x 31, em jogo divertido e empolgante.

 

Na Espanha, a seleção espanhola atropelou uma frágil seleção chilena por 54 x 10, enquanto em Hong Kong a Rússia bateu a seleção da casa e levantou o troféu da Hong ong Cup of Nations.

 

Argentina encerra ano com perfeição

A Argentina encerrou um grande ano de 2015 com uma grande vitória sobre os Barbarians, que foram a campo em Londres recheados de grandes estrelas, como Victor Matfield, fazendo seu último jogo internacional, e Bakkie Botha, se despedindo definitivamente do rugby.

 

Jogando com seu elenco que disputará o próximo Super Rugby, o time de Daniel Hourcade largou atrás, vendo o Wallaby Kuridrani primeiro cruzar o in-goal, aos 7′, recebendo chute de Lima Sopoaga. Mas, jogando um rugby solto, a Argentina logo se pôs em vantagem, com Facundo Isa fazendo o primeiro try suk-americano e, aos 19′, Santiago Cordero correndo para a virada. Nico Sánchez seguiu distribuindo o jogo com qualidade e Ramiro Moyano finalizou o terceiro try. Mas, os Baa-baas também queriam jogo e Sopoaga armou para Naholo quebrar os tackles e cravar o segundo try alvinegro, aos 36′. Antes do intervalo, no entanto, o contra-golpe dos Pumas foi mortal e Landajo chutou para o in-goal para Cordero apoiar o quarta try e colocar 28 x 12 no marcador.

 

No segundo tempo, o jovem Emiliano Boffelli debutou pelos Pumas armou para Landajo fazer o quinto try argentino. Os Pumas jogavam soltos e atacavam a bola com muita gana. Aos 54′, Jerónimo de la Fuente finalizou mais uma ação em velocidade, e o placar se ampliava gloriosamente. 42 x 12. Os Barbarians ainda tiveram seus lampejos e, aos 59′, Naholo fez boa ação e a bola sobrou na ponta para Joe Tomane correr para o try dos internacionais. E ainda tinha mais, com o fijiano Nadolo fazendo mais um try para os Baa-baas aos 74′ e Nico Sánchez dando o troco com try argentino aos 77′. No fim, Milner-Skudder fez bela ação e Victor Matfield foi premiado com o try que deu números finais à partida (e à sua carreira em jogos entre selecionados). Como encerramento, Bakkies Botha ainda tentou a conversão, mas o segunda linha não teve a habilidade necessária em seu lance de despedida do rugby. 49 x 31 para os argentinos e fim de papo.

 

UAR_copy_copy.jpg49versus(14)31Barbarians_copiar

Argentina 49 x 31 Barbarians, em Londres

Árbitro: JP Doyle (Inglaterra)

 

Argentina

Tries: Cordero (2), Isa, Moyano, Landajo, De La Fuente e Sánchez

Conversões: Sánchez (6) e Boffelli (1)

15 Ramiro Moyano, 14 Matías Moroni, 13 Jerónimo De la Fuente, 12 Santiago González Iglesias, 11 Santiago Cordero, 10 Nicolás Sánchez, 9 Martín Landajo (c), 8 Facundo Isa, 7 Javier Ortega Desio, 6 Pablo Matera, 5 Matías Alemanno, 4 Guido Petti, 3 Ramiro Herrera, 2 Julián Montoya, 1 Lucas Noguera.

Suplentes: 16 Santiago Iglesias Valdez, 17 Santiago García Botta, 18 Nahuel Tetaz Chaparro, 19 Tomas Lezana, 20 Leonardo Senatore, 21 Felipe Ezcurra, 22 Gabriel Ascarate, 23 Emiliano Boffelli.

 

Barbarians

Tries: Kuridrani, Naholo, Tomane, Nadolo e Matfield

Conversões: Nadolo (2) e Sopoaga (1)

15 Nehe Milner-Skudder, 14 Waisake Naholo, 13 Tevita Kuridrani, 12 Ryan Crotty, 11 Nemani Nadolo, 10 Lima Sopoaga, 9 Tawera Kerr-Barlow, 8 Stephen Hoiles, 7 Ardie Savea, 6 Scott Fardy, 5 Victor Matfield, 4 Lood de Jager, 3 Charlie Faumuina, 2 Stephen Moore, 1 Thomas du Toit.

Suplentes: 16 James Hanson, 17 Jamie Mackintosh, 18 Toby Smith, 19 Bakkies Botha, 20 Jarrad Butler, 21 Cobus Reinach, 22 Pat Lambie, 23 Francois Venter, 24 Joe Tomane.

Chile naufraga e preocupa para 2016

O Chile teve um sábado para se esquecer na Espanha. Em seu último jogo no ano, Los Cóndores não vira a cor da bola e foram totalmente dominados pelos Leões espanhóis. 54 x 10 foi o placar final, com um time chileno mostrando nenhum preparo para a partida importante contra a Espanha, estando totalmente desorganizado em campo. A Espanha voou em campo, fazendo correr sua habilidosa linha e somando try após try. Preparação ruim para o Chile pensando no Six Nations das Américas.

 

espanha(3)54versus(14)10chile%284%29

Espanha 54 x 10 Chile, em Torrelavega

 

Rússia comemora no Extremo Oriente

Em Hong Kong, chegou ao fim a Cup of Nations, competição que envolveu quatro importantes seleções que não foram ao Mundial. Em campo, as três seleções eliminadas na última Repescagem Mundial – Rússia, Hong Kong e Zimbábue – e Portugal. E o título ficou, como esperado, com a Rússia, que terminou o torneio em grande estilo batendo Hong Kong na decisão por 31 x 12. Os Ursos russos dominaram a posse de bola e o território, mas cometeram muitos penais e deixaram os Dragões ficarem próximos no placar, com 11 x 9 para os visitantes no intervalo. No segundo tempo, a Rússia apostou no jogo de chutes, colocou pressão sobre a linha de Hong Kong e se deu bem, levando o oponente aos erros e permitindo que sua linha brilhasse. 31 x 12 no marcador.

 

No jogo que valia o terceiro lugar, Portugal se impôs sobre o Zimbábue por 36 x 12. Dominando as ações com seu pack, Portugal, enfim, fez uma boa partida e se reabilitou da dolorosa derrota para Hong Kong.

 

Hong Kong Cup of Nations – em Hong Kong

Portugal 36 x 11 Zimbábue

Hong Kong 12 x 31 Rússia

 

Classificação final: 1 Rússia, 2 Hong Kong, 3 Portugal, 4 Zimbábue

 

República Tcheca não depende mais de si para subir

Pelo único jogo do dia válido pelo Europeu de Nações, a República Tcheca visitou e venceu Malta por 20 x 13, mas o placar não agradou aos tchecos, que eram os favoritos ao título da 2ª Divisão A. Os tchecos falharam em conquistar o bônus ofensivo e agora estão atrás da Suíça na classificação, com apenas dois jogos para o fim e sem o confronto direto. O torneio vale promoção à 1ª Divisão B, ou Six Nations C.

 

rugby europe copy

2ª Divisão A do Europeu de Nações – 3ª divisão da Rugby Europe

Malta 13 x 20 República Tcheca, em Paola

 

SeleçãoJogos 2014-16Pontos 2015-16Pontos 2014-16
Suíça81933
República Tcheca81532
Croácia81016
Malta80716
Israel80104

 
Foto: UAR

Comentários