ARTIGO COM VÍDEO – A terceira e decisiva rodada da Copa do Mundo Feminina largou com um dos jogos mais aguardados da primeira fase da competição, opondo o vice campeão do Mundial passado, o Canadá, e a maior campeã da história da competição, a Nova Zelândia, em embate de terceira e segunda colocadas do Ranking Mundial.

Depois de ter falhado em obter um bônus ofensivo contra Gales, o Canadá foi pressionado para o confronto, precisando no mínimo sair com um bônus da partida. E isso não ocorreu. As Black Ferns deram uma afirmativa demonstração de força com um domínio vistoso do jogo, que começou com 2 tries em menos de 20 minutos, com a fullback Selica Winiata e a pilar Aldora Itunu. Aos 29′, no entanto, a própria Itunu recebeu amarelo e deu uma chance para a reação das Canucks, que não ocorreu. A defesa neozelandesa se provou intransponível e Stacey Waaka marcou o terceiro try neozelandês, mesmo com apenas 14 em campo. E antes do intervalo a veterana Kelly Brazier correu para o quarto try, levando o jogo aos vestiários com nada menos que 29 x 00 e com bônus garantido.
O Canadá precisava correr contra o imenso prejuízo no segundo tempo, mas quem marcou primeiro foi de novo a Nova Zelândia, com a capitã Fa’amausili, provando a força do back kiwi. Apenas aos 62′ o Canadá descontou com o try de honra de Jacey Grusnick, mas ainda houve tempo para mais show das Black Ferns. Renee Wickliffe correu para o sexto try e, antes do fim, Itunu fechou a partida como o nome do jogo caindo para 2 tries! Hat-trick da pilar neozelandesa para ficar para a história. 48 x 05 impressionantes.

A Nova Zelândia seguirá na briga pelo título, enquanto o Canadá jogará apenas pelo quinto lugar.

 

05versus copiar48black ferns

- Continua depois da publicidade -

Canadá 05 x 48 Nova Zelândia, no Billings Park, Dublin

Canadá

Try: Grusnick

1 Carolyn McEwen, 2 Laura Russell, 3 DaLeaka Menin, 4 Kayla Mack, 5 Latoya Blackwood, 6 Jacey Grusnick, 7 Karen Paquin, 8 Kelly Russell (capt.), 9 Lori Josephson, 10 Emily Belchos, 11 Julianne Zussman, 12 Amanda Thornborough, 13 Alex Tessier, 14 Magali Harvey, 15 Elissa Alarie;

Suplentes: 16 Jane Kirby, 17 Brittany Kassil, 18 Olivia DeMerchant, 19 Tyson Beukeboom, 20 Barb Mervin, 21 Chelsea Guthrie, 22 Andrea Burk, 23 Brittany Waters;

Nova Zelândia

Tries: Itunu (3), Faamausili, Winiata, Brazier, Wickliffe e Waaka

Conversões: Cocksedge (3) e Brazier (1)

15 Selica Winiata, 14 Portia Woodman, 13 Stacey Waaka, 12 Kelly Brazier, 11 Renee Wickliffe, 10 Victoria Subritzky-Nafatali, 9 Kendra Cocksedge, 1 Toka Natua, 2 Fiao’o Fa’amausili (c), 3 Aldora Itunu, 4 Eloise Blackwell, 5 Charmaine Smith, 6 Charmaine McMenamin, 7 Sarah Goss, 8 Aroha Savage;

Suplentes: 16 Te Kura Ngata-Aerengamate, 17 Sosoli Talawadua, 18 Aotearoa Mata’u, 19 Rebecca Wood, 20 Linda Itunu, 21 Kristina Sue, 22 Theresa Fitzpatrick, 23 Carla Hohepa;

 

SeleçãoJogosPontos
Grupo A
Nova Zelândia315
Canadá39
Gales35
Hong Kong30
Grupo B
Inglaterra315
Estados Unidos311
Espanha34
Itália30
Grupo C
França314
Irlanda38
Austrália36
Japão30

 

Foto: James Crombie / INPHO / World Rugby