França atropela África do Sul no Mundial M20, mas os dois países vão às semifinais. Foto: Stéphanie Biscaye / World Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – Nesta quinta-feira a França assistiu à rodada final da fase de grupos do Campeonato Mundial M20, que teve a definição dos quatro times que seguem na briga pelo título: França, Nova Zelândia, Inglaterra e África do Sul.

A França particularmente fez a festa da torcida ao vencer a África do Sul na decisão do primeiro lugar do Grupo C, em jogo que acabou também classificando os Baby Boks – apesar da derrota – por conta de um precioso ponto bônus ofensivo arrancado em meio à chuva de tries.

Foi um jogão que começou com uma avalanche francesa de 5 tries sem resposta no primeiro tempo, para o delírio da torcida em Narbonne. A linha azul voou, com 2 tries do oitavo Joseph (em finalizações de categoria, mesclando velocidade e potência), do abertura Carbonel (em mágico contra ataque), e dos centros Barassi (com jogada avassaladora de Joseph) e Ntamack, abrindo 36 x 00. O hooker Erasmus, antes do intervalo, reduziu para os verdes com o primeiro try e a reação se esboçou na segunda etapa com try de Van der Merwe, logo respondido por Gros, marcando o sexto try francês. Mas os Baby Boks nçao desistiram e fizeram 3 tries nos 15 minutos finais (incluindo um do artilheiro do campeonato Simelane) para arrancarem o bônus da classificação. 46 x 29.

Na mesma chave, mais cedo, a Geórgia causou impacto ao derrotar a Irlanda, provando a evolução de seu rugby. Os 24 x 20 para os georgianos, no entanto, não livraram o time de ser o pior terceiro colocado, o que significa que a Geórgia – assim como a Irlanda – seguirão na luta contra o rebaixamento – as semis pelo 9º lugar e contra o 12º posto – na semana que vem. O segunda linha imparável Machaladze e o centro Svanidze (em interceptação) marcaram os tries georgianos no primeiro tempo e o abertura Abzhandadze (em lindo contra ataque) cravou o try da vitória na sdgunda etapa.

No Grupo A, a Nova Zelândia confirmou sua passagem invicta às semifinais ao despachar uma aguerrida equipe da Austrália por 27 x 18, com o primeiro tempo sendo muito apertado, de apenas um try para cada lado. Na segunda etapa, os Baby Blacks prevaleceram com mais 2 tries. Flanders, Plummer e Spowart marcaram para os kiwis.

Enquanto isso, Gales suou frio para não ser surpreendido pelo Japão, vencendo por apenas 18 x 17, com 3 tries para os japoneses contra 2 dos galeses. O Japão acabou por lamentar 2 conversões perdidas e segue na luta contra o rebaixamento, mas com maior confiança após uma ótima apresentação.

Por fim, no Grupo B, Inglaterra fechou a fase de grupos com a melhor campanha, derrubando a Escócia por 35 x 10 para manter a histórica rival sob a ameaça do rebaixamento. Apresentação dominante de 6 tries dos ingleses, com destaque para 2 do já experiente Ibitoye.

Enquanto isso, a Itália flertou em produzir uma massiva zebra, ao vencer a Argentina e ficar somente a 1 ponto de se classificar às semifinais – lamentando o bônus ofensivo da África do Sul. Os Azzurrini começaram o jogo mostrando muita qualidade no jogo aberto de mãos de de pés, com tries de Mazza e D’Onofrio (recebendo chute cruzado). Depois, os italianos ainda provaram a força de seus avançados atropelando em scrum com Manni finalizando. 22 x 05 no intervalo. Mas os Pumitas reagiram no segundo tempo com muita qualidade de mãos. Insuficiente, no entanto, com Mazza marcando outro try para a Itália. 30 x 26.

Campeonato Mundial M20 – França 2018

- Continua depois da publicidade -

3ª rodada

Gales 18 x 17 Japão, em Perpignan

Itália 30 x 26 Argentina, em Béziers

Irlanda 20 x 24 Geórgia, em Narbonne

Nova Zelândia 27 x 18 Austrália, em Perpignan

Inglaterra 35 x 10 Escócia, em Béziers

África do Sul 29 x 46 França, em Narbonne

SeleçaoJogosPontos
Grupo A
Nova Zelândia314
Gales38
Austrália36
Japão31
Grupo B
Inglaterra315
Itália310
Argentina37
Escócia31
Grupo C
França314
África do Sul311
Geórgia35
Irlanda32

 

Semifinais – terça, dia 12 de junho

09h00 – Gales x Argentina, em Narbonne – Semifinal pelo 5º lugar

11h00 – Irlanda x Escócia, em Perpignan – Semifinal pelo 9º lugar

11h30 – Itália x Austrália, em Narbonne – Semifinal pelo 5º lugar

13h30 – Geórgia x Japão, em Perpignan – Semifinal pelo 9º lugar

14h00 – Inglaterra x África do Sul, em Narbonne – Semifinal pelo 1º lugar

16h00 – Nova Zelândia x França, em Perpignan – Semifinal pelo 1º lugar

*Horários de Brasília