Na abertura do Top 14 francês, Racing e Toulon conheceram derrotas

ARTIGO COM VÍDEOS  – O Top 14, o Campeonato Francês, deu o pontapé inicial em mais uma temporada que, como as anteriores, promete ser muito competitiva e cheia de emoções. Para mostrar o que está por vir tivemos um fim de semana não com um, mas dois empates, na costa atlântica La Rochelle (7º) e Clermont (6º) terminaram iguais com o mesmo acontecendo na segunda maior cidade da França com Lyon (9º) e Brive (8º). O grande vencedor da rodada foi o Stade Français (1º) que espantou o fantasma do ultimo campeonato e atropelo o Grenoble (14º) em Paris, assim como o Tolouse (3º) e Bordeaxu (4º) que não tiveram dificuldades para bater em casa Montpellier (10º) e Racing (11º). Outra grande atuação veio por parte do Castres (2º) que mesmo jogando com um a menos por mais de uma hora bateu em casa o Section Paloise (13º). A grande surpresa da rodada ficou por conta do Bayonne (5º) que na sua volta ao Top 14 bateu no País Basco o poderoso Toulon (10º).

 

Toulouse vence grande jogo da rodada

A única partida da primeira rodada que colocou em lados opostos dois candidatos ao título terminou com o Toulouse, que jogava em casa, batendo o Montpellier por 20 a 12.  Os maiores campeões franceses contaram com uma defesa sólida para sair de campo com um resultado importante, principalmente se levarmos em conta o fato do Montpellier ter sido o único time a vencer os occitanos em seus domínios temporada passada. Sem tomar tries o Toulouse garantiu a vitória com dois tentos, do ponta Alex Palisson e do segundo centro Florian Fritz. O Toulouse continua em casa para receber o empolgado Bordeaux, enquanto o Montpellier volta para seus domínios e tenta a primeira vitória da temporada diante do Clermont.

 

Bordeaux carimba faixa dos campeões franceses

O Top 14 precisou de apenas uma rodada para ver o seu grande campeão, o Racing, batido, fora de casa pelo Bordeaux por 15 a 9. Em um jogo com o nível técnico fraco ambas as equipes pecaram na hora de por a bola no chão. Os parisienses pareciam continuar com a ressaca do título conquistado em Barcelona, dando muitas chances para os donos da casa, que falharam muito na execução das jogadas, mas contaram com a eficiência do novo abertura, o irlandês Ian Madigan, que estava com o pé inspirado.

 

Apesar de  não jogar um grande rugby, o Bordeaux começa a temporada com um vitória importante, a equipe agora viaja para enfrentar o Toulouse. A derrota, apesar de fora de casa e na primeira rodada acende o sinal de alerta para Racing, que não jogou bem, e tem de olhar para os exemplos de Castres e Stade Français, que depois do título lutaram para não cair. A equipe volta para Paris, na primeira partida em casa desde a conquista do título, tendo o fraco Lyon pela frente, uma boa chance de se redimir e presentear a torcida com um grande espetáculo.

 

Bayonne volta com estilo ao Top 14

Na sua primeira partida de volta a divisão de elite do rugby francês, depois de passar uma temporada no Pro-D2, o Bayonne mostrou que vai dar muito trabalho para os times de cima, batendo, no País Basco, o Toulon por 28 a 23. Ao torcida lotou o estádio para comemorar a volta ao Top 14 contagiando a equipe, que jogou com muito coração, mostrando que vai lutar com todas as forças para concretizar o grande objetivo, permanecer na primeira divisão. Diante de um adversário alucinado o Toulon, ainda em ritmo de pré-temporada e com muitos jogadores disputando o The Rugby Championship, alternou bons e maus momentos sendo o ponto bônus defensivo um bom resultado. Os bascos entraram no in-goal com o hooker Gregory Arganese (2 vezes) e o asa Jean Monribot, o Toulon respondeu com o oitavo Charles Ollivon e o fullback Leigh Halfpenny.

 

O Bayonne continua em casa e agora se prepara para receber o Castres, enquanto o Toulon, que geralmente começa mal as competições, continua na estrada, tendo a chance de se redimir diante do Pau, que é sempre muito forte em casa.

 

Clermont começa temporada com um empate

O time amarelo voltou da costa Atlântico com um surpreendente empate em 30 a 30 diante do La Rachelle, no que foi a partida mais emocionante e bem jogada da rodada, com as equipes praticando um rugby ofensivo que terminou com as equipes empatando em tries. Anotaram para os donos da casa o ponta Gabriel Lacroix e o scrum-half Enrico Januarie, além de um penal try, do outro entraram no in-goal os pontas Seru Nakaitaci e David Strettle e o segunda linha Artur Iturria. O La Rochelle viaja para os Alpes enfrentar o Grenoble, enquanto o Clermont continua na estrada enfrentando agora o Montpellier.

 

Stade Français exorciza fantasma da temporada passada

O Stade Français recebeu o Grenoble em Paris sob a desconfiança da própria torcida que viu a equipe passar da campeã temporada retrasada para o quase rebaixamento, terminando em 12º na ultima temporada. O time, porém mostrou que fase ruim ficou para trás, atropelando os alpinos por 52 a 20, conquistando o único ponto bônus ofensivo da rodada.  Jogando um rugby ofensivo os donos da casa entraram cinco vezes no in-goal, com o centro Paul Williams, o hooker reserva Remi Bonfils, o abertura reserva Clement Daguin, o segunda linha Hugh Pyle e o ponta Waisea Nayacalevu. O Grenoble evitou um vexame maior com o fullback Gio Applon, duas vezes.

 

O Stade Français dá mostras de recuperou à qualidade, o time tenta consolidar o bom momento fora de casa diante do Brive. O Grenoble volta para casa com uma derrota doída e precisa se recuperar diante do La Rochelle, que costuma jogar muito mal longe do Atlântico.

 

Castres começa o ano com vitória heroica

Não foi a estreia que a equipe do Castres imaginava, tendo seu scrum-half expulso aos 18’ do primeiro tempo, o time, porém, mostrou uma dedicação surpreendente para bater, em casa, a Section Paloise por 28 a 11. Apostando em uma defesa sólida e um scrum dominante o Castres entrou no in-goal três vezes, com o oitavo Alex Tulou, o segundo centro Thomas Combezou e o ponta reserva Eric Sione, os visitantes marcaram o try de honra com o centro Jale Vatubua. O Castres agora viaja para enfrentar o Bayonne. O Pau lamenta a derrota, perdendo pontos importantes fora de casa, e se prepara para receber o Toulon.

 

Retorno difícil para o Lyon

O empate em Lyon, 15 a 15 diante do Brive, decepcionou mais uma vez a torcida que, em outro retorno ao Top 14, vê o time, que domina as divisões inferiores e tem uma boa base financeira, não conseguir apresentar um nível de jogo de primeira divisão. A partida foi fraca tecnicamente e contou com a grande eficiência dos chutadores, já que ninguém entrou no in-goal. Ambas as equipes tem duelos parisienses na próxima rodada o Lyon viaja para a cidade luz enfrentar o Racing enquanto o Brive recebe o

 

Top 14 logo novo

Top 14 – Campeonato Francês 2016-17

Stade Français 54 x 20 Grenoble

Lyon 15 x 15 Brive

Toulouse 20 x 12 Montpellier

Bordeaux 15 x 09 Racing

Castres 28 x 11 Pau

La Rochelle 30 x 30 Clermont

Bayonne 28 x 23 Toulon

 

ClubeCidadeJogosPontos
ClermontClermont-Ferrand1341
MontpellierMontpellier1337
ToulonToulon1336
La RochelleLa Rochelle1336
CastresCastres1334
Union Bordeaux-BèglesBordeaux1334
ToulouseToulouse1333
RacingParis1332
Stade FrançaisParis1329
BriveBrive1327
PauPau1325
Lyon O. U.Lyon1324
BayonneBayonne1316
GrenobleGrenoble1314

– Vitória com 3 ou mais tries de diferença = 5 pontos;
– Vitória com menos de 3 tries de diferença = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota por 5 pontos ou menos pontos = 1 ponto;

– 1º e 2º lugares = classificação direta às Semifinais e à Champions Cup;
– 3º ao 6º lugares = classificação às Quartas de final e à Champions Cup;
– 13º e 14º lugares = Rebaixamento

 

Escrito por: Diego Gutierrez
Foto: Bayonne x Toulon – LNR.fr

Comentários